Warning: file_put_contents(): Only 0 of 13 bytes written, possibly out of free disk space in /home/qualviagem/public_html/wp-content/plugins/wp-csv/wp-csv.php on line 299
 O que você não deve fazer em viagens aos Estados Unidos? | Qual Viagem
logo

Telefone: (11) 3024-9500

O que você não deve fazer em viagens aos Estados Unidos? | Qual Viagem Logo

Estados Unidos

O que você não deve fazer em viagens aos Estados Unidos?

20 de agosto de 2020

Antes de visitar qualquer país estrangeiro, é sempre bom checar as coisas que pode e não pode fazer em seu destino — evitando embaraços por cometer algo tido como gafe pela sociedade local. Essa também é uma boa ideia em idas aos Estados Unidos.

As restrições a produtos na alfândega, a disponibilidade de transporte público e os tipos de visto americano que podem ser exigidos são apenas parte das muitas coisas a saber antes de visitar os EUA. Não se preparar com antecedência para tais fatores pode afetar sua viagem de forma adversa.

Coisas a evitar ao visitar os EUA

Além de aprender o que é mais comum na etiqueta para visitar os EUA, tal como respeitar o espaço pessoal dos americanos ou não fumar fora de áeas designadas, confira abaixo algumas das mais importantes dicas para planejar uma viagem aos Estados Unidos e o que não se deve fazer por lá.

1. Não Esqueça de Checar as Exigências de Visto para os EUA

Os cidadãos brasileiros estão inclusos no Programa de Isenção de Visto dos EUA , o que significa que com ele não é exigido visto de entrada nos Estados Unidos para estadias de até 90 dias com propósito de turismo, trânsito ou negócios.

No entanto, embora não precisem de um visto para estadias curtas, é requisitado que os brasileiros façam um pré-registro para autorização de viagem através do Sistema Eletrônico de Autorização de Viagem (ESTA) antes de viajarem aos EUA.

Foto por Istock/ joephotographer

Foto por Istock/ joephotographer

A inscrição online no ESTA EUA é fácil e envolve preencher um simples formulário com os dados básicos da viagem, além de informações pessoais e do passaporte. É exigido que os viajantes se inscrevam no ESTA e recebam a aprovação no mínimo a 72 horas antes da chegada aos EUA.

Tão logo seja aprovado, um ESTA é válido por 2 anos e para múltiplas entradas de curta estadia nos Estados Unidos, ou seja, não há necessidade de inscrição antes das próximas viagens dentro desse prazo.

Porém, se um cidadão brasileiro deseja visitar os Estados Unidos com permanência mais longa do que 90 dias, ele precisará solicitar um visto na embaixada americana com bastante antecedência da data prevista para sua viagem.

2. Não visite os Estados Unidos sem seguro de viagem

Uma coisa que definitivamente você não deve fazer ao visitar os EUA é ir sem um seguro de viagem válido. As despesas médicas nos Estados Unidos podem ser muito caras e até a o menor ferimento pode lhe custar muitos dólares se você não tiver cobertura de saúde.

Portanto, você deve se certificar de que conta com a cobertura completa de uma companhia de seguros de viagem  para qualquer custo médico que possa incidir ao longo de sua viagem.

3. Não traga itens proibidos pela alfândega americana

É essencial que todos os viajantes que vão aos Estados Unidos respeitem restrições de passagem pelas fronteiras dos EUA e não tragam consigo itens ou produtos proibidos no país, pois fazer isso pode incorrer em multas e outras penalidades.

Há uma grande variedade de itens proibidos e restritos nos EUA, incluindo certos alimentos, plantas ou produtos à base de plantas, drogas e medicamentos não aprovados pelo órgão estatal conhecido como FDA (Food and Drug Administration).

Alguns desses itens podem ser aprovados, desde que contem com um documento de permissão para entrada e saída, ao passo que outros são terminantemente proibidos.

4. Não dependa do transporte público nos EUA

A maioria das principais cidades dos Estados Unidos, como Nova Iorque e Chicago, são totalmente servidas por uma extensa rede de trem e ônibus, o que torna muito fácil se locomover nas áreas metropolitanas.

Contudo, fora das principais cidades, o transporte público pode ser limitado e, em alguns casos, até inseguro.

Então, se você está planejando visitar destinos nos Estados Unidos que estão fora dos roteiros populares, provavelmente você terá de alugar um carro para isso.

5. Não esqueça de dar gorjetas

Uma das mais importantes dicas para quem visita os EUA pela primeira vez é saber que a gorjeta para os funcionários que servem é praticamente considerada uma obrigação compulsória no país, com exceção do atendimento em fast-food e balcão.

Foto por Istock/ vinnstock

Foto por Istock/ vinnstock

Isso acontece porque garçons e garçonetes geralmente ganham menos do que o salário mínimo e contam com as gorjetas como parte significante dos rendimentos. É por isso que os funcionários de restaurantes nos Estados Unidos costumam ser incrivelmente amigáveis com os clientes!

Em refeições na maioria dos restaurantes, em geral, é esperado que se some de 15 a 20% de gorjeta na conta, além das taxas. Oferecer um valor menor pode passar a impressão de que o atendimento foi inferior ou que a comida não ficou à altura de suas expectativas.

Preste atenção porque, às vezes, os restaurantes somam automaticamente a gratificação à conta — especialmente quando se está com um grupo grande. Se você for a um bar, também dê gorjeta a quem estiver servindo. Ofereça alguns dólares ao pagar pela primeira rodada de bebidas para garantir o bom serviço ao longo da noite.

6. Não ultrapasse a estadia de seu visto/autorização

Ao viajar pelos EUA, é muito importante respeitar as restrições de seu visto ou autorização de viagem  quanto ao período concedido para a estadia. Apesar de não ser algo incomum ultrapassar a estadia nos EUA, fato ocorrido no ano passado com cerca de 670 mil portadores de visto, isso pode resultar em graves penalidades.

Por mais que a imigração dos EUA possa ser mais flexível quando o limite de estadia não ultrapassa 180 dias, quem não deixa o país dentro desse período corre risco de ser impedido de entrar nos EUA por 3 anos. Viajantes que ultrapassem a estadia por mais de um ano podem ser impedidos de retornar ao país por 10 anos ou mais.

É importante estar ciente do período de estadia concedido por seu visto e renovar ou estender sua autorização caso esteja planejando ficar nos EUA por mais tempo!

Foto destaque por Istock/ spyarm

Comentários