logo

Telefone: (11) 3024-9500

De Melissani à Myrthos: passeios imperdíveis na Cefalônia | Qual Viagem Logo

Aerial view of Melissani cave ( Melissani Lake ) in Kefalonia island, Greece

De Melissani à Myrthos: passeios imperdíveis na Cefalônia

4 de outubro de 2019

Melissani, a “Caverna das Ninfas”, é um local de beleza única em Sami, na ilha de Cefalônia. Ali ocorre o ‘karstikopoiisi’, um fenômeno geológico que tornou o lugar acessível para visitas. Durante séculos, as rochas calcárias foram corroídas pelas águas do Mar Jônico, criando cavidades e formando um cenário paradisíaco.O lago está situado a 20 metros de profundidade e é acessível apenas através de pequenos barcos e botes. O local é dividido em dois ambientes, um deles fica completamente iluminado pelos raios solares, enquanto o outro é escuro e rodeado de estalactites.

Foto via iStock por Alika Obrazovskaya

Foto via iStock por Alika Obrazovskaya

Diariamente, ao meio dia, quando o sol fica exatamente em cima da caverna, a luz atravessa as águas deixando-as cristalinas. O ambiente parece ter saído direto de um conto de fadas. Esse é o melhor horário para visitar Melissani.

Foto via iStock por pavlemarjanovic

Foto via iStock por pavlemarjanovic

Aproveite a estada em Sami para conhecer a Gruta Drogarati, uma caverna localizada a 60 metros abaixo do solo. Seu interior é constituído de formações calcárias, o que proporciona uma acústica ótima. Há um enorme hall chamado “Salão de Apotheosis”, palco de diversos concertos durante o ano.

Foto via iStock por Laszlo Peto

Foto via iStock por Laszlo Peto

Perto dali está a paradisíaca Myrthos, situada entre o sopé das montanhas Agia Dynati e Kalon Oros. Considerada uma das mais praias mais bonitas da Grécia, o lugar é propicio para banho e especialmente para curtir com crianças.

Foto via iStock por  sjhaytov

Foto via iStock por sjhaytov

Foki possui um dos cenários mais pitorescos da região. A praia não está dentro dos roteiros turísticos mais tradicionais e não há nenhuma instalação para os visitantes, que costumam chegar até o local através de barcos e iates privativos.

Comentários