logo

Telefone: (11) 3024-9500

Huahine - a ilha da Polinésia Francesa que você não conhecia | Por Lala Rebelo | Qual Viagem Logo

Lagoon de Huahine, Polinésia Francesa | Créditos: David Kirkland para Tahiti Tourisme

Huahine – a ilha da Polinésia Francesa que você não conhecia | Por Lala Rebelo

22 de janeiro de 2017

Por Lala Rebelo, autora do blog LALAREBELO.COM.

Você é daqueles que adora um destino exótico, fora do óbvio, que quase ninguém tenha ido, mas ao mesmo tempo morre de vontade de conhecer a Polinésia Francesa? Claro que NÃO se trata de um destino popular, mas com certeza já está no imaginário de muita gente, né? Principalmente de casais em lua de mel. E ao falar “Polinésia Francesa”, imediatamente pensamos em Bora Bora, Tahiti e Moorea, certo? Mas saiba que se trata de um território com 118 ILHAS agrupadas em 5 arquipélagos. É lógico que há mais coisa para descobrir no meio disso tudo!!

Lagoon de Huahine, Polinésia Francesa | Créditos: David Kirkland para Tahiti Tourisme

Lagoon de Huahine, Polinésia Francesa | Créditos: David Kirkland para Tahiti Tourisme

Uma ilha muito pouco falada, fotografada e postada, que quase ninguém inclui no roteiro, é HUAHINE (fala-se “Ua-hi-nê”), no Arquipélago da Sociedade, a 40min de vôo da capital taitiana Papeete, voando AirTahiti. Me encantei por Huahine por motivos que vão além da sua beleza óbvia e típica de Polinésia Francesa, como mar azul turquesa, vegetação bem verdinha e pequenas ilhotas nas redondezas (chamadas de motus). Huahine tem personalidade, tem pureza… Senti que ali é que entrei de fato em contato com a cultura polinésia e pude conhecer a população local no seu jeito mais genuíno de ser.

O que contribui para que Huahine tenha essa parte cultural tão aflorada, são os muitos parques arqueológicos e templos que se encontram na ilha.

Vista aérea da ilha de Huahine, Polinésia Francesa | Créditos: Philippe Bacchet para Tahiti Tourisme

Vista aérea da ilha de Huahine, Polinésia Francesa | Créditos: Philippe Bacchet para Tahiti Tourisme

Porém não espere encontrar por lá hotéis ultra luxuosos… Claro que há boas opções (na verdade, na ilha toda, há apenas 3 hotéis – o resto são pousadinhas, pensões, B&B etc.), mas o intuito de ir para Huahine é justamente viver uma experiência que vai além do luxo de um bangalô (mesmo tendo ficado em um. No meu caso, era um bangalô sobre o lago).

Bangalôs sobre o lago do Hotel Maitai Lapita Village | Créditos: divulgação

Bangalôs sobre o lago do Hotel Maitai Lapita Village | Créditos: divulgação

Huahine é rústica e eclética… Tem cara de viagem com amigos, em família, em casal. Se você busca um destino que além de praia, tenha um fator cultural mais forte, Huahine é pra você. Sem dúvidas, a mais simpática das ilhas.

Huahine também é para viagem com amigas! | Créditos: Lala Rebelo

Huahine também é para viagem com amigas! | Créditos: Lala Rebelo

Ah, também cabe aqui dizer que Huahine tem o pôr do sol mais lindo da Polinésia! Não a toa, o apelido da ilha é “Jardim do Éden”. Dá pra imaginar a beleza?!

Pôr do sol na piscina do hotel Maitai Lapita Village | Créditos: Lala Rebelo

Pôr do sol na piscina do hotel Maitai Lapita Village | Créditos: Lala Rebelo

Ficou com vontade de conhecer Huahine? Então leia todas as dicas sobre o destino AQUI.
No blog também há dicas gerais da Polinésia Francesa. Leia aqui.

Por Lala Rebelo, autora do blog LALAREBELO.COM. Siga-me no Instagram (@lalarebelo) e no Facebook (/lalarebelotravelblog)

Siga-me

Lala Rebelo

Editora em LALAREBELO.COM
Lala Rebelo, autora do blog LALAREBELO.COM, é de Cuiabá com muitos anos de São Paulo. Já morou em 6 países e viajou para mais de 60, em todos os continentes. É apaixonada por experiências de luxo com profunda imersão cultural, dias ensolarados, praias, piscinas e azul turquesa (#turquesometro). Instagram: @LALAREBELO
Lala Rebelo
Siga-me

Comentários