logo

Telefone: (11) 3024-9500

Lagoa Encantada, Oásis, glamping e chalés são novidades em Brotas | Qual Viagem Logo

lagoa-encantada-brotas-eco-resort

Lagoa Encantada, Oásis, glamping e chalés são novidades em Brotas

21 de janeiro de 2020

Brotas é um destino de natureza que se atualiza para que o turista tenha sempre motivo para voltar. Entre o final de 2019 e o início de 2020, ganhou duas novas atrações: a Lagoa Encantada no Brotas Eco Resort e o Oásis no Recanto das Cachoeiras. E, de quebra, dois estilosos meios de hospedagem. Um é a Vila Poção, chalés que unem autonomia e conforto no conceito auto hospedagem. E outro são as charmosas e confortáveis cabanas na mata do ecoparque Viva Brotas, o primeiro glamping de Brotas. Termo que surgiu da união das palavras glamour+camping, o glamping é um modelo de hospedagem para quem quer a experiência de acampar, mas não abre mão de conforto.

A Lagoa Encantada é uma piscina com projeção mapeada, recurso que une tecnologia e fascínio em uma só técnica, uma tendência no universo de eventos. Ambientalizada em uma caverna cenográfica, leva os visitantes a uma viagem imersiva ao período jurássico e a um encontro mágico com os dinossauros. Isso é possível graças à iluminação cênica computadorizada, som digital e duas janelas de 500 polegadas onde os dinossauros “aparecem”. Coberta e aquecida, com 600 metros quadrados, a Lagoa Encantada tem também cachoeiras, cascatas, jatos de água, fontes termais brotando do fundo e estruturas de pontos de Jacuzzi. “Trata-se de um virtuarium, união entre o virtual e o imaginário. Agora estamos com a temática dinossauro, mas podemos mudar as projeções mapeadas, oferecendo sempre uma nova atração”, explica Antonio Rabello, gerente do Brotas Eco Resort. A atração, além de disponível aos hóspedes do resort, é aberta para day use.

Foto via Divulgação

Foto via Divulgação

Já o Oásis é uma grande piscina de água corrente com toda a estrutura que o turista espera. Com aproximadamente 1,40 metro de profundidade, é ideal para quem deseja um banho em água livre de cloro. Grande, com cerca de 10 mil metros quadrados, a piscina tem área de areia formando uma prainha, onde ficam espreguiçadeiras e ombrelones, espaço para a prática de stand up e permite acesso de cachorros. Para quem está com criança pequena, tem piscina rasinha, de 20 centímetros de profundidade. E tem duchas e área de alimentação com lanchonete. E isso tudo a apenas 50 metros da Cachoeira Santo Antônio. “A proposta é dar ao visitante uma opção de curtir o dia com a família com mais privacidade já que o Oásis é um grande espelho d´água bem estruturado. Temos, inclusive, quiosque de chopp Brotas Beer no local. E em breve vamos complementar com mirante, toboágua e tirolesa”, adianta Rodrigo Saldanha, proprietário do ecoparque Recanto das Cachoeiras. A atração está inclusa no day use do Recanto das Cachoeiras, já famoso pela piscina de borda infinita.

Hospedagem

O Ecoparque Poção, que até recentemente funcionava somente para day use, agora também tem opção de hospedagem com a inauguração de descolados chalés para locação, a Vila Poção. É opção para curtir o dia e dormir ao lado do rio Jacaré-Pepira e acordar com o som dos pássaros. “Os chalés foram concebidos para oferecer o máximo de conforto a um preço justo. Ampliamos o conceito “Simples e Mágico”, que já inspirava nosso parque e restaurante, para os chalés. É uma hospedagem que dá ao hóspede autonomia porque tem cozinha equipada, o que possibilita que ele se sinta em casa e prepare suas próprias refeições. Os chalés oferecem a melhor vista da paisagem, têm decoração supercuidadosa e equipamentos de qualidade. E preço justo graças ao conceito de auto hospedagem, com senhas nas fechaduras e sem recepção”, detalha Vivian Cunha, sócia-proprietária do ecoparque Poção.

Foto via Divulgação

Foto via Divulgação

Outro ecoparque que também tem hospedagem para quem quer uma imersão na natureza é o Viva Brotas. No final do ano entraram em operação as cabanas construídas em sistema de palafita ao pé da serra, em área de mata preservada, o primeiro glamping de Brotas. “A experiência que queremos proporcionar é dormir e acordar no mato, de preferência com o nascer e pôr do sol, com simplicidade, mas muito conforto. O estilo palafita e o material usado na construção – madeira de reflorestamento e tijolos de demolição de fazenda ao lado – foram escolhidos para causar o menor impacto possível na natureza, assim como os móveis, que são de madeira reutilizada. O lixo é reciclado e a água utilizada é tratada e retorna para o lençol freático”, conta Cristiane Vieira, diretora do Ecoparque Viva Brotas.

Foto via Divulgação

Foto via Divulgação

Com 25 mil habitantes, Brotas é a capital do turismo de aventura porque reúne o maior número de atividades desta natureza no Brasil e se fortalece como destino de ecoturismo pois investe no turismo. “Nas últimas duas décadas vem, ano a ano, agregando atividades ao seu portfolio, ampliando a rede hoteleira e gastronômica. Hoje contamos com mais 40 empreendimentos entre hotéis, pousadas, hotéis-fazenda e resorts e 60 estabelecimentos gastronômicos de estilos variados, do típico da fazenda ao contemporâneo”, completa Fabio Pontes, secretário de Turismo de Brotas. Localizada a apenas 240 quilômetros da Capital, o município é acessado pelas melhores rodovias do Brasil. É um destino para viajar com a família, com os amigos e com as crianças.

Texto por Agência com edição de Carolina Berlato

Imagem Destacada via Divulgação

Comentários