logo

Telefone: (11) 3024-9500

Portillo: um paraíso de neve e esqui nos Andes | Qual Viagem Logo

esqui-7-liam-doran_divulgacao-portillo

Portillo: um paraíso de neve e esqui nos Andes

10 de outubro de 2018

Localizado em meio a um cenário repleto de belezas naturais, conheça o centro de esqui mais exclusivo do Chile. A temporada de inverno de 2018 já está no fim, mas já dá para começar a pensar e a planejar sua viagem de esqui para o ano que vem. Confira!

Logo ao acordar, a paisagem que você verá da janela do seu quarto será privilegiada: um panorama deslumbrante das montanhas nevadas dos Andes em toda sua grandeza. Esse paraíso de inverno encravado em plena cordilheira é Portillo, centro de esqui localizado a 2.880 metros de altitude no Chile, perto da fronteira com a Argentina e a 140 km de Santiago.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Isolado de centros urbanos, o local foi feito para você se desconectar. Bem exclusivo, tem capacidade total para apenas 450 hóspedes – ou seja, nada de filas ou aglomerações. Portillo é tradicionalmente assim mesmo, bem intimista e acolhedor, com serviços de ótima qualidade e uma equipe de funcionários simpáticos e atentos, que logo no segundo dia já vão até saber o seu nome.

Foto por Pia Vergara / Divulgação Portillo

Foto por Pia Vergara / Divulgação Portillo

As instalações são históricas, com a inauguração do Hotel Portillo em 1949, quando ainda pertencia ao governo chileno. Mesmo com tantos anos na bagagem, o design do hotel é moderno para a época de sua construção, com o prédio em formato curvo e sua icônica fachada amarela. Além disso, quartos e banheiros foram recentemente renovados. Os espaços comuns guardam um ar clássico e de puro aconchego, inspirados nas tradicionais cabanas de madeira das montanhas.

Foto por Liam Doran / Divulgação Portillo

Foto por Liam Doran / Divulgação Portillo

Já as pistas de esqui estão espalhadas no entorno do pequeno vale onde ficam o hotel e a Laguna del Inca, nas encostas de enormes montanhas cujos cumes chegam a mais de 4.000 metros acima do nível do mar. As ótimas condições de esqui de Portillo são reconhecidas internacionalmente, tanto que o empreendimento recebe turistas de todo o mundo e até equipes olímpicas de esqui de outros países. Em 1966, chegou a sediar o Campeonato Mundial de Esqui Alpino – o único já realizado na América do Sul.

Esqui e snowboard

O centro de esqui de Portillo funciona na temporada de inverno, que começa em meados de junho e dura de 15 a 16 semanas, até o começo de outubro. Nesse período, toda a paisagem está coberta por uma boa camada de neve branquinha. Mas não se preocupe com o frio – use roupas adequadas para as temperaturas negativas e aproveite os ambientes fechados, que possuem calefação.

Foto por ©Jonathan Selkowitz / SelkoPhoto / Divulgação Portillo

Foto por ©Jonathan Selkowitz / SelkoPhoto / Divulgação Portillo

Para ter uma experiência completa em Portillo, vale encarar o esqui ou o snowboard. Há 500 hectares de área esquiável e pistas de todos os tamanhos e níveis de dificuldade, das fáceis às avançadas, sendo que a maior delas tem quase 2,5 km de extensão. Mesmo quem nunca esquiou vai conseguir deslizar nas pistas para iniciantes logo nas primeiras tentativas. A adrenalina e a sensação de liberdade vão fazer você ficar apaixonado pelo esporte.

Foto por DMCphoto / Divulgação Portillo

Foto por DMCphoto / Divulgação Portillo

Portillo tem uma renomada escola de esqui, que oferece aulas privadas ou em grupo para todas as idades, sempre com acompanhamento de experientes instrutores, o que é perfeito para os principiantes. Há também um “kids camp” para crianças de quatro a seis anos. Aliás, os pequenos costumam ter ainda mais facilidade do que os adultos para aprender a esquiar.

Foto por Divulgação Portillo

Foto por Divulgação Portillo

Todos os equipamentos necessários para a prática de esqui e snowboard podem ser alugados em Portillo. Só não há aluguel de roupas – por isso, leve na mala blusas e calças térmicas estilo segunda pele, meias compridas, óculos de sol e gorro, além de casaco, luvas e calças impermeáveis. Vale destacar que o Hotel Portillo é ski-in/ski-out, ou seja, fica pertinho das pistas e dos teleféricos. É só colocar os equipamentos e já sair esquiando.

Hospedagem e après-ski

Entre quartos duplos com uma cama de casal ou duas de solteiro, suítes com varanda e apartamentos familiares, o Hotel Portillo tem acomodações confortáveis com frigobar, cofre e banheiro privativo. Os quartos só não têm TV, já que a ideia é aproveitar ao máximo todas as atividades disponíveis.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Além do Hotel Portillo, há ainda chalés de diferentes tamanhos e configurações, para uma estadia com mais privacidade, e duas opções de hospedagem mais econômicas. Uma delas é o Inca Lodge, que funciona como um hostel – cada quarto tem dois beliches e os banheiros são compartilhados. Já o Octagon Lodge é um meio-termo, com quartos um pouco maiores, dois beliches e banheiros privativos. Os hóspedes dos chalés e dos lodges podem desfrutar de todas as instalações do centro de esqui.

Quanto à gastronomia, o restaurante principal, dentro do Hotel Portillo, serve refeições elegantes, com pratos que valorizam os ingredientes locais e um menu especial para o almoço e o jantar que varia a cada dia, além dos melhores vinhos chilenos. Existe também um cardápio exclusivo para as crianças. Para os hóspedes do Inca Lodge, as refeições acontecem no restaurante self-service. No aconchegante bar, peça um drinque, como o famoso pisco sour, lanches e petiscos, enquanto curte uma boa música ao vivo.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Do lado de fora, entre uma descida e outra de esqui, é possível parar para um aperitivo ou uma bebida na cafeteria Ski Box ou no restaurante Tio Bob’s, que também funciona para almoço. Este último fica a quase 3.200 metros de altitude, com uma vista panorâmica incrível para Portillo e acesso por teleférico.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

O Hotel Portillo oferece uma estrutura completa, com academia, quadra poliesportiva, cinema, discoteca, loja de roupas de esqui e souvenirs, sala de jogos, parede de escalada, kids club com monitores e clínica médica. Vale muito a pena aproveitar a piscina e as banheiras de hidromassagem ao ar livre, todas aquecidas a mais de 30ºC. Não há nada melhor do que relaxar em águas quentinhas depois de um dia de esqui, com a neve e as montanhas à sua volta e o céu estrelado dos Andes acima.

Foto por Liam Doran / Divulgação Portillo

Foto por Liam Doran / Divulgação Portillo

Além do esqui e do snowboard, Portillo prepara todos os dias uma programação recheada de atividades para todas as faixas etárias. De exibição de filmes a aulas de ioga, jogos e descida de boia na neve (tubing), há sempre algo para fazer em Portillo.

Programas e tarifas

Na temporada de inverno, você pode optar por dois programas: Ski Week, com sete noites de hospedagem (de sábado a sábado), ou Mini Week, com estadia de três ou quatro noites (de quarta-feira a sábado ou de sábado a quarta). As Mini Weeks só estão disponíveis em algumas datas selecionadas.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

As tarifas no Hotel Portillo podem sair a partir de US$ 879 (Mini Week de três noites) e US$ 2.050 (Ski Week) por pessoa (apartamento familiar com um banheiro na baixa temporada) – preços referentes à temporada 2018. Crianças de até três anos não pagam e, para os que têm de quatro a 17 anos, a tarifa é mais barata.

Além da hospedagem, as tarifas incluem acesso ilimitado às pistas e aos meios de elevação, quatro refeições diárias (café da manhã, almoço, chá da tarde e jantar), wi-fi, atividades de lazer e acesso livre aos espaços comuns do hotel. São pagos separadamente o aluguel de equipamentos, as aulas de esqui e snowboard, os traslados de e para Santiago e as bebidas com ou sem álcool.

Para uma estadia ainda mais memorável, Portillo oferece algumas semanas temáticas com atrações especiais, como as Family Weeks, que são perfeitas para quem viaja com crianças, e a Wine Week, cuja programação inclui degustações de vinhos.

Foto por Liam Doran / Divulgação Portillo

Foto por Liam Doran / Divulgação Portillo

Ficha técnica – Portillo

Altitude (hotel): 2.880 metros

Ponto mais alto de esqui: 3.310 metros

Área esquiável: 500 hectares

Meios de elevação: 14

Pistas: 15% iniciante; 30% intermediário; 30% avançado; 25% expert

Média anual de queda de neve: 7,1 metros

Clima: seco / 80% de dias de sol por ano

Mais informações em: skiportillo.com

Texto por: Patrícia Chemin. A jornalista viajou a convite do centro de esqui Portillo e com a proteção do seguro viagem da GTA – Global Travel Assistance.

Foto destaque por: Liam Doran / Divulgação Portillo

Comentários