logo

Telefone: (11) 3024-9500

Passeio para observar as baleias em Porto Seguro | Qual Viagem Logo

Whale tail

Passeio para observar as baleias em Porto Seguro

14 de julho de 2016

A cidade de Porto Seguro (BA), além de ser uma das referências nacionais quando o assunto é sol e praia, apresenta atrativos naturais para os turistas. Um dos principais programas oferecidos pelo município é a Observação das Baleias Jubarte, cuja temporada tem início em julho, e se estende até meados de outubro.

Um dos maiores mamíferos do planeta, as baleias jubarte migram todos os anos das águas geladas da Antártica, onde se alimentam durante o verão, para o litoral baiano, onde se reproduzem durante o inverno. A espécie já foi intensamente caçada e teve sua população consideravelmente reduzida, mas, com o fim da caça, volta a se recuperar, saindo do estado de ameaça de extinção.

air view of porto seguro, bahia, brazil

Foto por iStock / casadaphoto

Segundo a bióloga Thaís Melo, da Cia. do Mar, que organiza os roteiros para observação das baleias em Porto Seguro, ainda não é possível precisar a quantidade de animais que migram para o litoral sul da Bahia todos os anos e nem quando esse movimento começou. “Com a proibição da caça em 1986, as baleias voltaram a ocupar algumas áreas, que inclui a Costa do Descobrimento”, explica Thaís.

A saída para observação das baleias começa com uma palestra que explica as condições do passeio, as características das baleias, o processo de migração e as dicas de navegação e segurança. O passeio é realizado em um barco tipo lancha e tem duração de pouco mais de 4h de navegação, sendo 1h30 para chegar ao local, 1h de observação e 1h30 para retornar.

Além de terem acesso a várias informações sobre o comportamento das baleias durante o passeio, os visitantes podem também contemplar o canto das mesmas usando o hidrofone, aparelho voltado para a captação dos áudios emitidos pelos animais marinhos.

Mais informações em: ciadomar.com

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / ShinOkamoto

Comentários