logo

Telefone: (11) 3024-9500

Noruega: entre vikings e fiordes | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ nightman1965

Noruega: entre vikings e fiordes

12 de abril de 2017

A região da Escandinávia reserva belos cenários e uma atmosfera quase que mágica para os turistas que a visitam pela primeira vez. Assim é na Noruega, país repleto de rótulos – do bacalhau aos fiordes passando pelo Nobel e os vikings – que abriga uma natureza fascinante e destinos surpreendentes.

Além de já ser conhecido como o melhor IDH do mundo, recentemente, o país foi considerado o mais feliz. E não é à toa. Muitos vão dizer que a principal causa é sua riqueza – baseada principalmente na produção de petróleo e pescados – mas com uma visita nas principais cidades norueguesas você descobre que o lugar, a paz encontrada e seus habitantes são o maior tesouro local.

Foto por Istock/ cookelma

Foto por Istock/ cookelma

Situado no extremo norte da Europa, fazendo fronteira com a Rússia, Suécia e Finlândia, o país apresenta o típico clima frio dos países nórdicos. A Noruega foi um reino viking e esse passado rende histórias que atraem turistas ate hoje para a região. Os vikings eram um povo originário da Escandinávia, que realizavam excursões em seus navios-dragão em várias regiões da Europa entre os séculos 9 e 11. Eles também eram conhecidos como os contadores de histórias da Europa. Suas sagas nórdicas, inclusive, podem ser conferidas em alguns museus noruegueses.

Mas quando se fala em turismo na Noruega, o que logo vem em mente são seus inúmeros fiordes, suas belas montanhas e alguns fenômenos naturais como a aurora boreal e o sol da meia noite. Cenários como esses fazem a cabeça dos visitantes e garantem muitas aventuras!

Imagine desbravar um fiorde de mais de 1300 metros ou correr em plena noite com a luz do sol! Agora, e se você curte adrenalina e paisagens de tirar o fôlego, precisa conhecer a Trolltunga. A língua do Troll, em tradução literal, nada mais é do que um pedaço de rocha que se estende horizontalmente para fora da montanha acima de Skjeggedal em Odda. Ela é simplesmente uma das falésias cênicas mais espetaculares da Noruega, situada cerca de 1100 metros acima do nível do mar, flutuando 700 metros acima do lago Ringedalsvatnet.

Foto por Istock/ j-wildman

Foto por Istock/ j-wildman

As cidades entre os fiordes funcionam como base para os turistas e também encantam com seu charme e atrativos locais como arquitetura e cultura.

Que tal começar um roteiro pela capital?

OSLO – MODERNA, A CAPITAL É O LUGAR IDEAL PARA CONHECER A ARQUITETURA DO PAÍS 

Sendo Oslo a principal porta de chegada dos turistas à Noruega, vale a pena conhecer um pouco mais da cidade antes de se jogar na rica natureza que a cerca. A capital é uma das cidades que mais cresce na Europa, com uma população aproximada de 700 mil habitantes e novos bairros com arquitetura atraente que se revela por todas as partes. Moderna e diversa, vem transformando-se rapidamente num centro cosmopolita e se destaca pela abundância de museus, restaurantes e arte de nível internacional.

Localizada entre o fiorde Oslofjord e centenas de quilômetros quadrados de florestas onde prevalecem as paisagens verdes, a cidade possui um compacto centro, onde é possível visitar tudo a pé ou de bike.

Foto por Istock/ bruev

Foto por Istock/ bruev

Capital da Noruega desde 1814, Oslo é a sede do governo norueguês e da família real. A cidade também reúne algumas das maiores instituições culturais do país, que incluem a Ópera & Ballet da Noruega, o Teatro Nacional e o Museu Nacional de Arte e Design, promovendo exibições de arte, eventos de ópera e espetáculos teatrais.

Não deixe de conhecer ainda a fortaleza Akershus, construída para proteger o porto e o parque Frognerparken com suas esculturas de Gustav Vigeland.

Os países nórdicos são conhecidos em todo o mundo por seu potencial arquitetônico. E na Noruega, uma parte integrante da experiência com certeza é a observação da beleza dos diferentes tipos de construções. Logo em Oslo já é possível conhecer de perto uma tradicional igreja de madeira do país. A Igreja de Madeira de Gol, localizada originalmente no vilarejo de mesmo nome, foi realocada para o Museu Norueguês da História Cultural.

Foto por istock/ vyskoczilova

Foto por istock/ vyskoczilova

E para finalizar o roteiro durante o dia no melhor estilo nórdico, o Museu do Navio Viking, a cerca de 10 minutos do centro da capital, é imperdível. Localizado na península de Bygdoy conserva em artefatos históricos e originais a vida dos antigos vikings. O museu também expõe dois dos mais preservados navios vikings, sendo cerca de 95% da madeira original.

Para curtir a noite, os bares e pubs noruegueses são a pedida, recebendo seus visitantes com muita cerveja e animação. Vale dar uma passadinha em um dos lugares mais conhecidos, como o Palace Beer, localizado no popular distrito costeiro de Aker Brygge; The Scotman, um centro de entretenimento localizado na Karl Johans Gate; e o famoso Hard Rock Cafe Oslo. Não se esqueça de brindar com um skal, o tim-tim dos noruegueses!

FLÅM, A MORADA DO MAIOR FIORDE 

Foto por Istock/ SimonDannhauer

Foto por Istock/ SimonDannhauer

Flåm encontra-se no coração do fiorde Aurlandsfjord, na Noruega, uma ramificação isolada do mais profundo e segundo mais longo fiorde do mundo, o Sognefjord, que destaca- se pelos 204 quilômetros de extensão. O cenário espetacular de Flåm é composto por montanhas imponentes, enormes cachoeiras e vales estreitos. Durante os meses de primavera e verão, você encontrará grandes navios de cruzeiro deslizando pelas águas do fiorde com destino ao ancoradouro de Flåm.

A Ferrovia de Flåm foi reconhecida como a viagem de trem mais incrível do mundo pela publicação Lonely Planet in 2014. A viagem leva você pelo topo das montanhas e, durante o trajeto de 20 quilômetros, o visual reúne rios cortando desfiladeiros profundos, cumes nevados e fazendas nos pés das montanhas.

Quem visita a cidade de Flåm não pode deixar de embarcar em um passeio a bordo do Flåmsbana, trem histórico da região. O trajeto que vai até a estação de Myrdal oferece uma vista maravilhosa de fiordes e montanhas. Um dos pontos altos do passeio é a parada para fotos na cachoeira de Kjosfossen, uma das atrações turísticas mais visitadas da Noruega. Por esses e outros motivos, o Flåmsbana foi eleito em 2014 pela Lonely Planet como uma das jornadas de trem mais incríveis do mundo.

Já o Fjordsafari é o passeio perfeito para quem gosta de aventura! Pequenos barcos rápidos levam passageiros para um trajeto inesquecível pelos fiordes Sogne e Nærøyfjord. Com diversas paradas ao longo do caminho, é possível admirar a natureza e os vilarejos locais, além de absorver todas as informações compartilhadas pelo guia. Vale conferir os diferentes tipos de passeios para inverno e verão no site da empresa.

Foto por Istock/ Leonid Andronov

Foto por Istock/ Leonid Andronov

Para terminar um dia repleto de atividades em Flåm, nada melhor do que conhecer Ægir, uma cervejaria artesanal super charmosa. O prédio onde está localizada já chama atenção pela arquitetura de estilo viking, mas a melhor parte está por dentro. Em um ambiente aconchegante, é possível experimentar diversos tipos de cerveja, além de degustar um cardápio incrível, com pratos da gastronomia local.

São muitas as opções de restaurantes que servem comida tradicional da região como, por exemplo, presunto curado, carne de caça, carne de carneiro, salmão, queijo de cabra, frutas e amoras. A cervejaria local, Ægir, é uma das mais cervejarias artesanais de maior sucesso na Noruega.

BERGEN, PARA DESBRAVAR O MUNDO DOS FIORDES

Segunda maior cidade da Noruega, Bergen é um grande centro urbano, apesar de estar totalmente rodeada por fiordes e montanhas e manter um clima charmoso de lugares menores.

Foto por Istock/ Cn0ra

Foto por Istock/ Cn0ra

Graças ao seu entorno, é considerada a porta de entrada para os famosos fiordes noruegueses. Fundada há mais de 900 anos, Bergen tem suas raízes nos tempos remotos da Era Viking. Como um dos principais entrepostos da Liga Hanseática, o lugar foi um centro comercial próspero entre a Noruega e o resto da Europa durante vários séculos. Bryggen, “o Cais Hanseático”, é o complexo histórico remanescente de maior importância deste período e hoje abriga muitos dos restaurantes, bares, lojas de artesanato e museus históricos.

O grande destaque do cenário são as sete montanhas que cercam a cidade. Por causa delas, as visitas se tornam momentos únicos para os que gostam de prestigiar belas paisagens. O Monte Fløibanen é um dos destaques, com mais de 300 metros de altura, a subida pode ser feita em um dos funiculares que leva cerca de 8 minutos para chegar ao topo. Lá, há um restaurante posicionado para apreciar uma boa alimentação com uma vista incrível e também lojinhas de souvenirs para os que gostam de levar lembranças dos locais por onde passam.

Foto por Istock/ Cn0ra

Foto por Istock/ Cn0ra

Outro ponto interessante de Bergen é o seu mercado de peixes. Limpo, como toda a Noruega e com um design diferente, o Fish Market se encontra no porto. Em uma espécie de contêiner vermelho, é um lugar que todo guia da região recomendaria uma visita. Ali é possível experimentar peixes, frutos do mar, salmão, bacalhau fresco, lagosta, camarão, caviar e outras iguarias.

Tendo cerca de 10 por cento de sua população formada por estudantes, Bergen apresenta uma vibração jovem e confere um clima descontraído. Além das muitas opções de museus, galerias de arte, eventos culturais e atrações gastronômicas, a cidade reúne qualidades cênicas únicas. O mar e as montanhas contribuem para tornar o destino um lugar animado e vibrante.

Foto por Istock/ TT

Foto por Istock/ TT

Ainda no campo cultural, Bergen abriga um dos eventos mais importantes da região. O Festival Internacional de Bergen acontece anualmente na cidade e recebe todos os tipos de arte.

MONTANHAS, FIORDES, FENÔMENOS RAROS E BELOS 

A natureza é sem dúvida o principal atrativo turístico da Noruega. O país foi abençoado com cenários e fenômenos estonteantes, que deixam qualquer visitante maravilhado. Existem diferentes formas de curtir todas essas atrações naturais, que vão desde a simples admiração até as aventuras mais radicais.

Confira alguns destaques que você precisa ver de perto:

Fiordes 

Talvez esses sejam os protagonistas da Noruega. Se você ainda não sabe o que significam, os fiordes nada mais são do que vales de formação glacial, estreitos, longos e profundos, rodeados de paredões retos e altos. E é nessa região que está a maior concentração deles em todo o mundo. São mais de mil! Entre os mais icônicos, entretanto, estão o Nærøyfjord, o Sognefjord, o Lysefjord e o Geirangerfjord – todos situados na Costa Oeste do país.

E todos eles apresentam algumas características peculiares. O Sognefjord, por exemplo, é o mais profundo, alcançando 1.308 metros abaixo do nível do mar. Localizado a cerca de 70 quilômetros de Bergen é bastante propício para que grandes navios naveguem em seu curso. Já o Nærøyfjord tem montanhas que chegam aos 1.800 metros enquanto o Geirangerfjord, em formato de “s”, é conhecido pelas suas belas quedas d’água, incluindo a mais famosa delas, a Sete Irmãs.

Foto por Istock/ agarston

Foto por Istock/ agarston

O clima é sempre ameno nessa região, que resulta da corrente do Golfe e correntes de ar, e permanece praticamente sem a presença de neve. As águas salgadas abrigam uma animada vida marinha, como focas e golfinhos, enquanto as águias e outras aves voam no céu. As margens costumam ter uma flora exuberante e um solo bastante fértil, alguns já foram cultivados e outros estão repletos de árvores que desabrocham suas flores na primavera, proporcionando uma beleza surreal.

Além disso, velejar nos fiordes é uma experiência que poucos lugares oferecem. O barco vai deslizando pelas águas desse majestoso cenário, enquanto você vai sentindo a atmosfera local, observando os íngremes penhascos que despontam em cada lado, e ainda avista belas cachoeiras caindo pelas rochas e pequenas aldeias pelo caminho.

O Sol da meia noite 

Durante os meses de verão, por conta da inclinação da terra em relação ao sol, o norte da Noruega fica o dia todo iluminado. Muitas pessoas vão até destinos acima do Círculo Polar Ártico, como o Cabo Norte (ponto mais setentrional da Europa) para observar o sol que não se põe no horizonte, um verdadeiro espetáculo.

As ilhas Svalbard também podem ser um destino ideal para presenciar o fenômeno, já que por lá o sol não se põe entre os meses de abril e agosto. Durante este período, acontecem diversos eventos pela madrugada, com destaque para a Maratona do Sol da Meia- Noite e os torneios de golfe.

Foto por Istock/ Pedal-Power-Photos

Foto por Istock/ Pedal-Power-Photos

E todos os anos, para celebrar esse incrível fenômeno, acontece uma corrida na cidade de Tromsø, no norte da Noruega. Essa é uma prova diferente de qualquer outra, já que os participantes correm no meio da noite com uma inacreditável luz do sol. Além disso, o percurso é marcado pelas belíssimas paisagens dessa região.

Para planejar sua viagem para o evento, você pode contar com o suporte de uma agência como a Kamel Turismo ou a Xtravel, que oferecem pacotes específicos para a Maratona, com quatro noites de hospedagem em Tromsø em hotéis bem localizados, próximos à largada da prova. Também é possível incluir dias extras e passeios pela região com ambas as agências.

A fantástica aurora boreal 

A aurora boreal é um dos fenômenos mais belos da natureza. Sua ocorrência se dá a partir do outono, no final de setembro, mas com maior probabilidade e intensidade entre os meses de novembro e março. Ir à caça da aurora boreal pode ser uma bela aventura, especialmente na Noruega.

Tromsø é conhecida como a capital da aurora boreal. A cidade está a 350 quilômetros ao norte do Círculo Polar Ártico e é a maior da região norte do país. Por lá, as chances de presenciar o fenômeno da aurora boreal são altas e o grande diferencial é que os visitantes podem ter essa experiência com toda estrutura e conforto. O acesso a Tromsø é muito simples, lá está um dos principais aeroportos do país, que recebe voos diários de inúmeras cidades norueguesas e também de algumas capitais europeias.

E que tal observar a aurora boreal a bordo de um navio? A empresa Hurtigruten oferece um percurso de cinco dias durante o inverno que vai à caça das luzes. E, de quebra, os viajantes ainda passam pelas belíssimas ilhas de Vesterålen e Lofoten, além de cidades como Bergen, Ålesund, Trondheim e, claro, Tromsø.

Foto por IStock/ MuYeeTing

Foto por IStock/ MuYeeTing

Além disso, sair em busca do fenômeno pode ficar um pouco mais fácil no país. Isso porque o Visit Norway criou um aplicativo exclusivo para quem está à caça da aurora boreal. O Norway Lightspromete aumentar as chances de conseguir vislumbrar o fenômeno, oferecendo uma previsão do tempo e probabilidade de ocorrência para cada cidade norueguesa em tempo real e de forma super prática. Ele está disponível para Android, iOS e Windows.

É claro que todos querem ter uma recordação da experiência de avistar a aurora boreal, mas fotografar o fenômeno pode ser um desafio. Pensando nisso, o turismo da cidade de Narvik passou a oferecer tours acompanhados de um fotógrafo profissional. Dessa forma, os visitantes garantem uma bela lembrança fotográfica.

Como chegar

A principal porta de entrada da Noruega é o Aeroporto Internacional de Olso, que recebe voos das principais cidades da Europa como Londres, Roma, Paris, Amsterdã e Frankfurt. Não há voos saindo direto do Brasil, portanto, o ideal é fazer uma dessas conexões. Oslo também é o ponto de partida para as principais cidades norueguesas como Alesund, Bergen e Tromsø. Há diversos voos domésticos saindo da capital.

Onde ficar

OSLO
Thon Hotel Rosenkrantz Oslo
Hotel Continental Oslo
The Thief

FLÅM
Flamsbrygga Hotell
Fretheim Hotel
Flam Ferdaminne

BERGEN
Thon Hotel Rosenkrantz
Hotel Park Bergen
Clarion Hotel Bergen Airport

Onde Comer

OSLO

Hos Thea
Statholdergaarden
Le Benjamin Bar & Bistro

FLÅM

Aegir Brewery & Pub
Flam Marina and Appartement Cafe
Fretheim Hotel Restaurant

BERGEN

1877
Munken Bistro
Restaurant Cornelius

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Istock/ nightman1965

Comentários