logo

Telefone: (11) 3024-9500

Roteiro: 48 horas em Liverpool | Qual Viagem Logo

The Three Graces comprise the Liver Building, the Cunard and Port Authority

Roteiro: 48 horas em Liverpool

16 de julho de 2018

Cidade no noroeste da Inglaterra, Liverpool vive um ano inteiro de celebrações culturais em 2018, para marcar os dez anos de quando recebeu o título de Capital Europeia da Cultura, em 2008. Com mais museus e galerias do que qualquer outra cidade no Reino Unido além de Londres, Liverpool tem uma reputação mundial de centro cultural, sobretudo musicalmente, já que é a cidade dos Beatles. A apenas duas horas de trem de Londres e a meia hora do aeroporto de Manchester, Liverpool tem um amplo legado cultural e está sempre evoluindo. Saiba o que fazer por lá em um roteiro de dois dias.

DIA 1

Descubra maravilhas mundiais

Foto por iStock / CaronB

Foto por iStock / CaronB

Vá até a William Brown Street, no coração da cidade, para conhecer o World Museum, um tesouro sobre a vida, as ciências da terra e a cultura humana. O local vale ser explorado a qualquer momento, mas de agora até outubro de 2018 há também a possibilidade de ver os Guerreiros de Terracota da tumba do primeiro imperador da China. É a primeira vez em mais de dez anos que eles são exibidos no Reino Unido. Abrangendo quase 1.000 anos de história da China, a exposição inclui artefatos que datam dos séculos VIII a.C. a II d.C..

Passeie em meio à arte inspiradora

Uma das grandes vantagens de Liverpool é a facilidade de passear entre diferentes centros culturais. É possível ir à Walker Art Gallery andando apenas alguns minutos ao sair do World Museum. Aqui, você pode mergulhar num mundo de escultura, pintura e arte decorativa que datam do século XIII até os dias atuais.

Prove a gastronomia local

Uma agradável caminhada de vinte minutos saindo da galeria pode levar a um dos muitos restaurantes independentes do bairro boêmio de Rope Walks, uma área repleta de arte, música e cultura, e a instituições culturais tais como a FACT (Foundation for Art and Creative Technology). Você pode também ir além e conhecer outro ponto cultural importante da cidade, o Georgian Quarter, onde fica The Art School Restaurant. Situado na sala das lanternas de um edifício vitoriano, o restaurante é comandado pelo chef Paulo Askew, que produz menus fixos e de degustação utilizando ingredientes sazonais para onívoros, pescetarianos, vegetarianos e veganos.

Explore um tesouro gótico

Foto por iStock / DavidCPhotography

Foto por iStock / DavidCPhotography

Um dos maiores edifícios do mundo é, sem dúvida, a Liverpool Cathedral, uma magnífica criação arquitetônica que possui os mais altos e mais largos arcos góticos do mundo, uma das maiores torres góticas (é possível escalá-la para ter uma vista panorâmica da cidade) e uma escultura da celebrada artista contemporânea Tracey Emin.

Prove bebidas de produção local

Se sua bebida favorita é cerveja ou gin, vá para o H1780, que fica no quarteirão digital e criativo da cidade, o Baltic Triangle. Trata-se de uma cervejaria e destilaria que produz as cervejas Love Lane e o gin The Ginsmiths of Liverpool. O bar irá lançar em breve The Ginsmiths Experience, com tours de cerveja e chás da tarde com gin. Seja um dos primeiros a experimentá-los!

Jantar em um hub criativo

Siga para o coração cultural de Liverpool para o Upstairs at the Bluecoat, o hub criativo da cidade que exibe os talentos em arte visual, música, dança, arte performática e literatura. Seus restaurantes têm ótimas vistas da cidade, paredes decoradas com arte da região e um cardápio criado com produtos de origem local.

Dançar a noite toda

Foto por iStock / CaronB

Foto por iStock / CaronB

Você não pode ir para Liverpool e não entrar em um de seus mais importantes marcos para uma noite memorável: The Cavern Club. O local onde os Beatles começaram não só apresenta o legado da banda como também é palco para novos artistas.

DIA 2

Maravilhe-se com a arte contemporânea

Foto por iStock / CaronB

Foto por iStock / CaronB

Vá até o Albert Dock, Patrimônio Mundial da UNESCO, lar da impressionante galeria Tate Liverpool, um paraíso de arte moderna e contemporânea que celebra seu 30º aniversário neste ano. Visite até o final de setembro para apreciar as obras de Egon Schiele, o discípulo radical de Gustav Klimt, juntamente com as fotografias de Francesca Woodman.

Em 2018, a Bienal de Liverpool, um festival de renome internacional de arte contemporânea, retorna à cidade. O evento acontece entre 14 de julho e 28 de outubro e é intitulado “Beautiful World, Where Are You?”. A cada dois anos, os lugares públicos da cidade, prédios não utilizados e galerias abrigam uma provocativa amostra da arte contemporânea. Fundada em 1998, a bienal já encomendou 305 novas obras de arte e apresentou trabalhos de mais de 450 artistas de todo o mundo, tornando-se uma atração imperdível numa visita a Liverpool.

Descobrir tudo sobre os Beatles

Foto por iStock / CaronB

Foto por iStock / CaronB

No Albert Dock também fica The Beatles Story, a maior exposição permanente dedicada ao Quarteto de Liverpool. Neste ano, o local exibe uma exposição especial em celebração dos 50 anos da viagem da banda à Rishikesh, na Índia.

Desfrute o verdadeiro sabor da cultura britânica

É possível se deliciar com pratos de peixe e batatas fritas (o famoso “fish & chips”) no Docklands Fish and Chip Restaurant, apreciando a vista para o Rio Mersey e o horizonte belíssimo do local. Não se esqueça de experimentar os mushy peas (um tipo de purê de ervilhas) como acompanhamento!

Voltar no tempo

Foto por iStock / John Longley

Foto por iStock / John Longley

Uma viagem curta de trem ou ferry para Wirral leva até a encantadora vila de Port Sunlight, outrora o lar dos fabricantes de sabão Sunlight Soap e Lever Brothers e um endereço sem igual na cultura de Liverpool. Uma forma divertida de passear por ali é de bicicleta. Alugue uma assim que chegar e saia explorando os chalés estilosos (construídos 130 anos atrás para os funcionários da empresa) e as trilhas da vila, até chegar ao Village Museum. Reserve um tempo para visitar a Lady Lever Art Gallery, uma coleção pessoal de arte clássica e decorativa do industrial e filantropo Lord Leverhulme.

Jante no pub mais decorado da Inglaterra

Foto por iStock / PurpleImages

Foto por iStock / PurpleImages

Descrito como “o mais pub ornamentado na Inglaterra”, o fabuloso Philharmonic Dining Roomsé um dos restaurantes mais próximos da Liverpool Philharmonic Hall e é um ótimo lugar para pedir alguma comida britânica tradicional (pense em saborosas tortas e salsichas suculentas) antes de uma performance da Royal Liverpool Philharmonic Orchestra. Ele é famoso pelo ambiente requintado: os banheiros masculinos são inclusive tombados pelo patrimônio – as mulheres podem pedir para dar uma olhada!

Reserve uma noite no teatro

Você gosta de peças e musicais? É possível assistir a espetáculos que vieram diretamente do West End de Londres, já que a cidade tem o segundo maior teatro da Inglaterra, o Liverpool Empire, ou desfrutar de comédias e musicais no Royal Court Theatre. Como alternativa, as obras mais provocadoras são encenadas no Everyman and Playhouse Theatres, que traz peças como Othello e Laranja Mecânica.

Mais informações em: visitbritain.com

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / GordonBellPhotography

Comentários