logo

Telefone: (11) 3024-9500

Vejer de la Frontera: um charmoso bate-volta de Sevilha | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ kiko_jimenez

Vejer de la Frontera: um charmoso bate-volta de Sevilha

3 de abril de 2018

A região da Andaluzia, na Espanha, já nos revelou destinos incríveis como Sevilha, Málaga e Granada. Porém, a comunidade autônoma reúne diversas cidadezinhas cheias de charme e história. Exemplo disso é Vejer de la Frontera, situada na província de e Cádiz, a cerca de 160 quilômetros da capital andaluza.

Situada no topo da montanha, a 200 metros do nível do mar, a pequena cidade tem história de sobra. Conta-se que, desde os tempos da pré-história, o lugar já havia sido povoado. Além disso, teve ocupação romana e árabe, o que resultou em uma arquitetura que mescla essas duas culturas e, até hoje, pode ser observada no traçado de suas ruas ou em detalhes como as muralhas e o castelo.

Foto por istock/ kiko_jimenez

Foto por istock/ kiko_jimenez

E é justamente na arquitetura que a cidade tem uma de suas principais atrações: as tradicionais casinhas brancas. Vejer é, inclusive, considerada a porta de entrada para um roteiro maior pelos chamados Pueblos Blancos. Para quem não sabe, essa é uma tradição muito antiga que tem como finalidade combater o calor. E acaba se tornando o grande charme dessa região espanhola!

Destoando deste mar branco, o Castelo de Vejer, construção árabe do século X, fica na zona mais alta do vilarejo. O lugar é uma fortaleza de planta retangular que se destaca pelas suas altas torres de vigia, de onde se pode ter uma fantástica vista panorâmica de Vejer de la Frontera e dos seus arredores.

Foto por Istock/ adamico70

Foto por Istock/ adamico70

O castelo foi declarado como monumento nacional no ano de 1931 e fica na zona histórica de Vejer de la Frontera, uma das mais bonitas e melhor conservadas de toda a província. Ali, destacam-se as suas ruas estreitas e inclinadas com as suas casas caiadas e varandas cheias de flores. Entre os diferentes monumentos que se conservam dentro da sua zona histórica, destaca-se também a igreja paroquial do Divino Pastor.

A igreja foi construída sobre os restos de uma antiga mesquita Árabe. É um templo de planta basilical com três naves, sendo a central mais alta dos que as laterais. Foi construída durante o século XIV em estilo Gótico e foi ampliada mais tarde entre os séculos XV e XVI.

Foto por istock/ CaronB

Foto por istock/ CaronB

Outro monumento que chama a atenção dos visitantes é a imagem da Cobijada, uma mulher que cobre parte do seu rosto com um manto, deixando à vista unicamente o olho direito. A estátua representa uma tradição cristã do século XVI.

Coração da cidade, a Plaza de España reúne os principais serviços de Vejer. É perfeita para descansar e curtir todo o charme dos arredores em um dos  bares, restaurantes e hotéis que a cercam.

Foto por Istock/ CaronB

Foto por Istock/ CaronB

Por fim, uma dica: as ruas de Vejer de la Frontera são realmente estreitas, portanto, vale a pena deixar o carro estacionado e fazer um roteiro à pé pela cidade. Com um mapa em mãos e fôlego tomado, a paisagem é tão encantadora que você nem vai perceber as subidas e descidas – que são muitas!

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Istock/ kiko_jimenez

Comentários