logo

Telefone: (11) 3024-9500

Já ouviu falar em Antônio Prado? Descubra os encantos da cidade | Qual Viagem Logo

Foto via al.rs.gov.br

Já ouviu falar em Antônio Prado? Descubra os encantos da cidade

15 de janeiro de 2016

Antônio Prado é uma pequena cidade localizada na Serra Gaúcha, região Uva e Vinho, a 55 km de Caxias do Sul e 185 km de Porto Alegre. A cultura italiana desta comunidade esta inserida na vida local, nas casas antigas, no dialeto vêneto, na religiosidade, no artesanato e na gastronomia. Talvez Antônio Prado, seja a cidade brasileira mais italiana. Os turistas que a visitam encontram no modo de vida de seus habitantes várias semelhanças com cidades da Itália.

Foto por tetraktys via Wikipedia

Foto por tetraktys via Wikipedia

A cidade reúne um dos maiores Patrimônios Histórico e Artístico, constituído por casas de madeiras e alvenaria, que foram construídas no final do século XIX e início do século XX pelos imigrantes italianos. Essas casas foram tombadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 1989, com 48 edificações localizadas nas principais ruas do centro da cidade. É o maior acervo arquitetônico em área urbana referente à Imigração Italiana no Brasil, sendo considerado de suma importância para a preservação da cultura e identidade nacional.

O artesanato local conta com inúmeros artefatos, entre eles o crochê, o macramé, a bainha aberta e principalmente o frivoletê – técnica extinta em muitos lugares. Das mãos habilidosas de senhoras são produzidas peças únicas e de rara beleza. O capricho e a dedicação são registrados através da confecção de objetos em palha de trigo e milho. A beleza da cidade retratada na figura do imigrante expressando a identidade de um povo.

A igreja foi construída em alvenaria de 1891 a 1897. Em 1911, chegaram puxados por carretas, os três sinos da igreja: o maior pesa 890 quilos e o menor, 464 quilos. Em 1912 foi erguido ao lado esquerdo da igreja, o campanário de madeira para abrigar os novos sinos. Em 1899, a igreja sofreu sua primeira reforma e embelezamento. Entre os anos de 1925 e 1928 ocorreu à segunda reforma da igreja, a mesma ganhou novos vitrais que culminou na construção das novas escadarias para o acesso a igreja. Já na década de 50, o artista italiano Emilio Benvenutto Zanon foi contratado para fazer as pinturas internas da mesma.

Foto via antonioprado.com.br

Foto via antonioprado.com.br

O Museu Municipal fica localizado na Casa da Neni, Construída em 1910, a casa de madeira abrigava, na parte térrea, uma ourivesaria e, no andar superior, a moradia da família. É a única casa tombada inscrita no livro tombo de Belas Artes, considerada uma obra de arte. No espaço destinado ao Museu Municipal encontra-se boa parte da história de Antônio Prado, peças/objetos de grande significado histórico/cultural que retratam a identidade local. A visita ao museu proporciona uma viagem ao passado, mostrando a história de um povo que, através da fé inabalável e do trabalho árduo, não mediu esforços para transformar, aos poucos, uma terra inóspita, selvagem, numa cidade bela de se viver.

Outros interessantes pontos turísticos:

Ferraria do Marsílio

A ferraria Marsílio foi fundada pelo imigrante italiano Ângelo Marsílio, em torno de 1900. Após seu falecimento, em 1945, deixou seu legado para os seus filhos e netos. Os irmãos Nadyr e Valdomiro Marsílio continuaram as atividades de fabricação de carroças, arados, foices, ferraduras e consertos em geral de todo o ferramental utilizado para os serviços na colônia. Em 1989, os irmãos encerraram as atividades. Hoje, realizam somente trabalhos ocasionais e para demonstração aos visitantes.

Santuário da Madona de Monte Bérico

Foto via antonioprado.com.br

Foto via antonioprado.com.br

Localizado na Linha 21 de Abril, cerca de 5 Km da cidade, o Santuário recebeu sua primeira bênção em 12 de fevereiro de 1896. Em 1996 a Capela comemorou seu centenário e através de pedido feito ao Conselho Administrativo da Basílica de Monte Bérico, em Vicenza/Itália, o santuário recebeu uma nova imagem de Nossa Senhora de Monte Bérico, que substituiu a trazida pelos antigos imigrantes.

Cascatas da Usina

Na década de 20, deu-se início a construção da primeira usina hidrelétrica do município. Com o apoio de uma turbina e de um depósito de água localizado numa das quedas d‘água, a usina gerava energia elétrica para a cidade de Antônio. Localizadas na estrada Júlio de Castilhos, cerca de 6 quilômetros do centro da cidade, as Cascatas da Usina oferecem aos visitantes belas quedas d’água e lindas paisagens naturais.

Como chegar

De avião partindo de São Paulo a melhor opção é chegar em Caxias do Sul. Tam, Gol e Azul oferecem várias frequências diárias partindo de Guarulhos, Congonhas e Campinas.

Onde ficar

Pousada de Rossi – pousadaderossi.com.br

Pousada Zanotto – pousadazanotto.com.br

Texto por: Agência com edição Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque via al.rs.gov.br

Comentários