logo

Telefone: (11) 3024-9500

Macapá tem Festival de Verão em pleno inverno | Qual Viagem Logo

macapa-vera%cc%83o-1

Macapá tem Festival de Verão em pleno inverno

23 de julho de 2018

O único evento de verão em pleno inverno brasileiro. Esse é o Macapá Verão, festival que acontece entre os dias 5 de julho e 2 de agosto na capital do Amapá e balneários do interior como Lontra da Pedreira, Vila Progresso no Bailique, Maruanum, São Joaquim do Pacuí e Curiaú, sem contar os diversos pontos de Macapá como Araxá, Jandiá e Aturiá. Serão 108 apresentações gratuitas espalhadas, de todas as linguagens artísticas, para público de todas as idades. Participam artistas como Patrícia Bastos, Enrico Di Miceli, Marabaixo da Favela, Arraial da Pavulagem, Beto 7 cordas, entre muitos outros. O Macapá Verão fortalece a cultura amazonense valorizando os artistas locais para o público amapaense ou para os visitantes de todas as partes do Brasil e do mundo.

Exposições, dança de rua, uma estação dedicada ao rock, shows de samba no Mercado Central, apresentações de circo, teatro e poesia em praças, a Estação Lunar com shows musicais ao longo da noite e um espaço dedicado exclusivamente para apresentações e histórias para crianças, compõem a programação do Macapá Verão. Outra importante atração é o Festival do Camarão no Bafo na Fazendinha, um prato típico amapaense nos restaurantes à beira da praia do Rio Amazonas. O marabaixo, símbolo da cultura do Amapá, também estará em toda a programação com cortejos e apresentações.macapa-vera%cc%83o-7

O Estado do Amapá é repleto de paisagens naturais, praias em rios, trilhas em matas, além de oferecer uma culinária rica, variada, com diferentes influências. O Estado abriga o maior parque nacional do país (Montanhas do Tumucumaque) e um dos maiores do mundo com quase 3,9 milhões de hectares. Na única capital cortada pela linha do Equador e à margem do Rio Amazonas, Macapá possui vários atrativos que fazem dela especial: o Marco Zero do Equador, onde há o obelisco para a observação do Equinócio, fenômeno que marca a mudança de estações. Também há a Fortaleza de São José de Macapá, construída em 1782 para proteger a cidade de invasões.

A Vila do Curiaú, localizada a oito quilômetros da cidade, revela a história de remanescentes quilombolas, além da bela paisagem natural e riquezas da fauna e da flora. Para quem procura praia, os balneários de Araxá e Fazendinha são os destaques, além de oferecerem várias opções gastronômicas em restaurantes à beira do rio, com destaque para pratos com camarão e peixes, preparados de diversas maneiras. Outro ponto forte na capital são as manifestações culturais, que misturam sabedoria popular e valores históricos e culturais, sendo o Marabaixo, com seu ciclo anual, o mais conhecido, com tocadores de caixa e dançadeiras vestidas a caráter com saias rodadas.

 

Texto por: Agência com edição Eliria Buso

Fotos: Divulgação

Comentários