logo

Telefone: (11) 3024-9500

Com desfiles cancelados, Airbnb leva Carnaval do Rio para o mundo via Experiências Online | Qual Viagem Logo

unnamed-18

Com desfiles cancelados, Airbnb leva Carnaval do Rio para o mundo via Experiências Online

15 de dezembro de 2020

Com desfiles de escolas de samba e blocos de rua cancelados ou adiados em diversas cidades brasileiras, o Airbnb faz uma parceria com a comunidade do Carnaval do Rio, o mais famoso do mundo, para apoiar aqueles que dependem do principal evento cultural do Brasil como fonte de renda, levando a festa a foliões de qualquer lugar do Brasil, ou de outros países, de forma digital.

Por meio das Experiências Online de Carnaval do Airbnb, disponíveis na plataforma de agora até o fim de fevereiro de 2021, será possível, por exemplo, conhecer o barracão da Acadêmicos do Grande Rio, escola vice-campeã carioca em 2020, ver os bastidores da preparação dos desfiles e aprender a tocar percussão. Para quem gosta de dançar, outra experiência oferece uma aula de samba com a passista profissional Carla Campos.

Akiva Potasman, diretor do Carnaval Experience, projeto social da ONG Pimpolhos da Grande Rio, que tem por objetivo promover a inclusão social e educar pela arte, destaca a importância dessa iniciativa para centenas de famílias que vivem do Carnaval. “É a principal data do ano para todos aqui, que trabalham e se dedicam durante meses para levar o melhor para os visitantes, e o impacto da pandemia foi grande. Estamos muito entusiasmados com a possibilidade de levar os fãs do Carnaval para dentro do barracão da escola de forma online,” afirma.

“O Airbnb tem um papel importante na democratização dos ganhos da atividade turística e na movimentação econômica gerada por esse segmento, além de promover a valorização da cultura local, e esse aspecto ganha ainda mais relevância na situação que enfrentamos”, diz Flávia Matos, diretora de relações institucionais e governamentais do Airbnb para a América Latina. Em 2019, o Airbnb gerou um impacto econômico direto de R$ 10,5 bilhões no Brasil considerando os gastos de hóspedes nos diversos segmentos relacionados ao turismo, como comércio e restaurantes locais, não apenas a hospedagem.

A Pimpolhos oferece duas Experiências Online na plataforma. Uma delas apresenta em detalhes, diretamente do barracão da Grande Rio, todo o processo de produção e preparação de um desfile no Sambódromo da Marquês do Sapucaí, da confecção das fantasias à montagem dos carros alegóricos, além da história por trás dos temas escolhidos como enredo. Na outra, os participantes fazem uma aula de percussão improvisando um instrumento com apenas uma fritadeira e uma colher de pau.

As raízes do Carnaval e a influência da cultura africana nas festividades são o tema da Experiência Online da guia de turismo e empresária no setor Gabriela Palma, em parceria com Luana Ferreira, guia de turismo e historiadora, em que também será possível aprender mais sobre a diferença entre o carnaval popular de rua e a competição entre as escolas de samba. E na aula de samba com Carla Campos, passista e professora, os participantes podem aprender os primeiros passos, ou então se aprimorar no ritmo, com as dicas de quem tem 20 anos desfilando em diversas escolas.

“A aula online tem uma dinâmica diferente. É preciso saber como interagir com as pessoas pelo vídeo para que seja algo descontraído e divertido”, diz Carla. “E uma grande vantagem é a praticidade. Você pode estar com a sua família em algum lugar no interior ou na serra, por exemplo, e ainda assim curtir o Carnaval do Rio”, acrescenta.

Destinos hiperlocais

No Brasil, desde maio, o Airbnb observou um aumento da procura por casas inteiras de campo e em cidades menores de praia, a até 300 km dos centros urbanos, para ir de carro com a família, sem abrir mão do isolamento. Em muitos casos, são famílias em busca de um refúgio fora da cidade grande, mais perto da natureza, e, ao mesmo tempo, com boa infraestrutura (como conexão à internet, etc.), para conciliar férias com a família e trabalho em home-office.

No contexto da pandemia, aspectos de limpeza ganharam uma importância ainda maior para os hóspedes, e o Airbnb foi pioneiro no setor de compartilhamento de acomodações nesse sentido. A plataforma apresentou, no fim de abril, seu Protocolo Avançado de Higienização, desenvolvido com orientação de autoridades sanitárias e especialistas internacionais, como o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), nos EUA, que é referência nos esforços de combate à COVID-19. O Protocolo inclui especificações sobre como higienizar todos os cômodos de uma casa, um selo para as acomodações e é solicitado a todos os anfitriões.

Além disso, em agosto, a plataforma reduziu a 16 o número máximo permitido de pessoas por acomodação, para evitar aglomerações e contribuir para estadias responsáveis e, em outubro, lançou orientações e boas práticas também para hóspedes, disponíveis no site e com as quais eles devem se comprometer no momento da reserva. As recomendações incluem uso de máscaras e prática de distanciamento social por anfitriões e hóspedes ao interagirem.

As Experiências Online de Carnaval do Airbnb custam de R$ 50 a R$ 300 por pessoa, e as datas e horários disponíveis podem ser consultados na página de cada uma delas. Elas acontecem por videoconferência, com acesso oferecido gratuitamente aos anfitriões, juntamente com serviços personalizados para curadoria, gravação e compartilhamento de conteúdos online.

Para conhecer mais sobre todas as Experiências disponíveis na plataforma, acesse: airbnb.com.br/s/experiences/online.

Texto por Agência com edição de Carolina Berlato

Imagem Destacada via Divulgação

Comentários