logo

Telefone: (11) 3024-9500

Patmos: a ilha sagrada da Grécia | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ Freeartist

Patmos: a ilha sagrada da Grécia

17 de fevereiro de 2017

Patmos é uma ilha mundialmente conhecida. Talvez mais por sua história e lendas do que pelo visual. Mas o cenário formado pela ilha grega não deixa nada a desejar para quem decide visitá-la.

Foto por Istock/ milangonda

Foto por Istock/ milangonda

O lugar é tido como uma ilha sagrada, já que é onde São João escreveu o Livro do Apocalipse. É um destino ideal para os amantes da natureza, graças à sua costa, ao seu penhasco e ao seu solo vulcânico.

Designado como “Terra Santa” pelo Parlamento Grego em 1981 bem como um Sitio de Herança pela UNESCO em 1999, Patmos tem sido usada como um lugar de exilio pelos Romanos, devido a sua morfologia íngreme. Foi também por isso que São João achou seguro refugiar-se na ilha, no primeiro século DC, exilado pelo Imperador Domiciano.

Foto por Istock/ ivanmateev

Foto por Istock/ ivanmateev

A principal cidade da ilha é Skala, onde fica o porto, com pequenas casas pintadas de branco que formam a paisagem típica das ilhas gregas. Suas ruas estreitas e históricas ruas abrigam restaurantes, cafés, lojas e tradicionais padarias.

Entre os principais atrativos da cidade, dois remontam ao forte cunho religioso que se encontroa por lá. São eles o Monastério de São João e a Gruta Sagrada do Apocalipse. O primeiro é um Patrimônio da Humanidade pela UNESCO que foi construído no século 11 em homenagem a São João. Sua construção com pedras cinzentas tem aspectos de um castelo medieval com muros de mais de 15 metros de altura. A caverna, situada entre Skala e Chora, também é reconhecida como patrimônio e fica dentro de uma igreja.

Foto por istock/ PanosKarapanagiotis

Foto por istock/ PanosKarapanagiotis

Mas se tratando de uma ilha grega, Patmos não podia deixar de possuir belas praias. Entre as mais procuradas estão Psili Ammos, considerada a melhor da ilha com suas areias finas – que a difere da maioria das outras da ilha, todas pedregosas -, Meloí Kámpos, e Vagia Geranou.

Como chegar

Não há voos diretos do Brasil para a Grécia. É preciso fazer conexão na Europa. As companhias aéreas são: Air France (via Paris), Alitalia (via Milão), British Aiways (via Londres), Ibéria (via Madri), KLM (via Amsterdã), Swiss (via Zurique) e TAP ( via Lisboa).

Para chegar até a ilha é preciso pegar balsas ou barcos, tendo como ponto de partida a cidade de Atenas.

Onde ficar

Skala Hotel

Patmos Aktis Suites & Spa

Petra Hotel & Suites

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Istock/ Freeartist

Comentários