logo

Telefone: (11) 3024-9500

Passeio pelas tradições tirolesas em Piracicaba | Qual Viagem Logo

credito-divulgacao-bairro-santa-olimpia_piracicaba-1-5

Passeio pelas tradições tirolesas em Piracicaba

26 de setembro de 2016

Poucos sabem, mas na cidade de Piracicaba, a 150 km da capital paulista, os bairros vizinhos de Santa Olímpia e Santana abrigam uma colônia de imigrantes tiroleses. São descendentes de italianos vindos da região do Tirol, norte do país, no final do século XIX, que conservam fielmente as tradições de seus antepassados com muito orgulho. Visitar a Colônia Tirolesa de Piracicaba é como entrar em um vilarejo típico europeu.

credito-divulgacao-bairro-santa-olimpia_piracicaba-1

Foto por Divulgação

Todos os moradores, inclusive, aprendem o italiano tirolês desde pequenos. O sotaque é bem curioso, uma mistura de interior paulista com um dialeto italiano. Eles têm aquelas roupas tradicionais do Tirol e grupos folclóricos, cozinham pratos típicos, como a cucagna, a polenta e o grostöi, e, como todo bom italiano, são bons de papo e de festa.

dsc_0014

Foto por Patrícia Chemin

Fundados em 1892, os bairros de Santa Olímpia e Santana ficam a 30 minutos do centro de Piracicaba e têm pouco menos de dois mil moradores – um grupo formado por cerca de sete sobrenomes. Por isso, eles afirmam que são todos da família. E é assim que eles tratam cada visitante que chega por lá. Sentar na praça em frente à igreja e conversar com os moradores já é uma experiência em si.

credito-divulgacao-bairro-santa-olimpia_piracicaba-1

Foto por Divulgação

Muitos estabelecimentos comerciais desses bairros foram feitos com a intenção de preservar a cultura tirolesa local. Tudo é feito em comunidade e o turismo tem ajudado a conservar essas tradições. Na Pizzaria Nonno Giotti, o diferencial é a massa, receita adaptada do grostöi, um pastel da região do Tirol. O item mais pedido é a pizza de cucagna – prato típico que leva linguiça, bacon, queijo, tomate, ovo e cebola. De entrada, peça a polenta frita com queijo.

dsc_0026

Foto por Patrícia Chemin

Para a sobremesa, não deixe de ir ao Café Tirol. Muito agradável, o local possui uma decoração típica tirolesa e oferece diversos tipos de bebidas quentes, além de doces e produtos produzidos pela Colônia, como vinhos e compotas. Em breve, será inaugurada uma osteria e cervejaria em Santa Olímpia – no bairro é produzida a cerveja artesanal Stela Alpina.

credito-divulgacao-bairro-santa-olimpia_piracicaba-1-2

Foto por Divulgação

Os moradores criaram a Rota Tirolesa, um passeio que leva os turistas por diversos pontos do bairro e que faz com eles tenham um contato bem próximo com a vida local. Nessa visita guiada, é possível provar um delicioso café colonial, com pães, bolos, geleias e outros produtos caseiros, degustar o vinho e a cachaça produzidos nos bairros, visitar as parreiras, assistir a uma apresentação de dança folclórica e muito mais. Os organizadores recebem até dois grupos de 45 pessoas por dia, sob agendamento.

credito-divulgacao-bairro-santa-olimpia_piracicaba-1-4

Foto por Divulgação

Se puder, visite os bairros tiroleses na época das festas tradicionais, como a Festa do Vinho em Santana e a Festa da Polenta em Santa Olímpia.

Mais informações em: rotatirolesa.com.br

Texto por: Patrícia Chemin. A jornalista viajou para a região a convite do Conselho Regional de Turismo da Serra do Itaqueri.

Foto destaque por: Divulgação

Comentários