logo

Telefone: (11) 3024-9500

Como se organizar financeiramente para um intercâmbio | Qual Viagem Logo

turistas 1

Como se organizar financeiramente para um intercâmbio

4 de março de 2016

Seja para aprender uma língua nova ou para ter contato com a cultura de outros países, fazer um intercâmbio é o sonho de muitas pessoas. Mas, antes de embarcar nessa experiência, é importante se planejar financeiramente com alguns meses de antecedência. Por isso, Marina Jendiroba Moura, CEO da agência Mais Intercâmbio (maisintercambio.com.br), destacou algumas dicas relevantes.

turistas 2

Foto por David Santaolalla via Flickr

Para começar a se planejar, você deve conhecer em detalhes o programa de intercâmbio escolhido. É preciso saber, por exemplo, o que está incluso no pacote, como a hospedagem ou a passagem. Também é importante conhecer as condições de pagamento e saber se há a opção de parcelamento e, se sim, em quantas vezes pode ser feito.

É importante ter em mente outras despesas da viagem, como a alimentação caso o lugar de estadia não ofereça refeições. A dica para economizar é comprar mantimentos no mercado local e cozinhar. Se você não abre mão de comer fora, procure fazer isso no máximo duas vezes por semana para não ultrapassar o seu orçamento.

Você estará em um país novo e ficar trancado no quarto é a última coisa que você deve fazer. Investir em passeios irá garantir que você aprenda mais sobre o lugar e guarde muitas lembranças da viagem. Aqui a dica é traçar um limite semanal para ser gasto com idas a museus, pontos turísticos e outras cidades próximas de onde você vai ficar. Pesquise o preço dos meios de transporte e veja se há a opção de fazer um cartão que costuma ser carregado com um valor mínimo.

turistas 3

Foto por morebyless via Flickr

Fazer uma planilha de gastos é uma ótima opção para organizar sua vida financeira para tudo, inclusive para um intercâmbio. Veja quanto você pode gastar durante toda a viagem, inclusive com gastos extras, e depois divida a quantia por semanas. Esse será o seu limite de gasto semanal. É importante não ultrapassá-lo, mas, caso aconteça, faça o esquema de descontar dos próximos dias. Já se você gastou menos no dia anterior, nada de gastar o dobro no dia seguinte: guarde o que sobrou para emergências.

Uma medida que deve ser tomada com a maior antecedência possível é começar a economizar. A maioria dos jovens não conta com a ajuda financeira dos pais e precisa arcar por conta própria com a viagem, principalmente se já trabalha ou tem uma atividade remunerada. Por isso, reveja seus gastos e tente cortar saídas noturnas. Reveja também seu plano de telefonia e serviços como TV a cabo e internet, pois isso ajudar a economizar um bom dinheiro no final do mês.

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: Ian T. McFarland via Flickr

Comentários