logo

Telefone: (11) 3024-9500

Confira quais são os melhores restaurantes do México | Qual Viagem Logo

IMG_9722_BX

Confira quais são os melhores restaurantes do México

8 de julho de 2016

O melhor jeito de viajar e conhecer a cultura de outro país é mergulhar em sua gastronomia. Para os que gostam de experimentar diferentes sabores, sem medo de errar, pode ter certeza que o México é o destino ideal para essa exploração, mais especificamente, a sua capital. É ali que está a maioria dos grandes restaurantes que são destaques constantes em ranques internacionais. Três deles, Quintonil, Pujol e Biko, são destaques mundiais e incorporam a lista do World’s 50 Best Restaurants Award 2016.

quintonil

Foto por Divulgação / Visit Mexico

O nome Quintonil refere-se a uma erva mexicana. O carismático e jovem chef Jorge Vallejo – um aprendiz e protegido do famoso restaurante Pujol, de Enrique Olvera – apresenta delícias da culinária mexicana contemporânea. O talentoso chef tem alcançado excelente reputação nacional e internacionalmente, tanto que figura entre os melhores do mundo.  Ele comanda as operações com sua esposa Alejandra Flores, que supervisiona discretamente a sala de jantar.

Uma das coisas mais bacanas do restaurante é o jardim próprio, com diversos vegetais que são colhidos e servidos nos maravilhosos pratos da casa. Ou seja, muitos dos alimentos viajam, no máximo, 30 metros, até o seu destino final, que é um prato bem elaborado e saboroso. Entre os destaques, sardinha com molho verde com beldroega, erva-doce e guacamole, pannacotta mamey, crumble de milho adoçado e sorvete de sementes mamey.

Localizado em Polanco, um bairro luxuoso da Cidade do México, o cenário da sua refeição será em uma pequena e estreita sala de jantar, e, no fundo, uma parede com um espaço aberto e uma parede coberta de folhas, para dar a sensação de jardim. A vibe do Quintonil é descontraída, porém elegante, perfeita para qualquer situação, que pode ir de uma reunião de negócios a uma ocasião romântica. Mais informações em: quintonil.com

Pujol ext 1 copy 3

Foto por Divulgação / Visit Mexico

O chef e proprietário do Pujol, Enrique Olvera, que já se tornou uma celebridade, apropriou-se da comida de rua mexicana e a transformou em alta gastronomia, conferindo à suas criações um tratamento único. E ele não tem medo de usar e ousar: desde formigas chicatanas a polvo e leitão, ele reúne todos os sabores maravilhosos típicos do México de uma maneira sofisticada e inovadora.

Os jantares no Pujol têm menu diário que inclui petiscos e, em seguida, a escolha de pratos para as próximas seis rodadas. Entre os destaques há o taco de churrasco de cordeiro, que exala sabor e tem aparência suculenta, e o ovo “infladita” com molho de gafanhoto. A assinatura da sobremesa Happy Ending inclui um espiral de churros com calda de chocolate e uma seleção de pequenas guloseimas.

Não deixe de provar o Mole Madre, Mole Nuevo: um prato com um círculo perfeito de molho de mole fresco envolto em uma camada externa de mole envelhecida por cerca de mil dias (segundo a última contagem). Os sabores contrastantes dos dois moles aguçam o paladar e nos faz admirar a magia da culinária mexicana.

No restaurante de Olvera são celebradas todas as coisas mais mexicanas e com as bebidas não é diferente. Há uma extensa gama de mezcal, bem como vinhos locais e internacionais. Entre as opções não alcoólicas há as refrescantes águas frescas com hortelã e pepino. Mais informações em: pujol.com.mx

Salón Biko 15

Foto por Divulgação / Visit Mexico

A culinária do restaurante Biko tem uma pegada “tecnológica-emocional” – um termo comumente associado à Espanha e à sua cozinha progressiva de chefs como Ferran Adrià – e a maioria dos clientes estão familiarizados com o estilo da gastronomia molecular utilizada.

Biko tem sido descrito como uma colisão de sabores entre Espanha e México, com ingredientes locais e ideias tradicionais bascos, misturando-se com pensamentos bem contemporâneos. O restaurante coloca a ciência a seu favor, utilizando o estudo dos processos químicos e físicos relacionados à culinária.

No prato isso é traduzido de acordo com o menu escolhido: não há a degustação regular, mas há o “lo de hoy” e “lo de antes”, a grosso modo um menu para agora, e um menu anterior. O prato destaque é o foie gras com abacaxi e anis. Por último e não menos importante, quem comanda o espaço são os chefs Mikel Alonso, Bruno Oteiza, e Gerardo Bellver. Mais informações em: biko.com.mx

Mais informações em: visitmexico.com

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: Divulgação / Visit Mexico

Comentários