logo

Telefone: (11) 3024-9500

Isfahan: a beleza de uma joia histórica no Irã | Qual Viagem Logo

View of Imam Ali Square in Isfahan. Iran

Isfahan: a beleza de uma joia histórica no Irã

6 de setembro de 2019

Localizada no cruzamento da Rota da Seda, Isfahan foi uma das maiores e mais importantes regiões da Ásia Central. A cidade mais visitada do Irã possui uma riqueza de detalhes históricos e culturais que são de tirar o fôlego. Repleta de construções que estão na lista de Patrimônio Mundiais da UNESCO, Isfahan conta com jardins persas, edifícios islâmicos, pontes pitorescas e bazares milenares.

Foto via iStock por Lukas Bischoff

Foto via iStock por Lukas Bischoff

Qualquer passeio deve começar pela Praça Naqsh-e Jahan, segunda maior do mundo. Construída há mais de 400 anos, ali se concentram os principais atrativos da cidade, como as mesquitas, o Grand Bazaar e a Ponte Si-o-sePol, considerada uma das mais bonitas do Oriente Médio.

Foto via iStock por Explora_2005

Foto via iStock por Explora_2005

Ainda no perímetro de Naqsh-e Jahan, está a Mesquita Shah, famosa mundialmente graças aos seus belíssimos azulejos azuis. O visitante também pode conhecer as oficinas e ver de pertinho o processo de produção dos ladrilhos que são restaurados e dos que estão sendo construídos.

O Ali Qapu é um dos principais palácios remanescentes da era Safávida. Originalmente, o edifício foi projeto para ser apenas um longo portal, afim de demonstrar a autoridade dos monarcas. Hoje, o palácio é um museu. O destaque fica por conta do sexto andar, na sala de música, onde estão as artes persas no estilo Gach Bori, além de profundos nichos circulares que possuem valor estético e acústico.

Foto via iStock por Oleksii Hlembotskyi

Foto via iStock por Oleksii Hlembotskyi

Conhecida como “Túnel dos Sonhos”, a Mesquita Jameh guarda mais de 14 séculos de história da arte iraniana. Existem registros de sua edificação desde o século X, quando a região estava sob o domínio da dinastia xiita buaihida. Hoje, o local funciona como um museu, com diversos decorativos arquitetônicos de diferentes períodos construídos em um só lugar.

Foto via iStock por efesenko

Foto via iStock por efesenko

Sheik Lotfollah é outra joia de Isfahan. Também construída durante o Império Safávida, a mesquita é uma das mais bonitas do mundo. Considerada um templo incomum, por não possuir pátio e minarete, Lotfollah é dona de um design pitoresco: seus azulejos mudam de cor conforme a luz solar. O melhor momento para ver o espetáculo de cores é durante o pôr do sol.

Foto via iStock por atosan

Foto via iStock por atosan

Atashgar está situado a cerca de oito quilômetros do centro de Isfahan, em uma colina a 105 metros acima do nível do mar. O templo de fogo zoroastriano é um monumento único e bastante peculiar. Erguido durante o Império Sassânida, o local teve diversas funcionalidades durante os séculos.

No topo do templo é possível ver o revelo da cidade e da paisagem de bosques abaixo da colina.

Texto por Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock por Elena Odareeva

Comentários