logo

Telefone: (11) 3024-9500

Serra Gaúcha tem magia do Natal e paisagens europeias | Qual Viagem Logo

Foto por Sérgio Azevedo

Serra Gaúcha tem magia do Natal e paisagens europeias

2 de dezembro de 2015

Desde os primeiros tempos de ocupação europeia, o Rio Grande do Sul foi palco de disputas militares pela posse das terras do Rio do Prata. Às missões jesuíticas e à chegada dos paulistas se atribui a introdução da pecuária, isso em meados do século XVII, com a criação de bovinos. A agricultura e a diversificação da pecuária só se deram no século XIX, com a chegada de alemães (1824) e italianos (1875). Com a economia baseada nas pequenas propriedades familiares, foi possível preservar traços culturais característicos desses povos, presentes desde então na cultura gaúcha.

As cidades de Gramado, Canela e Caxias do Sul formam o tripé mais importante desse roteiro que agrada a adultos e crianças e que retrata cenários europeus em pleno sul do Brasil. Rodando pouco mais de 100 km a partir da capital Porto Alegre, quem vai de avião precisa ir até a capital gaúcha ou a Caxias do Sul, e depois seguir de ônibus, carro ou contratar uma empresa de receptivo. Várias operadoras realizam também roteiros rodoviários até essa bela região.

Quem vai de carro encontra várias opções de trajeto, entre elas a Rota do Sol, que liga o litoral à Serra Gaúcha e que possui alguns mirantes na beira da estrada com uma bela vista panorâmica. A melhor forma de se deslocar pelas cidades para conhecer as atrações turísticas é de carro. É muito fácil dirigir por lá, as vias são bem sinalizadas e as atrações turísticas são próximas umas das outras. Vale a pena incluir dois dias a cidade de Porto Alegre, que reúne bons parques, centros culturais, ótima gastronomia e vida noturna. Aproveite a boa programação cultural da Usina do Gasômetro ou um agradável passeio de barco pelo Rio Guaíba, parando na praia de Ipanema para apreciar o por do sol mais impressionante do país.

Depois de explorar as delícias de Porto Alegre, o turista, chegando à serra, pode iniciar o roteiro num passeio a pé e sem pressa pelo centro de Gramado. O ponto de partida pode ser a Praça Major Nicoletti, onde fica o Centro de Informações Turísticas, um bom local para pegar mapas turísticos da região e dicas de última hora, além de reunir várias lojinhas, centros comerciais, cafés, casas de chocolate e restaurantes. As calçadas são largas e excelentes opções para realizar caminhadas. Visite o Palácio dos Festivais, a Igreja Matriz de São Pedro e a Fonte dos Desejos, a Rótula das Bandeiras, onde há uma grande estátua do Kikito – personagem que representa o maior festival do cinema brasileiro, assim como conhecer o Lago Joaquina Rita. E bem pertinho dali fica a famosa atração Mini Mundo, uma pequena cidade em miniatura, com a reprodução reduzida de vários castelos, palácios, estações de trem e construções medievais. Pesquise as dezenas de lojas de malhas e moda outono- inverno, que nessa época costumam praticar preços bem convidativos. A Rua Coberta é uma bela galeria que reúne lojas e restaurantes charmosos, para um interessante passeio noturno.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

O final dia pode terminar com uma agradável visita no Lago Negro, que fica um pouco mais afastado do centrinho de Gramado. Lá é possível andar de pedalinho ou caminhar pela pequena alameda de terra batida.

Gramado é refúgio de casais e famílias, e oferece cenários de cinema numa arquitetura inspirada na Bavária.

Canela  FOTO SÉRGIO AZEVEDO

Foto por Sérgio Azevedo

No dia seguinte não deixe de ir à Canela. Colada em Gramado, comece seu roteiro pela Avenida das Hortênsias, que possui várias atrações, entre elas o Mirante do Belvedere, para fotografar a vista panorâmica do vale. Experimente também informar-se sobre os cafés coloniais que são imperdíveis.

Canela reúne várias atrações naturais, a maior atração é a Cascata do Caracol. Há duas formas de vê-la: a partir do Parque do Caracol, ou a partir dos bondinhos fechados do Parque da Serra, que permite ver a cascata de outro ângulo e apreciar a abundante natureza local.

Catedral Canela FOTO RICARDO VARELA

Foto por Ricardo Varela

Saindo da Cascata do Caracol você pode atravessar a cidade para conhecer o Alpen Park, um parque de diversões com direito a montanha- -russa, tirolesas, trenó de montanha, cinema 4D, arvorismo, quadriciclos, mirante com vista para o vale, e vários outros atrativos. Outro local que merece ser visto é a Matriz de Nossa Senhora de Lourdes. A imponente construção é conhecida como Catedral de Pedra. Erguida em estilo gótico inglês tem uma torre de 65 m de altura e um carrilhão com 12 sinos. À noite, luzes coloridas iluminam a fachada.

O Mundo a Vapor é um museu interativo que oferece réplicas perfeitas das máquinas do período da revolução industrial. O relógio a vapor de Vancouver, Canadá, é uma das principais peças expostas. Para as crianças vale visitar o parque temático Terra Mágica Florybal – um mundo mágico com personagens folclóricos e místicos como duendes, feiticeiras e gigantes. Há restaurantes, salas de jogos e tirolesa.

Existem outras interessantes atrações mais distantes do centrinho de Gramado: o zoológico, visita em vinícolas, o parque da neve e o museu de cera.

Gramado Zoo é o único zoológico do país dedicado apenas a animais que pertencem à fauna brasileira, como araras, tucanos, papagaios, onça-pintada, puma, macaco-prego, anta, jacaré, além de diversos pássaros. O Zoo está há 7 km de Gramado, às margens da rodovia RS-115.

Uma visita na Vinícola Ravanello é um bom programa para os apreciadores de vinho. Através de um passeio guiado na propriedade o visitante passa pelo processo de produção, inclui degustação de três diferentes vinhos. A vinícola fica a cerca de 6 km do centro de Gramado, às margens da rodovia RS-235, em frente ao Snowland.

Foto por viajocomfilhos.com

Foto por viajocomfilhos.com

O Snowland é um parque de neve indoor e já se tornou umas das principais atrações turísticas da serra. O local possui uma grande estrutura, com lojas, cafés, restaurante e várias atrações para brincar, entre elas uma pista de patinação no gelo e uma montanha de neve artificial, onde é possível esquiar e praticar snowboard.

O Museu de Cera Dreamland é o primeiro do gênero da América Latina. Quase três dezenas de cenários temáticos exibem esculturas de 90 personalidades – algumas chegam próximas à perfeição. Ronald Reagan, Barak Obama, John Keneddy e até o polêmico ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, são alguns dos destaques.

Já o Museu Harley Davidson foi inspirado nos bares de Las Vegas, abriga mais de 20 motos da famosa marca. Seus banheiros são temáticos e às sextas e sábados funciona uma animado bar musical.

Onde ficar

Em Gramado

Hotel Pousada Kaster – hotelpousadakaster.com.br

Wish Serrano Resort & Convention – wishserrano.com.br

Em Canela

Pousada Cravo e Canela – pousadacravoecanela.com.br

Pousada Aldeia dos Sonhos – pousadaaldeiadossonhos.com.br

Em Nova Petrópolis

Hotel Berghaus – hotelberghaus.com.br

Pousada Camponesa – pousadacamponesa.com.br

Em Porto Alegre

Ibis Style – accorhotels.com

Lagueto Viverone Moinhos – hotellaghettomoinhos.com.br

Em Flores da Cunha

Tri Hotel – trihoteis.com/flores

Hotel Fiório – hotelfiorio.com.br

Em Caxias do Sul

Intercity Premium – intercityhoteis.com.br

Personal Royal – personalroyal.com.br

Pacotes Turísticos

CVC – cvc.com.br

POMPTUR – pomptur.com.br

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto por Sérgio Azevedo

Comentários