logo

Telefone: (11) 3024-9500

Porto Seguro e Airbnb capacitam anfitriões em novo protocolo de higienização | Qual Viagem Logo

40084184755_b90229c9a8_c

Porto Seguro e Airbnb capacitam anfitriões em novo protocolo de higienização

14 de agosto de 2020

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Porto Seguro (Sectur) e o Airbnb, maior plataforma global de compartilhamento de lares e experiências em viagens, promoveram uma iniciativa conjunta para capacitar anfitriões sobre o novo Protocolo Avançado de Higienização da plataforma na última quinta-feira, 13. A iniciativa de apoio à retomada do turismo local pós-pandemia envolveu um webinar com detalhes sobre o protocolo, que inclui um selo criado pelo Airbnb para ajudar a impulsionar os anúncios das acomodações que seguem as novas diretrizes.
O Protocolo Avançado de Higienização da plataforma, lançado globalmente em abril e já disponível no Brasil, foi desenvolvido com orientação de autoridades sanitárias e em parceria com especialistas internacionais, como o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), nos EUA, instituto que é referência nos esforços de combate à COVID-19. As diretrizes envolvem, além da capacitação da comunidade de anfitriões sobre como higienizar todos os cômodos de uma casa, a certificação das acomodações que adotam o protocolo.

Foto por Marcio Filho/MTu

Foto por Marcio Filho/MTu

O programa estabelece ainda um intervalo de 24 horas entre uma reserva e outra para os anfitriões que adotam o Protocolo de Higienização, e de 72 horas para os que não puderem se comprometer com esse protocolo. Esse intervalo é baseado em recomendações de especialistas aplicadas em outro programa do Airbnb, que já ofereceu mais de 200 mil estadias a profissionais de saúde na linha de frente do combate à COVID-19 pelo mundo.

O Secretário de Cultura e Turismo de Porto Seguro, Paulo César Magalhães, foi convidado a iniciar o webinar e falou sobre a preocupação com a Segurança em Saúde em Porto Seguro.

“Meios de Hospedagem, Restaurantes, Bares, Lanchonetes, empreendimentos e atrativos turísticos têm se adequado aos protocolos sanitários do Município. E para que tenhamos mais segurança, nada mais justo que todos façam a sua parte. Sabemos da importância dos imóveis locados via Airbnb, tanto para a economia, quanto para a acomodação dos turistas, e saber que também estarão adequados aos protocolos nos traz ainda mais a certeza de que preparamos o melhor e mais seguro destino do Brasil”, frisou, ressaltando que este direcionamento do Airbnb é importante e corrobora com a Política de Segurança em Saúde de Porto Seguro, que inclusive tem sido elogiada como Plano de Retomada confiável, por muitos trades turísticos no País. “As casas também poderão obter o Selo Porto Mais Seguro e, para isso, basta entrar no site e conferir o protocolo, termo de responsabilidade, e todos os parâmetros para um ambiente seguro”, finalizou Paulo César.

Foto por: Marcio Filho/MTur

Foto por: Marcio Filho/MTur

“Na retomada das viagens de turismo, algo que está claro é que aspectos de limpeza vão ganhar uma relevância ainda maior para os hóspedes, e que estabelecer novos padrões de higienização é fundamental para o setor. E o Airbnb foi pioneiro no segmento de compartilhamento de acomodações nesse sentido”, afirma Jun Yamamoto, gerente de relações institucionais e governamentais do Airbnb no Brasil.
Renda extra e impacto econômico

Ainda de acordo com o Airbnb, considerando a capilaridade e o grande número de anfitriões, a plataforma vai contribuir muito com as entidades públicas para apresentar novas possibilidades de turismo em Porto Seguro, oferecendo opções de viagens autênticas, conectadas à comunidade local e com grande impacto na geração de renda.

Historicamente, o impacto econômico gerado pelo Airbnb tem sido expressivo. No Brasil, ele foi R﹩ 10,5 bilhões em 2019, considerando toda a cadeia que envolve o turismo, como comércio e restaurantes locais, não apenas a hospedagem.

Em 2019, segundo pesquisa do Airbnb, 50% dos anfitriões brasileiros utilizaram a renda extra com a plataforma para manter as suas casas. E 22% usaram essa renda para deixar as contas em dia. Os anfitriões brasileiros também mencionam a renda extra para sobreviver como o principal motivo citado para alugar em 2019 (71%), seguido de conhecer novas pessoas (25%) e conhecer outras culturas (22%).

Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Porto Seguro (Sectur)

Porto Seguro – cidade inserida no “Sítio Histórico do Descobrimento” – está localizada no extremo sul do Estado da Bahia e foi cenário dos eventos ocorridos em abril de 1.500, com a chegada de Pedro Álvares Cabral à costa brasileira e precursores no processo da colonização portuguesa no Brasil. Além disso, abriga um acervo cultural e natural onde se mantém o litoral nas suas características mais originais e é um dos mais procurados destinos do País. Neste contexto, a Secretaria de Cultura e Turismo de Porto Seguro visa buscar meios para o desenvolvimento do potencial turístico da cidade e seus distritos, organizando e executando ações voltadas para a sua melhoria e desenvolvimento, e transformando o destino para “Ser o melhor e mais desejado destino turístico do Brasil”.
Texto por Agência com edição de Carolina Berlato
Imagem Destacada por Marcio Filho/MTur

Comentários