logo

Telefone: (11) 3024-9500

Preço médio de passagens aumenta após cancelamento de voos da Avianca | Qual Viagem Logo

Hand luggage at the airport in front of an airplane

Preço médio de passagens aumenta após cancelamento de voos da Avianca

3 de maio de 2019

A companhia aérea Avianca vem implementando um calendário de devoluções de aeronaves e cancelamentos de voos. O KAYAK, maior ferramenta de planejamento de viagens do mundo, fez uma comparação entre as buscas por passagens nas rotas nacionais operadas pela Avianca antes e depois do anúncio dos primeiros cancelamentos e identificou um aumento de 14% nos preços médios das demais companhias.

Variação de preços médios de passagens aéreas em rotas nacionais operadas pela Avianca:

Preço médio 15 dias antes dos cancelamentos: R$ 630

Preço médio 15 dias após os cancelamentos: R$ 717,60

Variação: + 14%

“Com os cancelamentos, a oferta de voos nacionais diminui e os preços aumentam. É a lei da oferta e da demanda. Além disso, o volume total de buscas no KAYAK aumentou 40% após o anúncio dos primeiros cancelamentos, o que sugere uma maior preocupação dos brasileiros com o planejamento de suas viagens”, afirma Eduardo Fleury, Líder de Operações do KAYAK no Brasil.

O levantamento também revela os 10 destinos para os quais as passagens tiveram mais aumento de preços médios:

1. Brasília: + 70%

2. Petrolina: + 24%

3. Vitória da Conquista: + 17%

4. Goiânia: + 16%

5. Campo Grande: + 15%

6. Maringá: + 14%

7. Ribeirão Preto: + 12%

8. Maceió: + 11%

9. Foz do Iguaçu: + 11%

10. Aracaju: + 11%

Metodologia: A pesquisa foi feita no dia 02/05/2019 na base de dados do KAYAK, comparando as passagens de ida e volta na classe econômica em rotas nacionais operadas pela Avianca pesquisadas entre 29/03/2019 e 12/04/2019 (15 dias antes do anúncio dos primeiros cancelamentos de voos da Avianca) com as pesquisadas de 13/04/2019 a 28/04/2019 (quinze dias após o anúncio dos primeiros cancelamentos de voos da Avianca), para viagens de 15/05/2019 a 31/12/2019.

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / Ralf Geithe

Comentários