logo

Telefone: (11) 3024-9500

Ilha de Ischia, na Itália, é repleta de fontes termais | Qual Viagem Logo

View From Aragonese Castle

Ilha de Ischia, na Itália, é repleta de fontes termais

30 de setembro de 2016

O nome Ischia (pronuncia-se “ísquia”) pode até não ser muito conhecido entre os brasileiros, mas é um destino surpreendente que vale a pena incluir em um roteiro pelo sul da Itália. Trata-se de uma pequena ilha de origem vulcânica de apenas 46 km² no Golfo de Nápoles, a menos de 10 km da costa continental italiana.

Public beach of Lacco Ameno resort town, Ischia island, Italy

Foto por iStock / Evgeny Sergeev

Com um relevo montanhoso, praias de um mar muito azul e pequenas cidades pitorescas, até aí Ischia não é tão diferente de outras ilhas do país, como Capri, a Sicília ou a Sardenha. É de dentro da terra que surge o diferencial do destino: águas termais. Dizem por ali que essas águas possuem efeitos curativos e medicinais e também poderes rejuvenescedores.

Aerial view to a beautiful Giardini Poseidon Terme, Ischia, Italy, Campania.

Foto por iStock / vlat456

Não é difícil encontrar moradores e turistas que contam histórias de doenças e dores que foram curadas depois do contato com as termas de Ischia. Há 103 fontes termais por toda a ilha, que também é famosa por sua lama terapêutica. Existem centenas de hotéis de todos os níveis, sendo que a maioria oferece piscinas de águas naturalmente quentes.

A view of Sant'Angelo in Ischia island in Italy

Foto por iStock / ngaliero

As águas termais estão não só nos resorts e hotéis, mas nos spas, em parques termais, como o Giardini Poseidon, o Negombo, Cavascura e o Castiglione, e até mesmo em algumas praias. Em Sorgeto, localizada na simpática cidade de Sant’Angelo, há fontes de água muito quente ali mesmo, entre as pedras da praia. A praia de Cartaromana também é banhada por águas quentes, resultado da atividade vulcânica. Mas não deixe de ir à icônica Praia de Sant’Angelo, uma estreita faixa de terra com o mar a leste e a oeste.

istock_25944332_medium

Foto por iStock / Freeartist

Além das termas e praias, aproveite o interior de Ischia, que possui montes cobertos por florestas, jardins e até vinhedos. Visite também as principais cidades, como Forio, Lacco Ameno e Ischia Porto. Ao lado do charmoso centro histórico de Ischia Ponte, em um pedaço de terra quase separado do resto de Ischia, fica o Castelo Aragonese, uma fortaleza de pedra construída na época da Grécia Antiga.

Como chegar

Para fazer a travessia entre Nápoles e Ischia, há barcos que ligam as duas cidades e desembarcam geralmente em Ischia Porto. A partir de São Paulo, pegue um voo para Roma e, em seguida, outro para Nápoles – trajetos operados pela Alitalia.

Onde ficar

Hotel Villa Sirena

Hotel Villa Janto

Garden & Villas Resort

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por: iStock / Freeartist

Comentários