logo

Telefone: (11) 3024-9500

Madri para quem aprecia arte e vida noturna agitada | Qual Viagem Logo

Madrid / Spain - 08 16 2017: Letters on the pavement floor from Gustavo Adolfo Becquer at the Calle de las Huertas street in the literary quarter downtown Madrid, capital of Spain.

Madri para quem aprecia arte e vida noturna agitada

11 de outubro de 2019

Para os amantes da arte, sintam o chamado de Madri: literatura, arquitetura, pintura, teatro; uma cidade cujas manifestações culturais não conhecem limites. Se perder no centro da majestosa capital espanhola faz com que você identifique os segredos que suas ruas históricas clamam aos quatro ventos, sendo que o Bairro das Letras é o mais indicado para esta expêriencia. Na calçada das ruas, vemos gravados alguns fragmentos das obras mais importantes da literatura espanhola como Dom Quixote, mas também foram registrados versos, rimas e sonetos de autores como Lope de Vega, Góngora, Quevedo, Becquer, Zorrilla, entre outros.

Um bairro onde o pedestre pode caminhar com tranquilidade, oferta uma imensa variedade gastronômica onde podem degustar-se sabores de todo tipo. De uma riqueza arquitetônica que não o deixará impassível entram em harmonia construções clássicas e contemporâneas.

Praça Santa Ana e Casa-Museu Lope de Vega

Madrid, Spain - January 23, 2018: Sunset view of Monument of Federico Garcia Lorca at Plaza Santa Ana in City of Madrid, Spain

Foto por Istock/sjhaytov

Repleta de restaurantes e bares, o espaço da praça adquire vida social com as típicas “terrazas” espanholas. Nos extremos se ergue a homenagem a dois grandes dramaturgos: o monumento a Pedro Calderón de la Barca (século XVII) e a estátua de Federico Garcia Lorca (século XX). Destaque-se o Teatro Espanhol inaugurado no século XVI cujas devidas remodelações arquitetônicas seguiram o estilo neoclássico.

A seis minutos a pé encontramos a antiga casa onde morreu Miguel de Cervantes, convertido em museu a casa de Lope de Vega. Das 10 as 18 hs, portanto a cada meia hora, o espaço  oferece visitas gratuitas, onde você irà adquirir uma visão holística do contexto histórico em que a vida do dramaturgo foi enquadrada, conectando-se às preocupações vitais da época e à preponderância da religião em suas vidas.

Oito minutos mais a pé, às margens do bairro, o famoso Museu do Prado com uma ampla coleção de obras que vão desde o século XII até o século XIX, impressiona e cativa o visitante. E o Jardim Botânico, com uma grande variedade de espécies vegetais, também è uma ótima pedida para relaxar em meio a natureza abundante.

Náo deixe de curtir a noite madrilenha, com certeza uma das mais completas de toda a Europa. Bares, restaurantes, espetáculos de dança e música num calendário repleto de atrações durante todo o ano.

Onde ficar

Na rua  S. Jerónimo, 34 encontra-se o Urban Hotel localizado no centro da cidade, fica a 8 minutos a pé do Museu do Prado e a 15 minutos a pé do Palácio Real de Madri.

Mais informações  www.hotelurban.com 

Onde comer 

A pé de rua você encontrara uma grande variedade de boas opções, mais há uma experiencia única para degustar a cozinha espanhola e o flamenco em um mesmo lugar. No Tablao Flamenco Villa Rosa com uma decoração tradicional, murais andaluzes e arcos de madeira. É necessário fazer reserva.

Mais informações www.tablaoflamencovillarosa.com

 

Texto por Natalia Bastos.

Imagen destacada via Istock por Vivvi Smak

 

 

Comentários