logo

Telefone: (11) 3024-9500

Fazendas de flores de Holambra abrem as portas para visitantes | Qual Viagem Logo

Foto via Divulgação

Fazendas de flores de Holambra abrem as portas para visitantes

3 de março de 2020

Um grupo de produtores de Holambra decidiu abrir as suas fazendas para que os turistas conheçam os “bastidores” de suas modernas produções de flores. Nos dias 4 e 5 de abril, das 9h às 17h, os interessados poderão conhecer todo o processo de cultivo – do plantio à colheita – de seis modernas fazendas e as instalações da Faculdade de Agronegócios de Holambra (Faagroh) – a primeira voltada à floricultura no Brasil – e até ouvir histórias dos descendentes dos imigrantes holandeses que transformaram esta cidade do interior paulista de apenas 15 mil habitantes na Capital Nacional das Flores.

Foto via Divulgação

Foto via Divulgação

O evento “Estufas Abertas” foi inspirado no “Kom in de kas!” (“Entre na estufa!”), que já acontece em diversas regiões da Holanda desde a década de 1970, sendo uma das sensações turísticas dos Países Baixos. O município de Holambra – nome que une as palavras Holanda, América e Brasil – fica a apenas 140 quilômetros da capital paulista. Os ingressos para o passeio têm preços escalonados: custam R$ 30,00 (meia) e R$ 60,00 (inteira) até 31 de março e R$ 35,00 (meia) e R$ 70,00 (inteira) em abril. Crianças até 5 anos de idade não pagam. Vendas somente antecipadas no site, uma vez que o evento requer extrema organização para melhor atender os visitantes. Informações pelo telefone (19) 995444091.

As fazendas de Holambra são muito modernas e usam tecnologia para a produção de flores e plantas. As escolhidas para o evento cultivam lírios (Jan de Wit), ciclames e hibiscos (Panorama Flores), kalanchoes e calandivas (Joost van Oene), antúrios (Geraldo Barendse) e plantas verdes – samambaia, lumina, Aeschynanthus baton e pink polka (a flor-batom), dieffenbachia (a comigo-ninguém-pode), heras, asplênio (a nidus e a crocodilo) e cróton (Brumado Flores) e pendentes, como jiboia verde e scindapsus (a prateada) e philodendrons (a Brasil, a branca, a amarela e a scandens), além de samambaia americana, aspargo alfinete, clorofito, onze-horas e jiboia njoy (Giardino di Cosi).

Foto via Divulgação

Foto via Divulgação

Nas estufas, os visitantes poderão passear entre os canteiros para observar, fotografar ou filmar bem de pertinho as flores e plantas em todas as fases de suas vidas, admirando as suas cores e formas e sentindo as suas texturas. O público poderá conhecer, também, um pouco da história de alguns de seus anfitriões, como os hábitos, os costumes, as curiosidades e a dificuldade de adaptação dos imigrantes holandeses à cultura brasileira. Tudo num clima familiar e convidativo.

Serviço

Estufas abertas
Data: dias 4 e 5 de abril, das 9h às 17h
Ingressos: até 31 de março, R$ 30,00 (meia) e R$ 60,00 (inteira). Em abril: R$ 35,00 (meia) e R$ 70,00 (inteira). Crianças até 5 anos de idade não pagam.
Vendas: antecipadas no site http://estufasabertasholambra.com.br/site/
Informações: (19) 995444091

 

Texto por Agência com edição de Carolina Berlato

Imagem Destacada via Divulgação

Comentários