logo

Telefone: (11) 3024-9500

Viajala aponta tendências de destinos para 2020 | Qual Viagem Logo

Foto por Cristino Martins/ Agência Pará

Viajala aponta tendências de destinos para 2020

25 de outubro de 2019

Segundo pesquisa realizada pela Viajala, com base em cinquenta milhões de buscas de voos de trinta e dois milhões de usuários feitas na plataforma entre janeiro e setembro desse ano, no turismo nacional três destinos tiveram destaque. Florianópolis vem em terceiro lugar e tem um potencial de alta no final de 2019 e durante os primeiros meses de 2020, com turistas oriundos da América do Sul, principalmente pelos argentinos que passam a ter voos diretos partindo de Buenos Aires com a entrada da low cost Flybondi. Os voos também partirão de São Paulo e de outras capitais brasileiras, com tarifas mais convidativas para o destino.

A segunda posição ficou com Fortaleza (CE), que tem finalização de dos voos diretos internacionais, resultando já no primeiro semestre um aumento de 99% de turistas internacionais em comparação ao ano anterior. Fortaleza ainda registrou rara queda no preço médio dos bilhetes aéreos, com um decréscimo de 4% para voos saindo de São Paulo e Rio de Janeiro, e os que partem de Recife tiveram uma diminuição de 34% resultando em 55% de aumento nas buscas.

Santarém, no Pará, teve um aumento de 54% nas buscas da plataforma, por ser o aeroporto mais próximo de Alter do Chão. Esse é um destino que tende a “explodir” no próximo ano. A vila de seis mil habitantes recebeu em 2018, duzentos e trinta e sete mil turistas e segundo o “barômetro” da Viajala, a procura dos paulistas pelo destino subiu 90% no primeiro semestre e o preço dos voos teve queda de 2%, já para os cariocas a queda foi de 12% e a procura teve aumento de 200%. Mesmo com pouca infraestrutura hoteleira, Alter do Chão que é considerada a o Caribe Brasileiro, segundo o jornal inglês T he Guardian, tem atraído cada vez mais turistas que buscam destinos diferenciados, que possam oferecer beleza e experiências gastronômicas e de vivência.

Nos destinos internacionais as passagens no geral caíram 14,7% com destaque para Itália com decréscimo de 16% e Portugal com 22% e os mais procurados foram Portugal, Estados Unidos e Chile, onde a cidade do Porto surpreendeu com um aumento de busca de 80%.

O “barômetro” da Viajala traz dados importantes para o mercado, como a estatística do volume de viagens dos latinos americanos, que atingem ápice nos meses de janeiro e agosto e que no Brasil São Paulo e Rio de Janeiro continuam sendo os maiores centros de origem das viagens, tanto nacionais como internacionais, seguido por Brasília, Recife, Porto Alegre e Belo Horizonte, com destaque nas duas últimas para destinos internacionais.

Texto por: Patrícia de Campos

Foto por Cristino Martins/ Agência Pará

Comentários