logo

Telefone: (11) 3024-9500

Descubra o impressionante colorido da Serrania do Hornocal | Qual Viagem Logo

aurelie1

Descubra o impressionante colorido da Serrania do Hornocal

4 de fevereiro de 2020

Bem no noroeste da Argentina, a província de Jujuy esconde em suas paisagens uma beleza cênica de tirar o fôlego além de um riquísimo patrimônio cultural. Falamos de uma região cujas terras fazem fronteira com a República do Chile no oeste e no norte com a Bolívia. A província está vendo um aumento nos percentuais recebe nestes últimos dois anos, onde pilares, como paisagens e cultura, atraem cada vez mais visitantes de todo o mundo. Com um forte desenvolvimento no turismo rural e comunitário, entre os atrativos mais explorados da área central se encontra a Quebrada de Humahuaca, declarado Património Mundial da UNESCO em 2003.

A Quebrada de Humahuaca é um vale andino de 155 quilômetros de estensão, com altas montanhas, que combina a majestosidade da formação geológica com um acervo cultural de mais de 10.000 anos. Segue a linha do itinerário cultural onde aborígines de diferentes etnias e momentos históricos díspares caminharam por essas coloridas paisagens. As evidências arqueológicas mostram que 8.000 anos antes de servir como rota para os incas, grupos de caçadores-recolectores já frequentavam e habitavam o local.

Serrania do Hornocal ou “El Cerro de Catorce Colores”

A 25 quilômetros da cidade de Humahuaca  [no departamento homónimo] se encontra a Serrania do Hornocal um morro impressionante composto de diversos minerais que colorem a paisagem com diferentes tons de verde, amarelo e vermelho. O que faz ainda mais especial é que as formações tem uma disposição triangular, é como se alguém tivesse pintado as rochas. A mais de 4700 metros de altura acima do nível do mar.

diegograndi

Foto via Istock/diegograndi

O acesso até a montanha é por um trajeto sinuoso que deve ser feito de carro, pelas características da estrada recomendamos transitar com um guia ou transporte turístico local. Há opção de alugar um carro ou de chegar com um tour que parte do terminal de ônibus no centro de Humahuaca. Também é aconselhável ir bem abrigado, pois as temperaturas no topo descem. Pode ser que você sinta físicamente a alteração que à altitude gera no seu corpo.

Conheça o sítio arquológico pré-hispânico da região de Humahuaca

Uma vez você se impressionou com a Serrania do Hornacal, é hora de visitar as antigas construções dos Tilcaras. A 60km ao sul (aproximadamente uma hora e dez em carro)  se encontra Pucará de Tilcara, formado por inúmeras construções feitas pelos indígenas Tilcaras em uma colina de 80 m de altura, onde não apenas tinham objetivos defensivos, mas também sociais e religiosos.

Foto via Istock/diegograndi

Foto via Istock/diegograndi

É uma das mais importantes e conhecidas das antigas populações pré-hispânicas da região de Humahuaca, onde são identificados vários bairros de casas, currais, uma necrópole e um local para cerimônias sagradas, entre outros espaços. É o único assentamento arqueológico habilitado para visitas turísticas e educacionais na Quebrada de Humahuaca. O local foi parcialmente reconstruído e tem uma estrada de acesso para veículos que sobem para a parte mais alta da cidade velha, onde uma pirâmide truncada é erguida em memória de vários arqueólogos que investigaram a Quebrada de Humahuaca.

Onde comer

Las Golondrinas é aquele lugar bem tradicional, com uma identidade particular, musica ao vivo e pratos regionais. A proposta do local é oferecer a melhor qualidade no serviço, é por isso que você se sente em casa, com sabores requintados e um atendimento excelente. Um elemento a ter em consideração, há boas opções para vegetarianos.

Mais informação: Facebook/Las-Golondrinas-Tilcara

Hospedagem

Localizado em Tilcara, desde o Hotel Boutique Viento Norte, em apenas 10 minutos de carro ou 25 a pé você estará em Pulcará de Tilcara. Em uma atmosfera confortável, o lugar possui de um restaurante de alta qualidade, piscina aquecida ao ar livre e 11 quartos voltados a oferecer o máximo conforto para quem se hospeda.

Mais informações:  www.hotelvientonorte.com.ar

Outra dica de hospedagem, inclusive mais próximo ao sitio arqueológico é Sumalagua. Cercado de árvores, são só 4 quartos com terraço privativo em um ambiente intimista e aconchegante.

Mais informações www.sumalagua.com/

Texto por Natalia Bastos.

Imagem destacada via Istock/Aurelie1

Comentários