logo

Telefone: (11) 3024-9500

Forte de Santa Catarina é point turístico em Cabedelo, na Paraíba | Qual Viagem Logo

Foto por Carolina Berlato

Forte de Santa Catarina é point turístico em Cabedelo, na Paraíba

23 de agosto de 2018

Um dos patrimônios mais antigos do Brasil e mais importantes da Paraíba, o Forte de Santa Catarina de Cabedelo, popularmente chamado de Fortaleza de Santa Catarina é um conjunto histórico e cultural construído em meados dos anos 1580.

A primeira construção foi erguida em taipa – um tipo de madeira – assim que a área foi dominada pelos portugueses. O intuito principal era defender os ataques e proteger o litoral paraibano de invasões dos holandeses e franceses. No entanto, ela acabou sendo destruída pelos povos indígenas e só sendo reconstruída por volta de 1600, conseguindo resistir aos ataques até 1634, quando os holandeses finalmente tomaram a região.

img_6562

Os holandeses aumentaram o tamanho da fortificação e a renomearam para Fortaleza de Margarida. Após passar pelas mãos de muitas pessoas, ficou em estado de abandono até o final da década de 1870, quando foi cedido aos cuidados da Marinha.

O edifício se tornou uma cadeia pública e em 1907 deixou de ser uma fortificação e voltou a ser abandonado novamente. Só em 1972 que o Forte de Santa Catarina foi restaurado, mais de 30 anos de ter sido considerado Patrimônio Histórico e Artístico Nacional pelo IPHAN.

Foto via Flickr por Cacio Murilo/MTur

Foto via Flickr por Cacio Murilo/MTur

Atualmente, quem cuida e preserva o local é a Fundação Fortaleza de Santa Catarina, que com a ajuda de guias voluntários oferecem um tour histórico pela fortificação.

Os visitantes passam pela Casa do Capitão-mor da Capitania, que abriga diversas obras em exposição e um gigantesco painel de azulejos coloridos.

img_6588

Na Casa da Pólvora é onde está uma coleção de azulejos históricos, alguns com os brasões de famílias importantes da época colonial.

img_6615

Existem também em uma das salas, uma mostra histórica sobre a vida dos índios, e alguns itens que foram achados em escavações pelo local.

img_6565

O forte ainda conta com uma Capela, um salão para as exposições temporárias, passagens secretas que podem ser vistas, antigos artefatos que eram utilizados para a pesca de baleias e um enorme pátio em cima da muralha, que fornece uma visão panorâmica do forte e do mar.

img_6569

Além das exibições existe uma lojinha de artesanato onde o visitante pode comprar souvenires.

Anualmente, existem diversos eventos culturais e históricos que acontecem ali, o mais famoso, no entanto, é a Encenação da Paixão de Cristo.

Em 2017, o Forte de Santa Catarina foi indicado para entrar na lista do Patrimônio Mundial da Humanidade.

O forte abre diariamente, das 8h às 17h, e a entrada custa R$2.

Texto e Imagens por Carolina Berlato

Comentários