logo

Telefone: (11) 3024-9500

Oslo: vikings, museus e muito mais | Qual Viagem Logo

View of Oslo between city and typical nordic cottage

Oslo: vikings, museus e muito mais

12 de março de 2018

Na fronteira com a Rússia, Suécia e Finlândia fica a Noruega, que possui cidades lindas e ricas em história, principalmente sobre os vikings. É o país com o melhor IDH do mundo e foi considerado o lugar onde se tem mais pessoas felizes.

Oslo, situada nos fiordes noruegueses e interligada ao mar, é uma cidade relativamente pequena e pode não ser o principal ponto turístico da Europa, mas nem por isso deixa de encantar e tirar o fôlego de quem a visita.

Foto por: iStock/ EunikaSopotnicka

Foto por: iStock/ EunikaSopotnicka

Considerada a Capital Verde da Europa, por preservar a natureza e diminuir os riscos de poluição, Oslo é um dos melhores lugares no mundo para se viver. Sem o congestionamento de carros e com ruas largas, é possível ir de um ponto turístico a outro andando por conta da proximidade. Entre florestas, museus, centros históricos, ruas e pubs, com diversas atrações e para todas as épocas do ano, o destino vai agradar a todos os gostos.

Arquitetura

Com um design moderno e sofisticado, o Norwegian Opera and Ballet fica defronte ao porto e ao fiorde de Oslo. Sua estrutura espelhada encanta quem a vê por dentro e por fora. Os visitantes são convidados a subir no telhado e ter uma vista panorâmica da cidade. O local recebeu o certificado de Eco-Lighthouse. Quem possui o Oslo Pass, consegue 20% de desconto para os tours guiados e compras nas lojinhas de presentes.

Oslo, Norway - July 31, 2014: The Scenic Night Evening View Of Illuminated Norwegian National Opera And Ballet House Among Contemporary High-Rise Buildings. Blue Sky Background, Copyspace.

Foto por: iStock/ Ryhor Bruyeu

Perto dali fica o Barcode, conjunto de construções em frente ao mar, que lembram muito um código de barras. Entre os grandes prédios da skyline, o ponto principal é andar entre eles e descobrir pontos artísticos, pubs, restaurantes e cafés.

Foto por: iStock/ Baiaz

Foto por: iStock/ Baiaz

A Monstensrud Church é a igreja de pedra de Oslo. Construída em 2002, possui uma arquitetura incomum por ter sido feita em um âmbito moderno. Os arquitetos não fizeram nenhum tipo de escavação ou alteração do solo para a construção, a igreja basicamente foi adicionada a terra, visando assim, manter a topografia e a natureza. É possível encontrar árvores que foram preservadas dentro do recinto da igreja. É uma mistura entre o moderno e a natureza rústica.

Museus

A Fortaleza de Akershus é um castelo medieval dos anos 1300, construída estrategicamente no pontal, tendo resistido a várias mudanças climáticas ao longo do tempo. Hoje em dia, além de ser uma atração turística, também é casa de eventos, shows, cerimônias e festas públicas. A entrada é franca.

Dentro da Fortaleza, existem alguns museus, um deles é o Museu da Resistência Norueguesa, que documenta arquivos da Segunda Guerra Mundial, entre eles, fotos, documentos, pôsteres, objetos, modelos e cópias originas dos jornais da época e gravações. O Oslo Pass dá direito a entrada livre.

Foto por: iStock/ fotoman-kharkov

Foto por: iStock/ fotoman-kharkov

Outro museu dentro de Akershus é o das Forças Armadas, que exibe objetos desde a Era dos Vikings até o século 21. Os principais temas da exposição são: a união com a Dinamarca e com a Suécia, o ataque alemão contra a Noruega e as batalhas marítimas da Segunda Guerra Mundial. O visitante também vai encontrar lojinhas de presentes e cafés com assados frescos. A entrada é gratuita.

Entre ruínas e história

A história de Oslo começa muitos anos atrás, quando os povos vikings com suas embarcações iniciaram suas navegações e explorações. O povo escandinavo, em pequenos grupos começaram a popular as regiões, trazendo seus costumes e o comércio. Grande parte dessa rica história cultural foi preservada e é encontrada até os dias atuais na Oslo Medieval que é composta por vários centros históricos e ruínas da cidade

Foto por: iStock/ nightman1965

Foto por: iStock/ nightman1965

A Antiga Arker Church é a única igreja que resistiu desde a Idade Média, foi construída em 1861 e tem visita gratuita ao público.

Os vestígios das Igrejas de Santa Maria, de Santa Margareta – onde acontece a peça histórica Maridalsspillet no verão – e o Monastério na ilha de Hovedoya, são alguns dos pontos turísticos da cidade. Além de fazerem parte de todo um conjunto histórico, é impossível não se impressionar com as ruínas e a beleza do verde em sua volta.

Foto por: iStock/ vyskoczilova

Foto por: iStock/ vyskoczilova

Os Vikings

As histórias por trás do povo escandinavo ainda provocam muita curiosidade e, quem passa pela Noruega, com certeza vai poder se aproximar mais da história sobre eles.

A visita começa no Museu de Oslo e mostra a história da cidade por meio de fotografias, pinturas e modelos. Caso não queira participar do tour guiado, o visitante pode pegar o áudio guia “1000 anos em 20 minutos”, disponível em sete idiomas. Um café dentro do museu funciona durante o horário comercial e, aos sábados, a entrada é gratuita.

O Museu Histórico, que em seus quatro pisos tem exibições temporárias e fixas, possui um acervo de coleções da Idade Média, tesouros de ouro e prata, exposições etnográficas, múmias e arte antiga de diversos países.

Foto por: iStock/ MarcKerk

Foto por: iStock/ MarcKerk

O visitante pode usar, dentro de 48 horas, o mesmo bilhete para visitar o Museu do Navio Viking gratuitamente. Em sua exibição estão os navios Gokstad, Oseberg e Tune, e suas descobertas, além de outros pequenos navios, trenós e ferramentas de uso doméstico e têxtil.

Foto por: iStock/ extravagantni

Foto por: iStock/ extravagantni

Oslo Pass

O Oslo Pass é um ticket que dá entrada gratuita a 30 museus e atrações, viagens gratuitas em todos os transportes públicos, acesso às piscinas exteriores, passeios a pé, descontos em turismo, simulador e aluguel de esqui, parque de atrações Tusenfryd, bilhetes para concertos e ofertas especiais em restaurantes, lojas, entretenimento e locais de lazer. É possível comprar o Oslo Pass em pontos de venda pela cidade, hostels, hotéis e alguns museus.

Onde ficar

The Thief

Coach Pensjonat

Losby Gods

Lysebu

Onde comer

Kaffistova

Christiania Restaurant

Den Glade Gris

Handverkerstuene

Texto por Carolina Berlato

Imagem Destacada por: iStock/ Damien VERRIER

Comentários