logo

Telefone: (11) 3024-9500

Três passeios imperdíveis em Morretes | Qual Viagem Logo

img_9991

Três passeios imperdíveis em Morretes

18 de novembro de 2019

Morretes é um charmosa cidade do litoral do Paraná, localizada à aproximadamente 70km de Curitiba é cortada pelo Rio Nhundiaquara e cercada pela maior faixa contínua de Mata Atlântica do Brasil. Uma bela paisagem composta por rios, montanhas, coloridos pássaros e frondosas árvores que revestem as ruas e te convidam a fugir do cotidiano. A cidade preserva em suas construções o estilo colonial, em um cenário onde são erguidas com uma harmonia de tamanho para que moradores e visitantes se impressionem com a beleza natural da região.
De Curitiba, pode-se ir de carro pela BR-277 ou pela BR-116 (direção São Paulo) e seguir pela inusitada e histórica Estrada da Graciosa, um caminho de curvas onde paulatinamente você entrará em contato com a exuberante Mata Atlântica. A estrada data do século XIX foi declarada em 1993 como Reserva da Biosfera pela UNESCO devida a abundância preservada de flora e fauna. Outra opção de acesso é o trem da Serra Verde Express, uma experiência única em um trajeto de aproximadamente três horas e meia, rasgando a imponente e impressionante Serra do Mar.

1. Explore Morretes no Serra Verde Express

Foto por Natalia Bastos

Foto por Natalia Bastos

Comece o seu passeio submergido em vários tons de verde, viajando entre montanhas com a sensação de que você está voando. O histórico percurso de Curitiba a Morretes passa por mais de 40 pontes, 13 túneis e viadutos, onde além das belezas naturais da Serra do Mar, você pode ver as Represas de Caiguava ou a do Rio Ipiranga, o Santuário do Cadeado, o conjunto montanhoso do Marumbi e a Cascata Véu da Noiva!

Foto por Natalia Bastos

Foto por Natalia Bastos

A operadora Serra Verde Express, transporta cerca de 200 mil passageiros por ano, fomentando o turismo ferroviário do Paraná com um enfoque diferencial: o mundo petfriendly. É assim como integra os animais de estimação no primeiro vagão do país que oferece esta experiência no seu serviço. Os animais podem circular livremente sem necessidade de estar dentro da caixa de transporte, poltronas e caminhas feitas para eles. Para os passageiros, café da manhã ou da tarde e bebidas à vontade, para a companhia de quatro patas, lanchinho especial! Para quem não desejar viajar no vagão pet, existem outros vagões tematizados a disposição como a Litorina de Luxo.O valor do vagão pet é de R$ 235 e R$ 145 por criança sendo R$ 30 por pet (você deverá apresentar a carteira de vacinação em dia, autorização do veterinário e levar caixa para quem optar pelo retorno rodoviário). As tarifas mais económicas são a partir de R$ 26 mas não inclui guia nem serviço de abordo.

img_0342

Texto por Natalia Bastos

Mais informações www.serraverdeexpress.com.br/

2. A cidade de Morretes

Foto por Natalia Bastos

Foto por Natalia Bastos

Quando você finalmente desembarca na Estação de Trem de Morretes trás um passeio de tirar o fôlego e uma das maiores obras da engenharia ferroviária nacional, agora começa a sua experiência na histórica cidade cercada pela Serra do Mar. Dividida pelo rio Nhundiaquara, a Morretes é construída às margens deste, misteriosa, bela, cheia de charme e encanto. No centro você encontrará várias lojas com delicados produtos artesanais, mas é a cachaça o produto estrela do litoral do Paraná. Saborosas e artesanais, a cidade tem diversos alambiques onde você poderá degustar todo tipo de cachaças locais. Na maioria dos restaurantes você poderá experimentar o prato típico do litoral do Paraná, o Barreado. Cozido por aproximadamente doze horas em uma panela de barro fechada, consiste em carne bovina temperada com cebola, alho, bacon e outros temperos servidos com farinha de mandioca, banana e arroz. Também pode ser servido com frutos do mar, principalmente peixe e camarão. Pouco se sabe sobre a origem do barreado, mas dizem que foi inventado pelos tropeiros, que criaram este delicioso prato para as longas viagens pela Serra do Mar, já que mesmo preparado a muitos dias, não se deteriorava durante o percurso. Hoje em dia o curitibano quer degustar o barreado quentinho e servido na hora!

Foto via Istock/vbacarin

Fora a arquitetura colonial e as delícias culinárias, a região atrai montanhistas, alpinistas e caminhantes que querem aventurar-se em uma imersão mais profunda. Um dos mais famosos é o Caminho do Itupava uma trilha bem sinalizada com paisagens de tirar o fôlego.

3. Turismo holístico no Ekôa Park

Foto por Natalia Bastos

Foto por Natalia Bastos

Com quase dois anos de funcionamento e aberto ao público, o Ekôa Park é um parque ecológico com uma proposta única. Localizado em uma das áreas mais ricas em biodiversidade do mundo, a visita te aporta um olhar diferente através da preservada natureza, as trilhas temáticas, a arte e a importância da permacultura não só na construções da maioria das instalações se não como uma forma de divulgar, educar e conscientizar aos visitantes de que é possível habitar o planeta de forma mais sustentável. Aqueles que visitam o Ekôa Park tem a possibilidade de reconectar e se afastar do ritmo diário. Por meio das trilhas e as obras que se encontram no parque surge o questionamento do impacto que a nossa cotidianidade gera no meio ambiente e como nos relacionamos com a natureza. O parque conta com uma equipe de profissionais que farão que o seu passeio seja ainda mais completo. Nas trilhas, acompanhado das explicações da bióloga, você pode entender os processos sociais e culturais por meio da observação das espécies que se encontram na mata, de como elas coabitam e da importância que cada uma tem, mesmo cumprindo funções diferenciadas.

img_0147

Foto por Natalia Bastos

São 238 hectares de natureza pura e preservada, atividades de aventura para todas as idades (arvorismo, tirolesa e voo cativo de balão com opção de descer de rapel) e três trilhas dentro do parque em meio à Mata Atlântica. A Trilha do Peabiru é uma das mais especiais, com 1.190 metros de extensão, bem sinalizada e com painéis translúcidos onde você poderá conhecer um pouco mais sobre o histórico caminho do Peabiru, a travessia transoceânica que os indígenas faziam entre o Brasil e o Peru. No caminho, só uma pequena subida pode apresentar uma leve dificuldade, mas tem uma corda que serve como apoio para realizá-la.

img_0025

Foto por Natalia Bastos

Em seu compromisso com o meio ambiente, a área batizada de Tekôa reúne espaços e atividades sustentáveis, um bom exemplo de como um empreendimento reduz o impacto ambiental e é capaz de transformar os “resíduos” em novas fontes de energia e matéria prima. O local é todo dedicado à educação ambiental, sendo que os visitantes podem participar de oficinas sobre tecnologias sustentáveis, técnicas construtivas de baixo impacto e plantio de alimentos. No Tekôa, há uma horta cultivada no sistema agroflorestal e até uma construção feita com bambu, paredes sem o uso de cimento e materiais recicláveis.

img_9931

Foto por Natalia Bastos

O Ekôa Park está em uma área bem ampla onde o verde é a cor predominante. Para todos os visitantes é oferecida uma estrutura completa com acessibilidade. Há também o restaurante Oka, que serve um bufê de opções saudáveis e pratos locais (como o típico barreado), com o uso de ingredientes orgânicos e de produção local. Sob a sombra das árvores, é possível relaxar no redário. Já as crianças podem se divertir no playground do parque. A refeição é por quilo com valor de R$ 79,90.

Quando ir
Sábados, domingos e feriados, das 9h às 17h. Nos outros dias da semana, é possível locar o espaço para treinamentos, eventos corporativos e visitas escolares.

Como chegar
Para o trajeto entre Curitiba e Morretes, você pode seguir de carro pela BR-277 ou pela BR-116 e Estrada da Graciosa. Ou então ir de ônibus com a Viação Graciosa ou de trem pela Serra Verde Express. O Ekôa Park fica na Estrada da Graciosa, km 18,5, em Morretes (PR).

Ingressos
A partir de R$ 60,00 para acesso de um dia ao parque (crianças de até três anos não pagam, estudantes e idosos pagam meia). Esse valor inclui acesso a todas as trilhas, ao observatório de aves, às oficinas, ao Tekôa e à projeção 180°. As atividades de aventura são cobradas à parte, com os valores a seguir: Pacote Aventura (tirolesa/arvorismo/bolha humana) R$ 90,00; voo de balão cativo R$ 90,00; voo de balão com descida de rapel R$ 120,00; arvorismo R$ 40,00; tirolesa R$ 30,00.
Refeições no restaurante Oka também são cobradas à parte.

Mais informações em: www.ekoapark.com.br

Onde dormir
Indicamos a Pousada Itupava localizada na Estr. do Itupava, s/n – Parque Breckenfeld, Morretes – PR, 83350-000.
Mais informações: (41) 3462-1925

 

Texto por Cláudio Oliva e Natalia Bastos, fotos por Natalia Bastos.
Os jornalistas viajaram a convite do Ekôa Park e da Serra Verde Express.

Comentários