logo

Telefone: (11) 3024-9500

Do tradicional ao descolado: o que fazer em São Paulo | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ dabldy

Do tradicional ao descolado: o que fazer em São Paulo

31 de julho de 2019

A capital paulista vem caindo cada vez mais nas graças do turista, seja ele nacional ou estrangeiro. Paulistanos, paulistas e gente do mundo inteiro vêm tomando as ruas da cidade a cada oportunidade, transformando a famigerada selva de pedra em um lugar com cada vez mais vida e um ótimo destino também para o lazer.

É inegável a quantidade de atrações, exposições, museus, eventos culturais e lugares para se conhecer por lá, portanto, fica até difícil montar um só roteiro local. Pensando nisso, listamos a seguir alguns circuitos imperdíveis para conhecer em São Paulo, com direito aos clássicos passeios pelo centrão e algumas novidades em bairros charmosos que vêm chamando a atenção de moradores e visitantes. Descubra:

Básico, mas essencial

Foto por Istock/ Martinelli73

Foto por Istock/ Martinelli73

Pode parecer um tour “batido”, mas é sempre bom caminhar pelos lugares icônicos da capital paulista, como o Theatro Municipal, a Catedral da Sé, o Mercado Municipal, com suas delícias gastronômicas, a Pinacoteca, o Parque do Ibirapuera, o Corredor Cultural da Paulista, que inclui o MASP, o Centro Cultural FIESP e outros lugares importantes, o Farol Santander – que hoje abriga exposições temporárias, uma pista de skate interna, um café e um mirante no 26º andar – e o Edifício Martinelli, um dos primeiros arranha-céus da América Latina, que recentemente foi reaberto para visitas.

Foto por Istock/ vbacarin

Foto por Istock/ vbacarin

Além de importantes historicamente, a maioria desses lugares continua se reinventando e se revela, muito mais do que uma atração arquitetônica, um ponto de diversão, arte e cultura.

Turistando como um paulistano

Foto por reproduçãoctn.org.br

Foto por reproduçãoctn.org.br

Além dos pontos turísticos propriamente ditos, São Paulo guarda lugares ainda pouco conhecidos do grande público, mas que são como um verdadeiro respiro para os paulistanos e têm tudo para agradar também os turistas. O Centro de Tradições Nordestinas, por exemplo, e funciona como um recanto de encontro da comunidade nordestina de São Paulo e reúne música, gastronomia, dança, fé e cultura. Vale a pena provar um típico baião de dois ou uma tapioca.

Foto por Istock/ diegograndi

Foto por Istock/ diegograndi

Outras opções são dançar um samba ou forró no Traço da União ou no Canto da Ema, assistir uma apresentação de música na descolada Casa de Francisca, curtir uma tarde no Centro Cultural São Paulo ou tomar um drink no Mirante 9 de julho.

A cidade e seus eventos

Conhecida por seus inúmeros shows nacionais e internacionais, assim como exposições, circuitos culturais, musicais, peças e afins, São Paulo recebe, o ano inteiro, eventos que atraem todo tipo de público e funcionam como um complemento incrível para um roteiro pela cidade.

Foto por Reprodução fiesp.com.br

Foto por Reprodução fiesp.com.br

Nos próximos meses, os destaques são: a exposição “Olá, Maurício”, que vai até dezembro na FIESP e conta a trajetória de 60 anos de Maurício de Sousa, o pai da Turma da Mônica; a mostra Leonardo da Vinci: 500 anos”, que ocorre no MIS Imersão em outubro; os shows de Sandy & Junior, Roberto Carlos, Iron Maiden, Muse, Bon Jovi, entre outras atrações.

Onde ficar

A oferta de hospedagem em SP é vasta e, por conta disso fica até difícil escolher onde ficar. Os hotéis, acostumados a receber os turistas corporativos, estão cada vez mais oferecendo pacotes e atrativos para o visitante de lazer, principalmente aos fins de semana. Escolher a hospedagem ideal vai depender do roteiro que o visitante deseja fazer pela cidade. Se a ideia é se locomover de metrô, o melhor é ficar pelo centro e bairros nos arredores. Consolação, Itaim Bibi, Jardins e Jardim Paulista são alguns dos lugares com grande oferta em bons hotéis.

A escolha varia também de acordo com o tempo da estadia, já que há opções perfeitas para long stay, com maior estrutura e serviços.

São Paulo de carro?

Parece estranho sugerir um aluguel de carros em São Paulo para o turista, tendo em vista a ampla oferta de transporte público, táxis e aplicativos de mobilidade da cidade, assim como o já típico e caótico trânsito local. Mas, dependendo do tipo de roteiro escolhido pelo viajante, essa é uma opção válida. Tudo vai depender de quanto tempo o visitante vai ficar na cidade e suas intenções. Se a ideia é conhecer um pouco do roteiro do interior e litoral paulista, que tem charmosas cidades como Guararema, Embu das Artes, São Roque e Santos, estar de carro é uma ótima pedida. Mesmo para percorrer a cidade de norte a sul, essa é uma opção que pode ficar mais barata, em alguns casos.

Essa opção também é bastante indicada para quem vai à capital paulista para fazer compras. Seja na 25 de março, na Oscar Freire ou nos inúmeros shoppings do destino, tudo fica mais fácil quando você tem onde guardar os presentinhos e souvenirs.

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Istock/ dabldy

Comentários