logo

Telefone: (11) 3024-9500

Biarritz: do luxo ao surfe | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ gael_f

Biarritz: do luxo ao surfe

3 de abril de 2017

Não tarda muito o verão está chegando na Europa. E com ele, o brilho dos destinos litorâneos. É a temporada preferida dos jovens que buscam o melhor destino para tomar um sol, curtir uma balada com os amigos e, muitas vezes, surfar. Biarritz, no litoral Atlântico da França, já pertinho da fronteira com a Espanha, é o lugar perfeito para isso.

Foto por IStock/gael_f

Foto por IStock/gael_f

Conhecida por ser a capital europeia do surfe, a cidade já teve ares aristocráticos, sendo visitada somente pela alta sociedade, mas hoje se tornou um lugar de gente jovem, descolada e low profile.

Localizada a cerca de 170 quilômetros de Bordeaux, Biarritz é atravessada pela cadeia montanhosa dos Pireneus e banhada pelo golfo da Biscaia. A influência basca é perceptível tanto na arquitetura quanto na gastronomia.

Sua principal atração com certeza são as praias, onde se formam ondas altas e fortes e lá, inclusive, acontecem grandes campeonatos nacionais e internacionais de surfe. Destaque para La Grande Plage, a maior da cidade, Marbella, Miramar e Costa dos Bascos. Prepare-se para encontrar por lá muita gente bonita e um mar de pranchas.

Foto por Istock/ dutourdumonde

Foto por Istock/ dutourdumonde

Vale também visitar algum dos museus locais, como o Museu do Mar, o Asiático e o do Chocolate. E também os monumentos como o Rochedo da Virgem, onde Napoleão III queria fazer um ponto de ancoragem do Porto de Refúgio, e o farol de 73 metros de altura.

E por falar em Napoleão, ele também é o responsável pela construção mais famosa de Biarritz, o Hotel du Palais. O 5 estrelas foi construído em 1855 como residência de férias do imperador e sua esposa Eugénie. Com uma estrutura de 152 quartos ao longo da Grande Plage, oferece ainda duas piscinas grandes, spa e academia, banheira de hidromassagem, tratamentos com massagem e diversos outros luxos. Hoje, o hotel é considerado um dos principais exemplos da época em que Biarritz era destino de ostentação.

Foto por IStock/ IvanBastien

Foto por IStock/ IvanBastien

O centrinho da cidade conta ainda com bares, restaurantes e lojas que completam o roteiro. Vale a pena fazer um passeio por lá, degustar a mistura de sabores das gastronomias basca e francesa e fazer algumas comprinhas.

Como chegar

De Paris, é possível chegar a Biarritz de trem ou avião. A primeira viagem dura cerca de 5 horas saindo de Gare de Montparnasse, enquanto o voo com destino ao aeroporto Biarritz-Anglet-Bayonne dura cerca de 1h20.

Onde ficar

Hotel Saint-Julien

Hotel du Palais

Hotel Villa Koegui Biarritz

Onde comer

La Grappe à Fromages

Le Bistrot Gourmet

CIBO Pizzeria

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Istock/ gael_f

Comentários