logo

Telefone: (11) 3024-9500

Cozumel: os corais que encantam o mundo | Qual Viagem Logo

Foto por IStock/ Damocean

Cozumel: os corais que encantam o mundo

14 de novembro de 2018

Um dos destinos mais completos e desejados do México é a ilha de Cozumel que está localizada no Caribe Mexicano, próxima a Cancun, co­nhecida pela beleza de seus recifes de coral, que tor­naram-se famosos depois da visita de Jacques Cous­teau na década de 60. Desde então o turismo por lá cresceu muito, e hoje existem vários resorts, clubes de praia, lojas de artesanato e de grifes internacionais, restaurantes, e parques.

Foto por Istock/ KristineNoel

Foto por Istock/ KristineNoel

Graças à sua grande biodiversidade marinha, é con­siderado um local ideal para praticar mergulho. Os grandes bancos de recifes que formam os jardins su­baquáticos vivos abrigam uma rica e variada fauna marinha. Além de oferecer paisagens espetaculares, possui uma grande variedade de atividades de eco­turismo, como tirolesa, rapel, kitesurf, windsurf, surf, nado com golfinhos, mergulho, pesca, golfe, pas­seios de moto, bicicletas, canoas e caiaques.

Lugares como o Parque Nacional de Chankanaab, a Zona Arqueológica de San Gervasio ou o Subma­rino Atlantis, o levarão pelas profundezas do mar, são algumas das coisas que farão você se apaixonar por Cozumel. Mergulhe nas águas cristalinas para descobrir o segundo maior recife de coral do mun­do, o Great Mesoamerican Reef, uma das áreas mais completas do mundo para mergulho.

Foto: CONSEJO_ DE_PROMOCIÓN_TURÍSTICA_DE_COZUMEL

Foto: CONSEJO_ DE_PROMOCIÓN_TURÍSTICA_DE_COZUMEL

Passear por todo o recife do paraíso e desfrutar do brilho dos peixes coloridos que se aglomeram ao seu lado, ou viver a experiência de mergulhar durante a noite para descobrir as novas formas de aventura.

Outra experiência única é visitar o Yucab, um dos maiores recifes do continente. Visite as tartarugas no recife de Santa Rosa. Palancar não pode ser per­dido; é um dos recifes de corais mais espetaculares do Caribe. Termine com Maracaibo e Barracudas, os mais extremos, com fortes correntes e os mais difí­ceis de acessar.

Cultive sua sensibilidade em um mergulho livre ao redor da lagoa de Chankanaab, onde há navios nau­fragados e onde está o Cristo de Cozumel, que atrai grandes grupos de peixes que se amontoam ao redor com a passagem de enormes arraias e tartarugas.

Foto por CONSEJO_ DE_PROMOCIÓN_TURÍSTICA_DE_COZUMEL

Foto por CONSEJO_ DE_PROMOCIÓN_TURÍSTICA_DE_COZUMEL

O litoral oeste da Ilha, voltado ao continente, é uma grande barreira de corais. Essa barreira começa em Cozumel e vai até Honduras, sendo considerada a segunda maior do mundo, atrás apenas da Grande Barreira Australiana. Portanto mergulhar por lá é uma das principais atrações. Em Cozumel há várias empre­sas que oferecem os mergulhos, mas a Blue Magic é uma das mais completas.

Cozumel é também um dos maiores destinos de cru­zeiros marítimos do mundo, que fazem viagem para os Estados Unidos, Bahamas e para diversos países do Caribe. A Ilha é a terceira maior do país, e as opções de diversão para os turistas são muitas. Além dos mer­gulhos já citados, os turistas podem explorar ruínas, visitar praias desertas, realizar pescaria esportiva, além de contar com ótimas opções de gastronomia e um dos mais completos parques hoteleiros do México.

SÍTIO ARQUEOLÓGICO DE SAN GERVÁRIO

Com extensão total de 56 km, existe uma rodovia asfaltada, que circunda toda a ilha pela costa. Ela tem boas ciclovias em vários trechos. Esse passeio, pode ser completado em um dia onde você terá a oportunidade de passear por praias deslumbrantes, miran­tes e, no centro da ilha, visitar o sítio arqueológico de San Gervásio.

O tour pode ser feito em carro, moto e, para os mais animados, de bicicleta. Existem também empresas de receptivo que realizam o passeio com guias. A suges­tão é que o tour seja feito no sentido horário, porque as ruínas de San Gervásio – são o primeiro ponto de parada – Elas fecham religiosamente às 15h30. Assim, se deixar para o final não dará tempo de conhecê-la.

A DEUSA IXCHEL E A FERTILIDADE

Cozumel foi um importante local durante o apogeu do povo maia. Era local de culto à deusa da fertili­dade, chamada de Ixchel. Todos os anos, eram rea­lizadas peregrinações em seu louvor. Toda a ilha era cortada por sacbés – caminho branco, em maia – que eram estradas com revestimento branco para refletir a luz da lua e permitir viagens noturnas.

RUÍNAS: O MAIOR PATRIMÔNIO HISTÓRICO

As ruínas maias de San Gervasio, ficam no maior manto permanente de água doce da ilha, uma bên­ção para os antigos habitantes que sobreviveram sem escassez graças a ela. O local fazia parte da extensa rede comercial da região e mostra a integração dos habitantes com a natureza. Andar pelos caminhos brancos que comunicam os diferentes conjuntos ar­quitetônicos do território que por séculos recolheu os passos dos peregrinos. Visite também as ruínas de El Cedral, o local sagrado que representa o primeiro assentamento maia na ilha. As ruínas não são as mais impressionantes do México, nem mesmo da região, mas vale a pena visitá-la.

Foto por IStock/ MarilynJones2010

Foto por IStock/ MarilynJones2010

Outra experiência interessante é visitar o Museu de La Isla que oferece quatro salas com exposições permanentes sobre a geomorfologia, corais, outras espécies animais e a história da ilha. É bem fácil de chegar. Está no Malecón, na avenida beira mar, bem próximo à praça central.

Alguns passeios impressionam pelo colorido e pelos degradês das águas do mar que cercam a ilha. A Playa Corona é uma barreira de corais que oferece ao visi­tante a possibilidade de realizar mergulhos e experiência única das paisagens do fundo do mar. Não perca a chance de visitar o El Cielo – um banco de areia repleto de estrelas do mar. A impressão é de você ter acabado de aterrizar no céu, tamanha a beleza das areias brancas e fofas, das muitas estrelas do mar e da água turquesa que cerca esse local. Em Punta Molas, vale visitar o farol, e no caminho realizar uma parada nas lagoas próximas. Punta Moras é o local de passeio mais distante do centrinho de cozumel.

AS SAUNAS DE TEMAZACAL

Temazcal é uma sauna de origem pré-hispânica, que mistura o banho de vapor com um ritual de meditação e reflexão. É realmente uma experiência única. O vapor do banho ajuda a liberar toxinas e gordura, fazendo você sentir-se totalmente relaxado revitalizando corpo e alma.

A BELEZA ÍMPAR DE PUNTA SUR

A Punta Sur, como nome diz, é o ponto mais ao sul de Cozumel. É um parque estadual, onde há praias e lagoas. O Farol Celarain também fica aqui, onde do topo tem-se uma completa visão da ilha. Talvez seja um dos lugares mais bonitos de Cozumel. É cobrada a entrada, e inclui um passeio de barco em uma das lagoas onde é possível avistar crocodilos. No local é possível fazer snorkel, caiaque, ou apenas relaxar em redes à beira da praia. Há serviço de restaurantes. Vale passar um dia inteiro por aqui.

Para curtir calmamente a cidade, vale caminhar ao longo do calçadão à beira-mar apreciando as belas esculturas e mirantes, o riso das crianças e o passeio romântico dos casais que andam de mãos dadas re­fletindo a doçura do azul turquesa do Caribe que se expande para os outros cantos do mundo.

Foto por CONSEJO_ DE_PROMOCIÓN_TURÍSTICA_DE_COZUMEL

Foto por CONSEJO_ DE_PROMOCIÓN_TURÍSTICA_DE_COZUMEL

Caminhe pela praça central e prove a noite um sor­vete artesanal feito com frutas in natura. Vale comer também os famosos churritos uma guloseima local deliciosa. Sente-se em um banco sob as enormes pal­meiras e as poincianas reais que lhe dão a laranja de suas flores e admire o por do sol, além de ver a partida de inúmeros cruzeiros em direção a outros destinos.

Explore as lojas e galerias que oferecem as criações artísticas do povo de Cozumel, e leve para casa uma lembrança que você se lembrar de sua visita. Escolha um restaurante que lhe ofereça o melhor da comida gastronomia típica e encante-se com o povo local, que é acolhedor e solicito. Visitar Cozumel é isso. Desligar-se da rotina do trânsito, das eternas mensa­gens de celular, das notícias ruins dos telejornais. Vi­sitá-la é acima de tudo estar conectado diretamente com a natureza, praticando um mergulho, pescando, nadando em lagoas, andando de biki ou simplesmen­te observado coisas simples com um céu recheado de estrelas e um por do sol inesquecível. Tente combinar a sua visita a ilha com Cancun. Recomendamos ficar em Cozumel no mínimo três noites. Viste também Playa Del Carmen, um destino mais descolado e agi­tado. Se tiver tempo explore os parques de Xcaret e conheça os principais destinos históricos e de praia da Riveira Maia. Confira!

Como chegar

Barcos rápidos de passageiros partem do píer de Playa del Carmen a cada meia hora (consulte em granpuerto.com.mx). A passagem de ida e volta custa US$ 24. Outra maneira de chegar é pelo ar: Cozumel tem um aeroporto internacional que recebe voos de cidades mexicanas e do exterior. Com destino a Cozumel ou Cancún, voos são operados pela Avianca via Bogotá, Copa Airlines via Panamá e American Airlines via Miami.

Onde comer

Para comer bem é preciso embrenhar-se na cidadezinha de San Miguel, onde há belos achados frequentados por mora­dores e mergulhadores. Vale saber que quando há navios de cruzeiros ancorados, as casas extrapolam seus horários “ofi­ciais” e permanecem mais tempo abertos.

Money Bar

Restaurante La Perlita Pesca Esportiva

Onde ficar

O turista dispõe de uma ampla gama de hospedagem, das pensões baratíssimas localizadas no centro de San Miguel (a única cidade da ilha) aos luxuosos hotéis e resorts à beira-mar (muitos deles com centros de mergulho próprios).

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque por Istock/ Damocean

Comentários