logo

Telefone: (11) 3024-9500

Ljubljana, capital eslovena, oferece surpresas no leste europeu | Qual Viagem Logo

Romantic medieval Ljubljana's city center, capital of Slovenia, Europe. Night life on the banks of river Ljubljanica where many bars and restaurants take place. Franciscan Church in background

Ljubljana, capital eslovena, oferece surpresas no leste europeu

23 de janeiro de 2016

Ljubljana, em português Liubliana, é a capital da Eslovênia. Embora seja uma cidade pequena é repleta de atrações turísticas e elementos que a deixam muito agradável. Os destaques ficam por conta de seu castelo, seu pequeno rio e seu centro antigo. Dois terremotos e a II Guerra Mundial deixaram em sua arquitetura uma grande mescla de estilos. O toque pessoal foi dado pelo arquiteto Jože Plečnik, uma figura nacional. Recomendamos no mínimo dois dias para conferir as principais atrações.

Foto via Flickr Gilad Rom

Foto via Flickr Gilad Rom

Não se pode imaginar uma foto de Liubliana sem o seu castelo. Sobre um pequeno morro bem no coração da cidade, o Castelo de Liubliana construído em 1144, foi reconstruído quase por completo no século XV. Hoje em dia é sede de eventos, congressos e algumas pequenas convenções. Pode ser visitado livremente e, de fato, é um local de encontro habitual para relaxar e tomar algo em um de seus bares. Algumas das exposições, os tours guiados e o funicular que se construiu há alguns anos são pagos.

Indo em direção a Praça Preseren mais famosa e concorrida da cidade é de onde começam os tours , e onde se pode obter algumas das melhores fotos da bela capital.

Situada junto ao rio Ljubljanica, é especialmente atrativa por sua famosa Ponte Tripla, obra de Plečnik, e pela fachada barroca da Igreja Franciscana da Anunciação.

A Ponte dos Dragões é um perfeito exemplar de obra Art Nouveau que faz referência ao mito da origem da cidade, segundo o qual Jasão e os Argonautas, personagens da mitologia grega, haviam derrotado naquela terra um enorme dragão, que hoje é símbolo da cidade.

Foto por Oliver-Bonjoch via Commons Wikimedia

Foto por Oliver-Bonjoch via Commons Wikimedia

A Catedral de Liubliana, de 1706, sempre foi uma das mais belas da Europa, e merece uma criteriosa vista para contemplar os afrescos barrocos de seu interior e, sobretudo, as portas laterais com a história da Eslovênia talhada em bronze.

O Mercado Central (Trznica) de Liubliana também foi desenhado por Plečnik, na década de 40, sob influências renascentistas. É formado por uma enorme nave fortificada construída em paralelo ao rio Ljubljanica, entre a Ponte dos Dragões e a Ponte Tripla. Mesmo com tantas obras de Plečnik na cidade, esta se tornou um dos seus símbolos, e é um dos maiores complexos urbanos construídos pelo arquiteto. O mercado abre todos os dias, exceto aos domingos, e inclui uma feira ao ar livre e também espaços subterrâneos.

Outro local aprazível de ser visitado é o Parque Tivoli. Ele é o ponto de encontro da sociedade e da política da cidade. Sua calçada central também foi projetado por Plečnik. Neles se podem ver exposições temporárias. Aqui não só encontramos gente caminhando, em bicicletas e disfrutando ao ar livre; também se pode ler em uma biblioteca ao ar livre, nadar na piscina, assistir a eventos, etc.

Foto por Michal Sindelar via Commons Wikimedia

Foto por Michal Sindelar via Commons Wikimedia

Bem próximo do Parque Tivoli, separados por menos de 100 metros, encontramos três dos museus mais importantes da capital. Na Galeria Nacional podemos encontrar peças de arte que foram resgatadas e estão preservadas desde a Idade Média. Entre elas a fonte original de Robba. No  Museu de Arte Moderna encontramos obras de artistas eslovenos do século XX,  e no Museu Nacional muitos  objetos representativos da história da Eslovênia, desde a pré-história até nossos dias.

Passear pelo rio Ljubljanica, num barco, ou a pé, é bastante prazeroso.  Para tomar algo nos numerosos barzinhos que o rodeiam ou deleite-se com a música de seus artistas de ruas, normalmente situados nas pontes mais importantes.

Metelkova é um curioso e alternativo espaço cultural, que já foi um quartel militar e hoje é considerado como uma das grandes mecas da arte e da cultura underground.

Onde ficar

City Hotel Ljubljana – cityhotel.si

Austria Trend Hotel Ljubljana – austria-trend.at/de/hotels/ljubljana

Onde comer

Valvasor – valvasor.net

Restavracija Strelec – kaval-group.si/STRELEC,,restavracija.htm

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque via Istock/ kasto80

Comentários