logo

Telefone: (11) 3024-9500

5 destinos imperdíveis para conhecer no Marrocos | Qual Viagem Logo

41

5 destinos imperdíveis para conhecer no Marrocos

6 de agosto de 2018

Marrocos é um lugar cheio de cores, sabores e mistérios a serem descobertos. Seja nas cidades imperiais ou nos vilarejos que integram o exuberante Deserto do Saara, o que não faltam por lá são atrações imperdíveis, com muita história e cultura.

Para quem está planejando viagens para Marrocos, confira 5 destinos que não podem ficar de fora de um roteiro dos sonhos pelo país africano:

  1. Marrakech jamaa-el-fna-market-marrakech

 A capital do turismo no Marrocos é parada obrigatória em qualquer roteiro. Criada no século XI, a cidade imperial é um dos destinos mais famosos do país. E não é à toa.

Sua Medina amuralhada, que envolve todo o centro, conta com inúmeras atrações que comprovam a vivacidade local. São jardins, palácios, praças, souks – os conhecidos mercados que comercializam artigos de couro, tapetes, ouro e especiarias – e mais de 40 mesquitas integrando as principais características da cultura, gastronomia e religião de Marrakech.

E por falar em praça, a de Jemaa el-Fna é o ponto turístico mais famoso da região, reunindo contadores de história, músicos, videntes, encantadores de serpente e outros artistas de rua. Ali, moradores e turistas se misturam para curtir as apresentações e provar alguns dos sabores típicos em barraquinhas.

Fora do distrito da Medina, a cidade conta ainda com uma paisagem exuberante com mais de mil palmeiras e montanhas nevadas.

  1. Rabathassan-tower-rabat-morocco

Rabat é o centro político do Marrocos, além de polo cultural. Histórica e moderna ao mesmo tempo, a capital do país tem como principais atrativos as ruínas romanas, a arquitetura em estilo europeu, os labirínticos bairros medievais, o Museu de Arte Contemporânea Mohamed VI e a Torre Hassan – erguida para ser o mais alto minarete do mundo, mas que teve sua construção interrompida e permaneceu com 44 metros.

Outro destaque fica por conta do Museè National de Bijoux, abrigado em um palácio do século XVII, que conta com uma bela coleção de arte marroquina.

Com 60 quilômetros de litoral, Rabat tem ainda algumas das melhores praias do país. A mais famosa é Oudayas, o point dos surfistas na região.

  1. Fezfez

Fundada há mais de 1200 anos, Fez é a capital antiga do país e abriga um dos mais preservados centros históricos do mundo árabe. Graças ao seu passado, é um destino rico em cheiros, cores e tradições dessa cultura.

Sua Medina conta com diversos monumentos e construções típicas, além de mesquitas, palácios e souks.

Além disso, um dos grandes destaques da cidade são os tanques multicoloridos para tratar e tingir o couro. Vale a pena subir no terraço de alguma loja para observar a paisagem diferente.

Fez também conta com a universidade mais antiga do mundo, a Quaraouiyine e atrativos fora das muralhas, como o Palácio Dar el-Makhzen e os jardins de Bou Jeloud.

  1. Meknésmeknes-morocco

Meknés também foi capital do país, entre 1672 e 1727 e, entre as cidades imperiais, é considerada a mais tranquila para se visitar, sem tantas multidões.

A cidade dos 100 minaretes, como é chamada, conta com construções em estilo europeu feitas pelo sultão Moulay Ismail, o que também lhe rendeu o nome de “Versalhes do Marrocos”.

Entre as atrações mais famosas do lugar estão o luxuoso mausoléu do sultão e as portas da cidade amuralhada, que formam um detalhe arquitetônico importante. Com destaque para a Bab Mansour el Aleuj, considerada a mais bonita do país.

A leste da Medina, o bairro francês conta com construções mais modernas que completam a paisagem da cidade. Não deixe de visitar o Museu Etnográfico e seu incrível jardim Andaluz.

  1. O famoso deserto do Marrocosdeserto

É impossível falar em viagem ao Marrocos sem mencionar o gigante e surpreendente Deserto do Saara. Como não poderia ser diferente, o maior deserto do mundo, com nove milhões de km², percorre boa parte do país – assim como de outros nove vizinhos – e, por isso, rende diversos roteiros.

Para começar, vale a pena visitar a cidade de Ouarzazate, a porta de entrada para o Saara. Ao sul do país, cerca de 200 quilômetros de Marrakech, a região foi habitada por berberes e, por isso, marcada por migrações e rotas de comércio.

A cidade também é o ponto inicial da famosa Rota das mil Kasbashs, as construções fortificadas que protegiam, tanto de invasões, quanto das tempestades de areia.

Zagora, a 160 quilômetros de Ouazazate, fica em um vale do rio Drâa. Com dunas mais modestas, o destino é ideal para quem não tem tempo suficiente para um roteiro completo pelos desertos. Nos arredores da cidade, também é possível explorar os ksars fortificados.

Por fim, a cidade de Merzouga abriga o maior conjunto de dunas de areia, o Erg Chebbi, e é o lugar ideal para o típico passeio de camelo. Além disso, o destino conta com um dos cartões-postais da região, o cinematográfico Aït Ben Haddou, antiga cidadela fortificada que rende belas fotos aos turistas. É lá que você vai observar todos aqueles cenários típicos de fotos e filmes do deserto.

Para saber mais sobre o Marrocos e consultar pacotes imperdíveis pelo destino, visite Memphis Tours.

Texto por: Eliria Buso

Fotos: Memphis Tours

Comentários