logo

Telefone: (11) 3024-9500

Descubra as rochas e mar azul turquesa de Nusa Penida, na Indonésia | Qual Viagem Logo

Foto por istock/ sieniava

Descubra as rochas e mar azul turquesa de Nusa Penida, na Indonésia

1 de fevereiro de 2019

As encantadoras paisagens da Indonésia não cansam de surpreender seus visitantes. Assim como a Ilha Padar, que falamos aqui, Nusa Penida surge como destino alternativo para a já badalada Bali. A ilha, que está localizada a aproximadamente 45 minutos de barco do porto de Sanur, é considerada uma das mais bonitas do país. E não é a atoa. Com um mar azul turquesa exuberante e diversas formações rochosas imponentes, o lugar forma um cenário dos sonhos para qualquer viajante.

Foto por Istock/ molishka1988

Foto por Istock/ molishka1988

Localizada a Sudeste de Bali, Nusa Penida é a maior das três ilhas que se formam na região (as outras duas são Nusa Lembogan e Nusa Cemingan). Perfeita para um bate-volta a partir do icônico destino, a ilha ganha os turistas com seus atrativos naturais e pouco turismo de massa a ponto destes acabarem ficando mais um ou dois dias para vivenciar essa autêntica experiência.

Quem visita a ilha pode fechar roteiros prontos, que incluem a parte terrestre e paradas para snorkelling, ou fazer um tour por conta própria, apreciando cada atrativo no seu tempo. Vale lembrar que as estradas de Nusa Penida têm estrutura precária, portanto, alugar uma scooter ou carro pode ser uma aventura, dependendo do clima (durante o período chuvoso, o trajeto fica um pouco perigoso).

Foto por Istock/ atese

Foto por Istock/ atese

Entre as atrações que chamam a atenção no lugar, a Kelingking Beach talvez seja a mais famosa. A praia tem sinuosa formação rochosa chamada de “Tiranossauro Rex” que adentra o mar e, vista de cima, é considerada um dos mirantes mais incríveis do mundo. Para descer até a praia, é preciso enfrentar uma trilha íngreme com degraus improvisados. Depois de uma caminhada de cerca de uma hora, a vista de uma baia quase intocada é de fazer os olhos brilharem.

Outra formação bastante interessante para visitar em Nusa Penida é Banah Cliff. Não há praia ali, apenas uma parada para admirar essa bela formação da natureza. Nos arredores da formação há um bom ponto de mergulho.

Foto por Istock/ Parshina Olga

Foto por Istock/ Parshina Olga

A Broken Beach também não tem faixa de areia, porém, seu visual é imperdível. O lugar era uma caverna que perdeu seu teto e acabou formando um grande circulo e uma ponte natural rochosa.

Com toda imensidão de azul que o turista vê por lá, fica impossível não desejar um bom mergulho. Portanto, uma parada na Angel’s Billabong é praticamente obrigatória. O atrativo é um excelente ponto de mergulho, já que tem piscinas naturais infinitas de água cristalina se formando bem no meio das rochas. Procure consultar o estado da maré antes do passeio, pois só é possível aproveitar o lugar na maré baixa. Do contrário, as ondas quebram bem nas pedras e o acesso fica bastante perigoso.

Foto por Istock/ Tatiana Dyuvbanova

Foto por Istock/ Tatiana Dyuvbanova

E por falar em mergulho, Nusa Penida é lar de diversas espécies como golfinhos, tartarugas e arraias jamanta – essas com até cinco metros – que, com sorte, nadam lado a lado com os turistas em sua jornada pelos belos corais coloridos da costa.

Foto por IStock/ Nuture

Foto por IStock/ Nuture

Outros pontos importantes ficam por conta das praias de Atuh Beach e Crystal Bay. A primeira tem também uma bela formação rochosa, a Thousand Island, e uma casinha do alto do monte que fica disponível para hospedagem. A trilha até a praia é mais acessível do que Kelingking Beach. Já Crystal Bay tem uma agradável faixa e areia perfeita para curtir os inúmeros dias de sol da ilha. Não perca o pôr do sol por lá.

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por istock/ sieniava

Comentários