logo

Telefone: (11) 3024-9500

O que conhecer em Viena, na Áustria? | Qual Viagem Logo

Vienna aerial view in the evening at sunset

O que conhecer em Viena, na Áustria?

30 de março de 2016

Berço de Mozart, Freud e de A Noviça Rebelde, a Áustria se revela como um destino encantador em diversos sentidos. Seja nas operas e castelos de Viena, nos picos nevados e montanhas de Salzburgo ou em um romântico passeio pelo rio Danúbio, a nação que tem um dos melhores índices de qualidade de vida do mundo oferece atrações que marcam qualquer viajante.

Foto por Istock/ Anita_Bonita

Foto por Istock/ Anita_Bonita

O país, que já foi considerado o antigo centro do poderoso Império Austro-Húngaro, respira cultura desde os tempos em que ressoavam por lá as valsas de Strauss e os debates acalorados de Freud nos cafés de Viena. A capital, inclusive, guarda até hoje roteiros específicos que homenageiam seus filhos célebres.

Viena – com seu 1.6 milhão de habitantes – é uma cidade que integra antigos e suntuosos palácios e igrejas às construções contemporâneas que representam a agitação da vida moderna. Com diversos jardins meticulosamente cuidados, ruas limpas e seguras e transporte eficiente, torna-se cenário perfeito para o inicio de um roteiro pela Áustria.

E entre as áreas verdes de Viena se destaca o Volksgarten, considerado o maior parque do lugar. No verão, é possível encontrar vienenses e turistas esparramados pelos gramados verdíssimos curtindo o sol. A estrutura do parque inclui os tradicionais cafés, restaurantes e pistas para a caminhada. Durante a noite, é opção agitada com o bar Techno Café.

Estando na capital, é quase parada obrigatória seu compacto centro histórico, os palácios Schonbrunn e Hofburg, a catedral de Santo Estevão, os museus, os típicos cafés vienenses e os concertos da Staatsoper. É importante reservar pelo menos quatro dias para visitar a capital austríaca, aproveitando para conhecer sua vida noturna com variados restaurantes e bares, além das ofertas de música clássica, peças teatrais e a as apresentações da Escola Espanhola de Equitação.

O Palácio de Schonbrunn, que também é conhecido como o Palácio de Versalhes de Viena, é Patrimônio cultural da Humanidade pela UNESCO desde 1996 e tem grande importância histórica em Viena.  Em 1848, Francisco José sobe ao trono e, já em 1854 se casa com a Princesa de Wittelsbach, carinhosamente apelidada de Sissi – que é bastante querida e homenageada pelos vienenses. A cerimônia, de um luxo e pompa até então nunca vistos na Europa leva o palácio a um período de glória e esplendor.

A Praça dos Heróis (Heldenplatz) fica localizada ao lado do Portão da Cidade e, junto com ele, é cartão-postal da cidade rendendo boas fotos dia e noite. O lugar foi feito para servir como um fórum imperial e já sediou discursos importantes da história mundial, como um proferido por ninguém menos do que Adolf Hitler.

Além disso, uma das melhores vistas da cidade encontra-se no The Gloriette, uma construção de 1775 que abriga um café com pé direito bastante alto e paredes de vidro. De lá, os cliques ficam incríveis!

Diferente de algumas cidades europeias, quase tudo que faz parte da história do país permanece vivo em Viena. Ainda hoje, são celebrados mais de150 bailes de gala em Viena; a tradição data desde a época dos Habsburgo, que abriam os salões imperiais aos moradores da cidade. Outra tradição que se mantém é a da alfaiataria que fabricava algumas das casacas do império. Até hoje, a atividade permanece viva e é praticada pela mesma família.

Viena possui museus e coleções internacionais, como o Museu de Belas Artes (Kunsthistorisches Museum), que possui a maior coleção do mundo de quadros de Bruegel. No Bairro dos Museus (MuseumsQuartier), estão localizados o Museu Leopold, que abriga uma grande coleção de obras de Schiele, entre outras obras-primas modernas, o Museu de Arte Moderna (Museum Moderner Kunst), o Centro de Arquitetura de Viena (Architekturzentrum) e a Kunsthalle, considerados alguns dos lugares culturais mais importantes. A Albertina abriga a maior coleção gráfica do mundo (60 mil desenhos e um milhão de obras gráficas) e o Museu Liechtenstein possui uma coleção de joias barrocas.

Foto por IStock/ m_pavlov

Foto por IStock/ m_pavlov

A convivência entre o tradicional nos seus cafés e nos Heuriger, e o mais moderno nos restaurantes, lojas e famosos eventos internacionais, como o “Life Ball”, envolverão o visitante em um sentimento único que gira em torno de um ambiente contemplativo e ativo. Além disso, Viena também possui outras peculiaridades: é uma grande cidade com inúmeras zonas verdes e possui espaços para descansar e se distrair em sua periferia, como o bosque Wienerwald, o Praterauen ou a Ilha do Danúbio (Donauinsel).

Onde ficar

BEST WESTERN PREMIER Kaiserhof Wien – hotel-kaiserhof.at

Hotel Sans Souci Wien – sanssouci-wien.com

The Guesthouse Vienna –theguesthouse.at

Como chegar

Não há voos diretos do Brasil para Viena, mas várias companhias aéreas realizam o trajeto com uma escala em outro país. Singapore Airlines, Swiss e Air France são algumas das companhias que fazem o roteiro.

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por: Istock/ AndreyKrav

Comentários