logo

Telefone: (11) 3024-9500

Havasu Falls: um oásis no deserto do Arizona | Qual Viagem Logo

The amazing view of Havasu Falls from above the falls after a hot, long, hike through the desert.

Havasu Falls: um oásis no deserto do Arizona

3 de outubro de 2017

Coberto por paisagens semi-áridas, o Arizona, no sudoeste dos Estados Unidos, guarda muitas belezas naturais. São formações rochosas incríveis, cânions, rios e até cachoeiras. Na região do Grand Canyon, norte do estado, existe um verdadeiro oásis: Havasu Falls.

Foto por iStock / legacyimagesphotography

Foto por iStock / legacyimagesphotography

No coração da reserva indígena de Havasupai, está o Havasu Canyon, um dos braços do Grand Canyon. O rio que corta esse cânion, afluente do Rio Colorado, nasce ali mesmo, em pleno deserto, e, ao irrigar as terras áridas, possibilita a existência de árvores ao longo do seu leito.

Foto por iStock / fremme

Foto por iStock / fremme

O Havasu Canyon é marcado por cascatas e cachoeiras, com destaque para as Navajo Falls, Mooney Falls (60 metros de queda) e Havasu Falls (30 metros). As águas exibem um deslumbrante tom de azul turquesa e as rochas de calcário formam lindas piscinas naturais.

Foto por iStock / anirav

Foto por iStock / anirav

Tudo isso fica nos limites do vilarejo de Supai, considerada a comunidade mais remota dos Estados Unidos (com exceção do Alasca). Para ter uma ideia, não é possível chegar lá de carro – apenas de helicóptero, em animais de carga (como mulas) ou a pé, através de trilhas de pelo menos 13 km. Depois de tanto esforço, a recompensa é se refrescar nas cachoeiras.

Foto por iStock / Alex Stork

Foto por iStock / Alex Stork

O ponto mais próximo onde dá para chegar de carro chama-se Hualapai Hilltop, ponto de partida da trilha pelo cânion. A partir do Grand Canyon Village, são três horas e meia de carro até lá. Para uma experiência completa, hospede-se no Havasupai Lodge, em Supai, ou na área de camping ao lado das Havasu Falls.

Texto por: Patrícia Chemin

Foto destaque por iStock / skiserge1

Comentários