logo

Telefone: (11) 3024-9500

Montreux: do jazz aos vinhedos da UNESCO | Qual Viagem Logo

Montreux city view over looking Lake Geneva

Montreux: do jazz aos vinhedos da UNESCO

24 de junho de 2019

Emoldurada pelos alpes e rodeada de vinhedos, a charmosa Montreux é famosa por seus atrativos culturais e naturais, bem como o festival de jazz que agita a cidade no meio do ano. Localizada na parte francesa da Suíça, a região é banhada pelo Lago Genebra e ainda possui uma atmosfera vibrante e cheia de cores que valem a pena serem exploradas.

Entre os principais roteiros turísticos está a antiga cidade de Vevey, onde se encontra a herança histórica da região, e que possui um leque de monumentos e museus, entre eles o Chaplin’s World, dedicado ao ilustre comediante Charles Chaplin.

Foto via iStock por InnaFelker

Foto via iStock por InnaFelker

Outra parada imperdível é o Vevey Alimentarium, fundação socioeducativa criada pela Nestlé, que leva o visitante para uma jornada gourmet interativa no mundo da alimentação e nutrição. Exposições com diferentes assuntos, degustações gastronômicas, oficinas de culinária e visitas guiadas proporcionam aos visitantes a oportunidade de satisfazer seu apetite por conhecimento.

Os amantes de rock não poderão perder o “Queen – The Studio Experience”, museu dedicado à banda Queen. Instalado no Mountain Studios que está anexado ao Cassino Barrière de Montreux, foi o local de gravação de sete álbuns da banda que comprou o estúdio e o usou entre os anos de 1979 e 1996. Hoje, funciona conta com um acervo das roupas mais icônicas de Freddie Mercury e ainda dá a oportunidade ao visitante de utilizar o estúdio original para fazer algumas mixagens das músicas do Queen. A entrada é gratuita.

Foto via iStock por toxawww

Foto via iStock por toxawww

Após um passeio de trem pela ferrovia de cremalheira, o visitante poderá chegar até o ponto mais incrível de Montreux, o pico de Rochers-de-Naye, a cerca de dois mil metros de altitude. Ali fica um Centro de Educação, um jardim alpino e sete parques, onde é possível encontrar animais originários da Ásia, América do Norte e Europa. Segundo as lendas locais, é naquele local, durante o inverno que reside o Papai Noel. O ponto alto da atração, no entanto, é a vista panorâmica que abrange os alpes suíços e franceses, de Eiger ao Mont-Blanc, e, ao longe, o Lago Genebra.

Localizada sob uma rocha no meio do Lago Genebra, está a atração histórica mais visitada da Suíça: o Castelo Chillon. Construído no século XIII, o castelo atuou também como uma fortaleza, servindo como residência e ponto estratégico para controlar a passagem entre o norte e o sul da Europa.

Foto via iStock por Christian Dagnæs

Foto via iStock por Christian Dagnæs

Os visitantes podem aproveitar e conhecer toda a estrutura de Chillon, como o arsenal de armas, a Capela, a Câmara Domini – onde se hospedava o Duque de Sebóia, os quartos e o pátio. Além de funcionar como um museu, o castelo ainda é local de eventos importantes da cidade.

Com 30 quilômetros de extensão ao longo do Lago Genebra e 830 hectares de vinhedos, os terraços de Lavaux fazem parte do Patrimônio Cultural de Unesco desde 2007. Para os visitantes, existem uma trilha de 32 quilômetros que leva desde Lausanne-Ouchy até o Castelo de Chillon. No caminho, existem sete circuitos completos com painéis informativos detalhando a viticultura local. E, claro, não deixe de provar os vinhos produzidos na região em uma autêntica adega.

Foto via iStock por swisshippo

Foto via iStock por swisshippo

O evento mais importante da região é o Montreux Jazz Festival, que acontece anualmente desde 1967, e traz diversos nomes da música mundial. Esse ano, ele acontecerá entre 28 de junho a 13 de julho.

Texto por Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock por Ahrys Art

Comentários