logo

Telefone: (11) 3024-9500

Matosinhos: belas praias, excelente gastronomia, igrejas seculares e a melhor sardinha artesanal do mundo | Qual Viagem Logo

whatsapp-image-2019-09-04-at-16-34-49

Matosinhos: belas praias, excelente gastronomia, igrejas seculares e a melhor sardinha artesanal do mundo

4 de setembro de 2019

O mar à mesa, a nova arquitetura, as peregrinações, os monumentos, as recriações históricas. Matosinhos é uma das maiores cidades do distrito do Porto, localizada ao norte de Portugal, no noroeste da Península Ibérica, no lado direito do rio Douro.

Situada ao lado da cidade do Porto, possui uma grande área banhada pelo Oceano Atlântico. É uma cidade com grande desenvolvimento industrial, que procura manter ao mesmo tempo as suas tradições populares.

Matosinhos é uma bela surpresa, pois reúne gastronomia, arquitetura contemporânea, a imensa costa marítima e boas surpresas turísticas, como visitar o Mercado que é da década de 1960 e recentemente foi adaptado para acolher um espaço de incubadoras e startups, oferecendo um misto de barracas de feira, serviços, restaurantes contemporâneos e casuais e até um atelier de design de joias.whatsapp-image-2019-09-04-at-16-37-30

Podemos afirmar que a gastronomia é a âncora da cidade, que possui o maior porto do norte de Portugal, tem uma população estimada de 175 mil habitantes e ainda guarda preciosidades históricas, como uma das igrejas mais belas do país.

O peixe, o marisco e as receitas que vêm do mar fazem de Matosinhos um destino especial para os bons gourmets. A cidade tem nada menos do que 60 bons locais para experimentar os pratos mais fresquinhos, pois o peixe que é assado diariamente, chega logo quando os estabelecimentos abrem suas portas.

Matosinhos ainda guarda mais de 15 quilômetros de belíssimas praias e tem festas tradicionais e celebrações quase que em todos os meses do ano. whatsapp-image-2019-09-04-at-16-34-49-2

As obras contemporânea do artista Álvaro Siza também são um capítulo a parte, e ele oferta traços e obras que destacam essa bela cidade. Desde logo ao nível das emoções: Álvaro Siza nasceu em Matosinhos, as suas primeiras memórias têm forçosamente o recorte, o aroma, os sons da sua cidade. Em sua juventude, já produzia obras fantásticas que se tornaram ícones da arquitetura mundial e acabaram por tornaram-se monumentos nacionais: um exemplo disso é a Casa de Chá da Boa Nova, a Piscina das Marés, construídas entre as rochas, não fossem – diria ao tempo o seu Autor – quebrar a vista da linha do mar. É o turismo de perto e que atravessa o mar para ver as obras do Mestre, mas também as de Fernando Távora, Alcino Soutinho, Souto Moura.

Caminhe a pé, pelo sul, junto ao mar, na despojada marginal de Souto Moura, olhe a lendária Praia de Matosinhos fervilhante de magia e de símbolos – além de centenas de turistas que passam por ali em suas peregrinações com destino a Santiago de Compostela na Espanha, mas antes vá tomar a benção na espetacular igreja de Bom Jesus, que foi inspiração para o nosso Aleijadinho.whatsapp-image-2019-09-04-at-16-34-48

Não deixe de visitar o terminal de cruzeiros do Porto de Leixões, inaugurado em 2015, que colocou a cidade na rota dos grandes transatlânticos, dividindo com Lisboa esse segmento turístico importante.

Vale a pena também visitar as seis quadras chamadas Zona de Restauração que oferece dezenas de excelentes peixarias que preparam peixes, sardinhas e bacalhau como nunca.

Não deixe de conhecer e se informar sobre as programações do Teatro Municipal Constantino Nery, que oferta um cardápio completo de bons espetáculos.

Vale também uma passeio pela Rua Brito Capelo que é cortada pelo Metro que transporta em menos de 25 minutos os visitantes ao centro do Porto. Esse rua guarda as principais lojas comerciais da cidade. Tendo tempo vá admirar a fachada do Forte de Nossa Senhora das Neves e caminhe pela belíssima marginal de Leça Plameira, a praia mais icônica dali.whatsapp-image-2019-09-04-at-16-38-26

Um passeio novo é visitar a fábrica mais tradicional de sardinhas da região. Aberta desde 1920, a Conservas Pinhais é um exemplo de excelência de trabalho. O prédio por si só já é uma referência arquitetônica.  Nuno Rocha, Diretor Comercial e Patrícia Sousa Diretora de Marketing abrem as portas para mostrar os seus mais de 100 funcionários, a maioria de mulheres, e como artesanalmente preparam mais de 25 mil latas de sardinhas diariamente, com qualidade extrema.whatsapp-image-2019-09-04-at-16-38-26-1

Antonio Pinhal, já na terceira geração, prepara os futuros sucessores e mostra com orgulho a logística perfeita de uma empresa que já exporta para 20 países e quer o grande mercado brasileiro. No término da visita, você pode adquirir o produto escolhendo entre mais de seis sabores, por apenas 2,50 euros cada latinha.

Agende a sua visita: pinhais.pt 

Na metade do dia, experimente o espetacular Robalo do Restaurante O Valentim. Um peixe serve tranquilamente 5 pessoas, com batatas ao murro, salada de tomate fresquinhas e arroz com sabor de vovó. Outra dica é o restaurante Dom Peixe que prepara tenras sardinhas!whatsapp-image-2019-09-04-at-16-34-49-1

Quem preferir uma hospedagem mais intimista, pode hospedar-se no Hotel O Valetim.

Mais informações: ovalentim.com e dompeixe.com

Sobre Matosinhos e suas atrações matosinhoswbf.pt.

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva.

Fotos: Sylvia Falseti

Os jornalistas viajaram a convite da Associação de Turismo do Porto e Norte e com a cobertura da GTA.

Comentários