logo

Telefone: (11) 3024-9500

Volta ao Mundo de Trem: uma jornada inesquecível | Qual Viagem Logo

trem-transiberiano-lago-baikal-1

Volta ao Mundo de Trem: uma jornada inesquecível

1 de fevereiro de 2018

Dar a volta ao mundo está na lista de desejos de muitos viajantes. Para quem busca viver essa experiência inesquecível, o Grupo TT Travel (especialista em viagens de trem) organiza um roteiro exclusivo transcontinental que atravessa o hemisfério norte do globo com um grande diferencial: 21 mil km são percorridos sobre trilhos. É a “Volta ao Mundo de Trem”, cuja edição desse ano acaba de ser divulgada.

Foto por Divulgação / Grupo TT Travel

Foto por Divulgação / Grupo TT Travel

Com apenas uma saída anual, o roteiro de 2018 vai da América do Norte à Europa, passando pela Ásia, com saída no dia 08 de setembro em Chicago (Estados Unidos) e parada final em Estocolmo (Suécia). A viagem dura um total de 28 dias e compreende seis trens diferentes, dois trechos aéreos e um ferry, além de paradas em 17 cidades. É a oportunidade de ver de perto, em um único roteiro, paisagens como as Montanhas Rochosas, a Grande Muralha da China, o Deserto de Gobi, o Lago Baikal, a Sibéria e muito mais.

Foto por Divulgação / Grupo TT Travel

Foto por Divulgação / Grupo TT Travel

“É uma viagem diferente de todas que existem hoje”, conta Pablo Bernhard, CEO da Trains & Tours. Ele afirma também que uma viagem de trem é única, porque começa quando você entra no vagão, não quando chega ao destino – o trem é mais do que um mero meio de transporte. Além disso, as paisagens que passam pela janela mudam a cada momento e você tem a oportunidade de conhecer as culturas locais pelo caminho.

Foto por Divulgação / Grupo TT Travel

Foto por Divulgação / Grupo TT Travel / Rail Europe

Por isso, a “Volta ao Mundo de Trem” é perfeita para os turistas que querem ter uma experiência diferenciada e que, é claro, gostem de viajar sobre trilhos.

A viagem

Foto por Divulgação / Grupo TT Travel

Foto por Divulgação / Grupo TT Travel

O roteiro começa em Chicago, com pernoite e jantar em um restaurante panorâmico. Depois de passeio na cidade, o grupo embarca no trem California Zephyr, onde passará a noite, até Salt Lake City. Pelo caminho, é possível admirar as Montanhas Rochosas e parques nacionais no estado de Utah.

Foto por Divulgação / Grupo TT Travel

Foto por Divulgação / Grupo TT Travel

No dia seguinte, está incluso voo até Calgary e traslado até Banff – ambos os destinos no Canadá. Depois de tarde e noite livres em Banff, o grupo segue no trem Rocky Mountaineer através das deslumbrantes Montanhas Rochosas canadenses, com parada em Kamloops e destino final em Vancouver, onde uma excursão nos arredores da cidade aguarda os passageiros.

Foto por iStock / zhaojiankang

Foto por iStock / zhaojiankang

Em voo da Air Canada, o grupo cruza o Oceano Pacífico até Pequim, na China. Por lá, serão dois dias de passeios guiados, incluindo visita à Grande Muralha e à Cidade Proibida. Em seguida, em trem privado chinês, a viagem continua até Erlian, ainda na China, mas já na fronteira com a Mongólia. Ali, acontece o embarque no trem Transiberiano, na mais famosa ferrovia do mundo.

Foto por iStock / jaturunp

Foto por iStock / jaturunp

Ao longo desse trecho, o trem atravessa o Deserto de Gobi até a parada e pernoite na capital da Mongólia, Ulan Bator. Também haverá a oportunidade de conhecer o Parque Nacional de Terelj, onde acontece uma recriação especial do Festival Nacional Mongol Naadam, com lutas, arco e flecha e outros espetáculos culturais. Depois, de volta ao Transiberiano, que leva até Ulan Ude. O dia seguinte é dedicado a desfrutar do Lago Baikal, o mais profundo lago de água doce do mundo – quem tiver coragem pode até dar um mergulho nele.

Foto por Divulgação / Grupo TT Travel

Foto por Divulgação / Grupo TT Travel

Na Rússia, o trem atravessa a Sibéria e os Montes Urais, fronteira natural entre a Europa e a Ásia. Há paradas para passeios nas cidades de Irkutsk, Novosibirsk, Ecaterimburgo e Kazan, com destino final em Moscou. Depois de dois dias de passeios em Moscou, o grupo embarca no trem de alta velocidade Sapsan, em uma viagem curta até São Petersburgo – quase dois dias inteiros estão reservados para conhecer essa bela cidade russa.

Foto por iStock / ZX-6R

Foto por iStock / ZX-6R

O último trem do roteiro é o Allegro, também de alta velocidade, que vai até Helsinque, na Finlândia. No final do dia seguinte, o grupo embarca no ferry Tallink Sijla Line, tradicional na Escandinávia, até o ponto final da volta ao mundo: Estocolmo, na Suécia, onde, no jantar de despedida, cada um recebe o certificado de que completou essa viagem tão especial.

O pacote

Vendido apenas integralmente, o pacote da “Volta ao Mundo de Trem” custa 27.900 euros por pessoa em acomodações duplas. Com exceção das passagens de ida até Chicago e de volta a partir de Estocolmo, tudo está incluso: 10 noites de acomodação a bordo dos trens, uma noite de acomodação no ferry, 15 noites de hospedagem em hotéis, 71 refeições, os trechos aéreos entre Salt Lake City e Calgary e entre Vancouver e Pequim, todos os city tours e visitas (com um guia local que fala português), além de um guia brasileiro que acompanha toda a viagem.

Cada um dos detalhes do pacote foi cuidadosamente selecionado. Os hotéis, por exemplo, são empreendimentos de luxo de redes como Hilton, Hyatt, Crowne Plaza e Sheraton, sempre muito bem localizados. As paradas, os passeios e até as refeições foram programadas para permitir uma imersão cultural em cada destino. O roteiro “Volta ao Mundo de Trem” tem vagas limitadas – no máximo 20 pessoas embarcam nessa jornada por ano.

Mais informações em: voltaaomundodetrem.com.br

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: Divulgação / Grupo TT Travel

Comentários