logo

Telefone: (11) 3024-9500

Conheça Ilha da Reunião, um cantinho francês no Oceano Índico Logo

Foto por istock/ Infografick

Conheça Ilha da Reunião, um cantinho francês no Oceano Índico

11 de julho de 2016

A Ilha da Reunião, governada pela França, está localizada no Oceano Índico, 500 milhas a leste de Madagascar, próxima da costa leste do continente africano. A Reunião oferece o exílio de uma ilha tropical francesa e todas as facilidades de acesso de um território europeu. A 800 km a leste de Madagascar, a ilha de Reunião constitui com as ilhas Maurício e Rodrigues, o arquipélago das Mascarenhas.

Foto por Istock/ gael_f

Foto por Istock/ gael_f

Ela é uma montanha situada no oceano Índico, à imagem do Pico das Neves, que culmina a 3069 m. Vulcão sempre em atividade, o famoso Pico da Fornalha desperta de tempos em tempos, oferecendo então um espetáculo grandioso e permitindo admirar, sem perigo, suas torrentes de lava.

Em seus 2 500 km, a Reunião revela uma infinidade de locais surpreendentes e uma natureza de contrastes,  como no verde das florestas primitivas e de 3 grandes anfiteatros naturais: Mafate, que você só descobrirá ao pegar as trilhas de caminhadas; Salazie, festival de cascatas e de rios que iluminam a exuberante vegetação; Cilaos, com um inesperado vilarejo alpestre grudado na montanha.

Foto por Istock/  Infografick

Foto por Istock/ Infografick

Na parte mais turística da ilha destacam-se Saint Gilles e Saint Leu. A grande atração são as praias, muito procuradas por surfistas, e a barreira de coral. Para tomar banho recomendamos a praia de Boucan Canot. Nesta região também sopram ventos ideais para os amantes do parapente.

Mas é na capital de Reunião, St. Denis, que se nota mais a influência francesa, ainda que a parte antiga da cidade conserve ainda, com as suas casas crioulas, o encanto das cidades coloniais. Na rua pedonal Mariscal Leclerc, a diversidade de edifícios religiosos comprova o carácter multiétnico da ilha. São visitas obrigatórias o edifício da antiga Câmara, o Passeio Marítimo de Le Barachois, o Jardim do Estado (e pulmão da cidade) e o Artithéque (Museu de Arte Contemporânea).

Como chegar

É possível chegar a ilha com voos diretos de Paris ou Joanesburgo. Ou ainda, via Ilhas Maurício ou Seychelles, ambas também no Oceano Índico.

Onde ficar

Blue Margouillat Seaview Hotel

LUX* Saint Gilles

Palm Hotel & Spa

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Istock/ Infografick

Comentários