logo

Telefone: (11) 3024-9500

Latitude zero: conheça as atrações de Quito no meio do mundo | Qual Viagem Logo

Color picture of the monument placed at the original point claimed by the French explorers to be the center of the world.

Latitude zero: conheça as atrações de Quito no meio do mundo

18 de fevereiro de 2019

Já pensou em estar em dois lugares ao mesmo tempo? Isso é possível em Quito, já que a Linha do Equador cruza a cidade a cerca de 30 km ao norte de seu centro histórico. Ali, junto à linha imaginária que divide o globo em duas partes, você pode colocar um pé no hemisfério norte e o outro no hemisfério sul ao mesmo tempo.

O tal “meio do mundo” só foi estabelecido oficialmente na década de 1730, com a Primeira Missão Geodésica, liderada por intelectuais franceses no atual território do Equador – que oferecia condições ideais para os experimentos necessários para determinar a latitude zero do mundo. Foi apenas depois de sua Independência, no século seguinte, que o país ganhou o nome de Equador (ou seja, o nome do paralelo veio primeiro).

Em sua viagem à Quito, não deixe de visitar essa área tão significativa junto à Linha do Equador, onde há duas atrações imperdíveis:

Ciudad Mitad del Mundo

Foto por QUITO TURISMO

Foto por QUITO TURISMO

Construída em 1979 em homenagem à missão francesa, a Ciudad Mitad del Mundo é um amplo complexo turístico e a atração mais visitada do Equador. No centro está o monumento Mitad del Mundo, uma espécie de torre que marca os quatro pontos cardeais. Bem no meio, uma faixa amarela no chão representa a Linha do Equador – um lugar perfeito para tirar muitas fotos divertidas.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Mas não é só isso: a Ciudad Mitad del Mundo reúne ainda várias lojas de souvenires, restaurantes e cafés, tudo bem organizado e com um estilo que remete a uma cidade colonial. Há também um planetário e museus dedicados à história do Equador e a produtos locais, como a cerveja e o cacau.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

A Mitad del Mundo está aberta todos os dias do ano, das 9h às 18h. O ingresso custa US$ 5,00 e dá acesso a todas as atrações do complexo. Há estacionamento no local.

Mais informações em: mitaddelmundo.com

Museu Intiñan

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Bem ao lado da Mitad del Mundo, o Museu Intiñan também é um lugar imperdível. Com o auxílio de GPS, cálculos mais recentes mostraram que a real latitude zero do mundo está um pouco mais ao norte do que a missão francesa do século XVIII determinou – bem onde está o Museu Intiñan.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Funciona como um museu etnográfico, sempre com visitas guiadas que contam várias curiosidades sobre os povos que habitaram o território do Equador. Ao final do passeio, os visitantes são convidados a participar de experiências interativas e divertidas que só podem ser feitas na exata Linha do Equador, ali representada como uma faixa vermelha no chão.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Equilibre um ovo sobre um prego, veja como a água que escorre pelo ralo se comporta nos dois hemisférios, tente andar em linha reta de olhos fechados e vivencie outros experimentos curiosos. Se você estiver com o seu passaporte, ele poderá ser carimbado como prova de sua visita à metade do mundo. O Museu Intiñan fica aberto das 9h30 às 17h. A entrada custa US$ 4,00.

Foto por Patrícia Chemin

Foto por Patrícia Chemin

Mais informações em: museointinan.com.ec

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / LucBrousseau

Comentários