logo

Telefone: (11) 3024-9500

Durante pandemia, Grupo diRoma afasta colaboradores e doa produtos do estoque | Qual Viagem Logo

img-1910

Durante pandemia, Grupo diRoma afasta colaboradores e doa produtos do estoque

22 de abril de 2020

A paralisação das atividades no segmento hoteleiro ultrapassa os 20 dias na maior parte do país. Prejuízos ainda estão sendo contabilizados e estimados a cada novo decreto instituído em esferas municipais e estaduais. Aos empresários e empreendimentos do segmento resta colocar em prática ações para amortizar os impactos da crise causada pelo novo coronavírus no turismo em geral até o retorno das atividades.

Com 13 empreendimentos hoteleiros, um parque aquático e outros produtos turísticos na estância hidrotermal de Caldas Novas, o Grupo diRoma está em fase de análise e tomada de decisões desde que ficou restrito o acesso à cidade. Com o fechamento dos hotéis, os itens disponíveis para a produção das refeições dos hóspedes e colaboradores foram doados para baixar os estoques e evitar que alimentos que poderiam ser consumidos até o final de maio se perdessem.

A preservação de postos de trabalho tem sido amplamente discutida em diferentes mercados. No turismo, onde a cadeia produtiva depende maciçamente da presença de pessoas atendendo, produzindo e consumindo, manter os colaboradores é um desafio. “Estamos, em média, com 20% do quadro em atividade, 40% em férias, 20% em afastamento por 60 dias e 20%, infelizmente, sendo dispensados. Como somos uma rede grande, mesmo com os hotéis fechados, a rotina de manutenção que implementamos acaba consumindo mão de obra e ninguém melhor que nossos colaboradores treinados para executar”, explica Aparecido Sparapani, Superintende do Grupo diRoma.

Redes sociais ativas, canais de atendimento ao cliente absorvendo a demanda, projetos de modernização sendo desenhados, execuções possíveis em andamento. Manter pontos importantes como esses em funcionamento na empresa durante uma crise dessa amplitude é agir pela sustentabilidade do negócio. Embora seja uma realidade possível apenas para alguns, essa foi a decisão tomada pelo Grupo diRoma, que mantém ativos esses pontos e estima ter ações como a renovação do restaurante do Thermas diRoma em fase de finalização em junho deste ano e estruturados os planos para melhorias na estrutura do Hotel Roma durante as próximas semanas para a reabertura em agosto ou setembro próximos. O contato com os clientes é ativo, por meio da Central de Reservas, e tem colhido bons frutos com a iniciativa, uma vez que os clientes que recebem o contato da equipe da rede diRoma tem preferido transferir as reservas para o futuro a cancelar.

Mais informações em: www.diroma.com.br

Texto por: Agência com edição de Patrícia Chemin

Foto destaque por: Divulgação Grupo diRoma / Cacau 3 Comunicação

Comentários