logo

Telefone: (11) 3024-9500

Salta e Jujuy esperam receber cada vez mais brasileiros | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ Skouatroulio

Salta e Jujuy esperam receber cada vez mais brasileiros

1 de outubro de 2019

A região do Norte da Argentina, que abriga as cidades de Salta e Jujuy, faz parte de um roteiro cada vez mais visitado pelos viajantes brasileiros. Nos últimos anos, os turistas saídos do Brasil representaram 10% do total de estrangeiros que chegam ao destino, sendo a terceira nacionalidade mais presente nessa região – atrás apenas de franceses e chilenos.

Entre os principais motivos desse claro crescimento estão: o câmbio favorável, já que o país vizinho está economicamente competitivo ao real, e as inúmeras atrações culturais e naturais que essa região oferece.

Salta, por exemplo, possui alguns dos vinhedos mais altos do mundo, cujas bebidas produzidas são exportadas e reconhecidas internacionalmente. Assim como uma rica gastronomia, com destaque para as empanadas – consideradas as melhores do país.

E Jujuy, com suas montanhas multicoloridas e quatro bioclimas, com desertos, selvas e rios, assim como rotas incas, salinas e termas, que encanta os apaixonados por ecoturismo.

Na última semana, participaram da 47ª Abav Expo as representantes dos destinos Nadia Loza, diretora Executiva da Inprotur Salta e Carolina Cox, representante da Associação de Hotéis de Turismo de Jujuy. Segundo elas, a região turística é ideal para quem já conhece os destinos mais badalados da Argentina, como a capital e Bariloche.

“No Norte da Argentina temos pessoas muito amáveis e uma cultura muito rica. Além disso, nós temos um produto muito preparado para os turistas. Por isso, acreditamos que temos grande potencial de receber cada vez mais brasileiros que vão até a capital e, de lá, escolhem um roteiro para conhecer a região de Salta e Jujuy”, afirmou Nadia Loza.

A região ainda não possui voos diretos do Brasil, porém, recentemente, Jujuy lançou um novo aeroporto, com maior capacidade aérea e espera receber mais trechos vindos de Buenos Aires e outras conexões regionais.

Texto por: Eliria Buso

Foto por Istock/ Skouatroulio

Comentários