logo

Telefone: (11) 3024-9500

Rica arquitetura forma a paisagem de Gent, na Bélgica | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ Freeartist

Rica arquitetura forma a paisagem de Gent, na Bélgica

10 de maio de 2017

A Pérola dos Flandres. O que esperar de um destino com esse título? A cidadezinha belga de Gent (ou Gante) é menos badalada do que sua ilustre vizinha Bruges. Mas nem um quilômetro menos charmosa. Considerada a terceira maior cidade da Bélgica, guarda um passado próspero – que pode ser observado principalmente em sua preservada arquitetura – e um presente jovem e alegre.

Foto por Istock/ Lakitos

Foto por Istock/ Lakitos

Conta-se que Gent foi uma das cidades mais importantes de toda a Europa, abrigando a primeira zona industrial da região norte. O lugar representava grande desenvolvimento comercial e de produção até ao século XIII. Passado um período de grande declínio, hoje a cidade guarda em sua arquitetura grandes resquícios dos áureos tempos e vem, dia a dia, provando sua importância portuária e universitária.

Como está situada entre Bruxelas e Bruges, a cidade vale um roteiro de dois dias, ou talvez um final de semana, para conhecer todas as suas belas paisagens e atrações.

Foto por Istock/ Rostislavv

Foto por Istock/ Rostislavv

Para conhecer ao máximo as maravilhas da arquitetura local a dica é caminhar pelo centro. Apesar de pequeno, o lugar está recheado de edifícios medievais e pontos turísticos interessantes. Não deixe de visitar a Praça Sint Veerplein, que reúne diversas casas históricas e é o point ideal para uma cerveja de fim de tarde; o Castelo dos Condes, ou Gravensteen, uma típica fortaleza medieval que oferece uma perspectiva fascinante sobre as armas, a cultura e o passado dramático da região; a catedral gótica de St-Baafskathedraal, o campanário (Belfort), com sua torre do século XIV e a Igreja de Sint Niklaaskerk.

Foto por Istock/ Kisa_Markiza

Foto por Istock/ Kisa_Markiza

Para conhecer as atrações de Gent por outros ângulos vale fazer um passeio de barco por seus canais. A cidade é cortada pelo rio Lis e por inúmeros canais, portanto, esses passeios são ótimos para admirar o cenário. Os roteiros pelas águas costumam sair dos canais Graslei e Kranleei e incluem guias contando a história do destino.

Foto por Istock/ Kisa_Markiza

Foto por Istock/ Kisa_Markiza

Agora se a ideia é ter a melhor vista da cidade, a ponte Grasbrug é o lugar. A ponte de madeira antiga fica bem próxima do museu de design da cidade e é um ótimo lugar para fotografar.

Se você está viajando por Gent de outra maneira que não de trem, vale visitar também a Estação Gent-St-Pieters, construída em 1913. O espaço chama a atenção por sua arquitetura, desenhada por Louis Clocquet, que conta com torre do relógio e decoração interna no estilo mourisco.

E quem pensa que a cidade se resume a arquitetura histórica muito se engana. Contrastando com as suntuosas construções, Gent conta com descolados grafites que colorem ainda mais sua paisagem. A Werregarensteeg, ou rua dos grafites, abriga pinturas modernas de artistas locais. Vale uma caminhada pelo “Beco do Batman da Bélgica”!

Foto por Istock/ fotofritz16

Foto por Istock/ fotofritz16

Com público jovem, principalmente por conta de suas universidades, Gent é palco de festivais de artes e cinema, que agitam suas ruas e canais. O maior deles é o Festival de Gent, que ocorre anualmente em julho, e chega a receber até 1,5 milhão de visitantes.

Como chegar

Gent pode ser facilmente acessada de trem, carro ou ônibus partindo tanto de Bruxelas, quanto de Bruges. A cidade fica a menos de 60 quilômetros da capital, e é bem servida de estações de trem (são 3). O trecho costuma ser feito em 30 minutos.

Onde ficar

O que comer

Foto por Istock/ ALLEKO

Foto por Istock/ ALLEKO

Além das tradicionais cervejas e chocolates belgas, em Gent você pode experimentar pratos como mexilhão com batatas fritas, o Waterzooi – um ensopado de frango com legumes e creme de leite – e os docinhos de beterraba que você vai encontrar por toda a cidade.

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Istock/ Freeartist

Comentários