logo

Telefone: (11) 3024-9500

A Grande Muralha da China: uma viagem imperdível | Qual Viagem Logo

Beautiful section of the Chinese Great Wall

A Grande Muralha da China: uma viagem imperdível

31 de outubro de 2017

Uma das estruturas mais impressionantes do mundo e a mais longa já feita pelo homem, a Grande Muralha da China está na lista de desejos de muitos viajantes mundo afora. Faltam adjetivos para descrever esse monumento, que é considerado Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO e uma das “sete maravilhas do mundo moderno”.

Foto por iStock / zhudifeng

Foto por iStock / zhudifeng

Sua construção começou em torno de 220 a.C. e só foi terminar dois mil anos depois, no século XVII, atravessando várias dinastias chinesas. Era uma estrutura militar, para proteger a fronteira norte da China e a Rota da Seda de possíveis invasões de povos nômades vindos da Mongólia. Serpenteando entre as montanhas da região, a Grande Muralha estende-se de Hushan, província de Liaoning, no leste a Jiayuguan, província de Gansu, no oeste.

Foto por iStock / axz66

Foto por iStock / axz66

Um estudo recente concluiu que a Muralha possui 8.850 km de comprimento – antes se acreditava que sua extensão era de 5.000 km. A altura varia de 5 a 11 metros, dependendo do trecho. Apesar dessas dimensões, não é possível ver a Grande Muralha da Lua ou do espaço sideral, como muitos acreditam – apenas de uma órbita terrestre baixa.

Foto por iStock / aphotostory

Foto por iStock / aphotostory

Pequim geralmente é a cidade base e de onde saem a maior parte dos tours para conhecer a Muralha, já que esta atravessa uma região a poucos quilômetros ao norte da capital chinesa. O trecho mais acessível a partir de Pequim é o Badaling e, por isso, também é o mais cheio. Para se afastar das multidões, continue caminhando ao longo da Muralha. Também na região de Pequim, o trecho de Mutianyu costuma receber menos turistas. Já a parte de Simatai é mais tranquila, porém se prepare para muitas subidas e descidas. Para quem quer se aventurar em trilhas difíceis, vale visitar o trecho de Jinshanling.

Foto por iStock / vale_t

Foto por iStock / vale_t

Evite marcar sua viagem durante o inverno – apesar do cenário ficar lindo coberto de neve, é muito frio e as escadas ficam bem escorregadias – e, principalmente, durante os feriados chineses, quando a atração fica superlotada. Mesmo assim, a Muralha é popular em qualquer época do ano: é um dos pontos turísticos mais visitados do mundo, recebendo cerca de 10 milhões de turistas todos os anos.

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / Hung_Chung_Chih

Comentários