logo

Telefone: (11) 3024-9500

Roteiro: 48 horas em Chester e Cheshire, na Inglaterra | Qual Viagem Logo

View of Chester City Centre showing the Tudor buildings and quaint main shopping street

Roteiro: 48 horas em Chester e Cheshire, na Inglaterra

9 de novembro de 2018

Com uma encantadora mistura de cidades mercantis históricas, praças em vilarejos e paisagens pitorescas, sem mencionar uma impressionante coleção de casas senhoriais e jardins formais, há poucos lugares mais ingleses do que Cheshire. No coração do condado está a compacta cidade romana de Chester. A bela e discreta cidade é um dos destinos mais encantadores para uma viagem curta.

Um dos vários municípios do norte da Inglaterra, Cheshire está a uma curta distância de algumas das principais cidades e pontos turísticos da região, como Liverpool, Manchester, The Peak District, Staffordshire e o norte do País de Gales. Devido à localização ao sul do aeroporto de Manchester, na Grande Manchester, é possível chegar ao norte de Cheshire poucos minutos depois de sair do aeroporto. Já uma viagem do aeroporto de Manchester para Chester leva cerca de 45 minutos de carro.

DIA UM

Mexa as pernas

Foto por iStock / chrisdorney

Foto por iStock / chrisdorney

Fundada pelos romanos em 79 d.C., Chester tem uma longa e fascinante história. Num passeio matinal você poderá descobrir as mais completas City Walls (Muralhas) da Grã-Bretanha, o Eastgate Clock (considerado o relógio mais fotografado da Inglaterra depois do Big Ben), o Rio Dee, o maior anfiteatro romano do país, o mais antigo hipódromo da Grã-Bretanha e a deslumbrante catedral da cidade. Há muitos passeios a pé disponíveis, mas se você quiser fazer uma exploração de forma mais esportiva contrate o Chester Running Tour e veja a cidade correndo em rotas de 5 ou 10 km. Apenas certifique-se de voltar para Chester Cross ao meio-dia para ver a proclamação diária do Town Crier (o pregoneiro).

Experimente a nova onda gastronômica

Num passeio de táxi de cinco minutos ou numa caminhada de meia hora até Hoole, você encontrará uma pitoresca rua principal e um pequeno restaurante com grandes ambições. Sticky Walnut, o aclamado restaurante de bairro do restaurateur local Gary Usher, oferece deliciosa cozinha britânica e um almoço com três serviços e ótimo custo/benefício. Trata-se de um dos vários restaurantes no noroeste criados pelo crowdfunder Usher, atraindo os clientes para pequenas cidades e subúrbios como Heswall, em Merseyside, local do Burnt Truffle; Didsbury, na Grande Manchester, onde ele abriu Hispi em 2016; e Prescott, em Merseyside, onde o Pinion está chegando em breve. Há também o Wreckfish em Liverpool e o Kala, previsto para abrir em Manchester em 2019.

Um patrimônio de sucesso

Foto por iStock / TonyBaggett

Foto por iStock / TonyBaggett

Escolha uma das atrações a seguir para uma tarde cheia de atrações e experiências do patrimônio local. O Chester Castle reabriu ao público no ano passado e abriga a Agricola Tower, do século XII, a primeira porta de entrada de pedra do castelo, fundada por Guilherme, o Conquistador, em 1070, na parte sudoeste da cidade. Aberto durante os meses de verão, o castelo permite aproveitar a vista panorâmica da cidade a partir da torre.

Foto por iStock / Tornadoflight

Foto por iStock / Tornadoflight

Em seguida, dirija-se ao Grosvenor Museum ou à St. Michaels Church na Bridge Street, onde os planos estão bem encaminhados para uma atração nova do patrimônio histórico – aguarde novidades! Saindo da cidade, o museu The Lion Salt Works é uma salina histórica aberta ao público, onde você conhecerá o curioso impacto do sal nas pessoas, na economia e na paisagem da região central de Cheshire.

Ou, para algo completamente diferente, experimente a trilha Amazing Women by Rail, que convida os visitantes a explorar as fascinantes e muitas vezes ocultas histórias de mulheres que viveram e trabalharam em áreas ao longo das linhas ferroviárias de Mid Cheshire e Calder Valley. São escritoras, artistas, esportistas, ativistas, sufragistas e políticas.

Boas opções no jantar

A cena de bares e restaurantes de Chester está crescendo no momento, e os independentes estão no centro dessa mudança. Reserve um jantar cedo no The Chef’s Table e deixe que a pequena, mas apaixonada, equipe cuide de você. Ou siga para o Porta, um local de inspiração espanhola discreto e de alta demanda, dirigido pelos irmãos Ben e Joe Wright. Outra alternativa é fazer uma peregrinação a Stockport para provar um menu de degustação cega elaborado por um dos jovens chefs mais empolgantes do Reino Unido, Sam Buckley, no Where the Light Gets In. Nesse caso, você precisará reservar com bastante antecedência, já que, no ano passado, ele recebeu da crítica Marina O’Louglin, do jornal The Guardian, os 10 pontos de perfeição.

Hora da história

Aberto em maio de 2017 e inaugurado formalmente em junho de 2018 pela Rainha e pela Duquesa de Sussex, a Storyhouse é um amplo centro multiartes que incorpora uma biblioteca, teatro e cinema. É um dos edifícios culturais mais bem-sucedidos do país, recebendo um milhão de visitantes em seu primeiro ano – é o lugar perfeito para passar sua primeira noite em Chester. Durante os meses de verão, procure sessões de cinema ao luar e eventos de teatro ao ar livre em Grosvenor Park, administrados pela equipe do Storyhouse.

DIA DOIS

Divirta-se com a bicharada

O segundo dia pode ser dedicado à exploração das atrações turísticas da região Cheshire – e nada melhor do que começar com uma visita ao Chester Zoo. Zoológico mais popular do Reino Unido, com mais de 21 mil animais de 500 espécies, tem sido tema de várias séries de TV. Os acréscimos recentes ao zoológico incluem ‘Islands’, que mostram os ambientes tropicais de seis microclimas do Sudeste Asiático com experiências interativas e imersivas por toda parte, e uma reserva natural recém-ampliada, na entrada do zoológico. Um evento imperdível no inverno é o The Lanterns, um festival de luzes que transforma o zoológico em um espaço mágico.

Agrade seu lado geek

Foto por iStock / LeePeers

Foto por iStock / LeePeers

Por mais de 50 anos, o gigante telescópio Lovell no Jodrell Bank tem sido uma característica familiar da paisagem de Cheshire e um marco de renome internacional no mundo da astronomia. Mais recentemente, ele se estabeleceu como um destino turístico depois que foi elevado ao status de Patrimônio Mundial da UNESCO no início deste ano. Além do telescópio, há vários pavilhões que exploram em detalhe nossa compreensão do espaço, das estrelas e dos planetas. Tome o seu chá da tarde no café do local, tendo como vista o telescópio e colinas de Cheshire. Certamente essa será uma das experiências mais originais e incomuns que você pode ter no país. E se quiser ver o Jodrell Bank no seu auge, visite-o durante o Blue Dotanual que oferece um festival com música, arte e ciência.

Explore uma propriedade rural

Foto por iStock / PeterEtchells

Foto por iStock / PeterEtchells

Tatton Park é talvez a mais conhecida propriedade de Cheshire e um dos locais históricos mais amados no Reino Unido. Abriga uma mansão neoclássica, vários hectares de jardins paisagísticos, um enorme parque de cervos e um antigo salão Tudor. O parque é também o lar de uma fazenda de raças raras, que foi recentemente retrabalhada como o movimento “Field to Fork” (do campo para o garfo), que apresenta de forma teatral a história da agricultura de Cheshire. Não é uma opção para vegetarianos ou veganos, mas uma peça de educação essencial para as crianças. Também é possível participar ativamente de workshops e aulas de habilidades agrícolas, como fabricação de queijos e apicultura.

Congele o cérebro

Seja qual for a atividade de sua escolha, faça uma parada no caminho de volta para Chester na Ice Cream Farm em Tattenhall. Nesse parque de diversões voltado principalmente para crianças, “O Maior Salão Exclusivo para Sorvetes do Mundo” oferece todos os sabores premiados de sorvete. Não à toa, The Ice Cream Farm entrou no rol das 20 principais atrações turísticas da Grã-Bretanha em 2017. Outra boa opção de parada, na volta a Chester, é The Cheese Shop, que armazena mais de 200 variedades de queijo, incluindo o icônico Cheshire. Também recomendamos a geleia premiada da Pant Glas Bach Preserves e outras iguarias locais na Hawarden Estate Farm Shop.

Parada secreta

Foto por iStock / Boycey

Foto por iStock / Boycey

É um fato relativamente pouco conhecido que grande parte do famoso programa Peaky Blinders tenha sido filmado em Cheshire, incluindo Arley Hall, que é a casa de campo do anti-herói Thomas Shelby. Aproveite essa visita para conhecer também um bar em estilo speakeasy bem escondido, que serve bons coquetéis ao som de jazz. Em seguida, vá para Simon Radley at The Chester Grosvenor para um requintado jantar. O restaurante ostenta uma estrela Michelin desde 1990 e também tem quatro AA Rosettes e um AA Notable Wine List Award.

Mais informações em: visitbritain.com/br

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / BellPhotography423

Comentários