logo

Telefone: (11) 3024-9500

Dubrovnik, a pérola do Adriático ao sul da Croácia | Qual Viagem Logo

Dubrovnik fortress panorama and harbor with boats and luxury yachts,Dalmatia,Croatia,Europe

Dubrovnik, a pérola do Adriático ao sul da Croácia

12 de abril de 2016

Dubrovnik, situado entre a Croácia e a Sérvia, é um destino recheado de história. A cidade tem um passado histórico inigualável. Uma república independente durante mais de 700 anos (abolida por Napoleão em 1806), mantinha relações comerciais privilegiadas com a Turquia e a Índia (chegando a deter um consulado em Goa), assim como com África. Chegou, inclusive, a ter relações diplomáticas com a corte inglesa durante a Idade Média.

Foto por Istock/ phant

Foto por Istock/ phant

Conhecida como a “pérola do Adriático”, conta com a Cidade Velha, que se tornou Património Mundial da Unesco em 1979. E, além disso, uma muralha com cerca de dois quilômetros é o maior testemunho de um passado de lutas e conquistas.

É caminhando por ela que você consegue ter uma noção de sua real beleza às margens do mar Adriático. Mais  dois locais devem ser incluídos no seu programa. Realizar o passeio no teleférico do Monte Srs de onde se avista a real beleza de Dubronnik, batizada pelo poeta inglês Lord Byron de “Pérola do Adriático”.

Avista-se ainda a ilha de Lokrum que abriga uma praia naturista, um Jardim Botânico e as ruínas de um monastério beneditino. E a cidadezinha e Çavtat – a 25 quilômetros – é uma opção relaxante e ao mesmo tempo romântica.

São Brás é o patrono de Dubrovnik e essa devoção é latente nos mais variados monumentos e iniciativas em toda a Cidade Velha, desde a Igreja a ele consagrada ao Festival que decorre em fevereiro e durante o qual, as relíquias do santo podem ser veneradas por toda a população.

Foto por IStock/ AmyLaughinghouse

Foto por IStock/ AmyLaughinghouse

O Stradun, também conhecido por Placa, estende-se desde o portão de Pile até ao portão Gate. As lajes do pavimento foram colocadas em 1468. Num dos extremos (Pile), está situada a fonte de Onófrio, em oposição à coluna de Orlando, o local de encontro favorito dos habitantes locais.

Onde ficar

Croatia Hotel – hotelcroatia.net

Hotel Bellevue Dubrovnik – adriaticluxuryhotels.com

Hotel Excelsior – adriaticluxuryhotels.com

O que comer

A gastronomia é única e feita de maneira natural e as construções refletem sua grandiosidade, que já fez frente a importantes destinos italianos como Bari e Veneza. A cozinha croata tem uma grande influência de outros países do litoral mediterrânico, como a Itália, Espanha, Grécia, Turquia, onde o peixe fresco é um ingrediente de destaque.

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por IStock/ Janoka82

Comentários