logo

Telefone: (11) 3024-9500

Lençóis Maranhenses: mosaico de areias, lagoas e dunas | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ XaviFerrando

Lençóis Maranhenses: mosaico de areias, lagoas e dunas

16 de maio de 2016

A culpa não é do sol escaldante nem das longas caminhadas nas dunas e areias: as paisagens dos Lençóis não são miragem. Para vivenciá-las do melhor jeito é preciso fazer as escolhas certas. Primeiro: quando? A melhor época é entre maio e agosto, quando as chuvas já passaram e encheram as lagoas. A segunda, por qual cidade entrar no Parque Nacional? Barreirinhas é o principal acesso. De lá partem veículos 4X4 capazes de domar as areias.

As lagoas mais próximas são a Azul e Bonita. Em Barreirinhas uma dica interessante e imperdível é realizar o passeio de barco pelo Rio Preguiças. A partir da Praia de Atins há passeios, como à Lagoa Verde e do Mário. De Santo Amaro do Maranhão são acessíveis as lagoas Gaivota e Betânia, mais desertas e selvagens.

Foto por IStock/ ThomasCampos

Foto por IStock/ ThomasCampos

Chegar aos Lençóis é relativamente fácil. A partir de São Luís, são aproximadamente 03 horas de viagem. Os portões de entrada são as cidades de Barreirinhas e Santo Amaro.  Destaque para o artesanato de palha de buriti, matéria-prima tradicional do Maranhão.

Os passeios podem ser feitos com carro de tração ou pelo Rio Preguiças, com paradas em praias, vilarejos e pequenas comunidades até a entrada do parque. As praias de Caburé e Atins possuem razoável infraestrutura que permitem apreciar a beleza do rio e as praias banhada pelo oceano Atlântico. O Parque Nacional dos Lençóis foi criado em 1981.

Atins fica a margem esquerda da Barra ao lado de Mandacaru, mas já na foz do Rio Preguiças. O lugar é uma pequena vila de pescadores na confluência entre o rio e o mar e fica exatamente em uma das extremidades do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses que se pode alcançar numa caminhada de hora e meia. Sua rusticidade, aliada às belas paisagens dão ritmo desacelerado aos dias.

Foto por Istock/dolphinphoto

Foto por Istock/dolphinphoto

Já o calmo vilarejo de Caburé conta com um atrativo e tanto. É a praia das dunas, que rende belas fotografias e momentos de relax. O lugar é ponto de parada tanto dos passeios de quadriciclo quanto dos barcos vindos do Rio Preguiças. O lugar conta com boa infraestrutura de bares e restaurantes que servem petiscos e bebidas.

Onde ficar

Hotel Pousada dos Ventos – pousadadosventos.com.br

Porto Preguiças Resort – portopreguicas.com.br

Como chegar

A GOL, TAM e Azul possuem voos diários para São Luis. De lá são três horas de duração. Os pacotes podem ser comprados nas agências de receptivo da capital maranhense.

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque por Istock/ XaviFerrando

Comentários