logo

Telefone: (11) 3024-9500

Conheça as tradições de festas de final de ano no México | Qual Viagem Logo

Foto Divulgação

Conheça as tradições de festas de final de ano no México

10 de dezembro de 2015

Em meados de dezembro, as procissões começam em todas as partes do México. Crianças vestidas de carneirinhos e adultos em oração carregam pelo bairro, por nove noites seguidas, a imagem de Maria e José, os pais de Jesus, solicitando abrigo a eles.  São as “posadas”, uma espécie de novena que é a comemoração mais tradicional do natal mexicano. A encenação diária das famílias representa os nove meses de gravidez de Maria e é uma alusão à passagem bíblica que conta que ela não encontrou vaga em nenhuma hospedaria de Belém, onde estava com o marido às vésperas do nascimento de seu filho, e teve de dar à luz em uma estrebaria.

A cada noite, o ritual termina com ponche quente, buñuelos (massa doce frita) e as piñatas – grandes peças de barro ou de papel recheadas de doces, penduradas no teto e estouradas com bastões pelas crianças. Mas a grande festa fica para o dia 24 de dezembro: o encontro ocorre na missa, que é seguida de uma intensa comemoração por todas as ruas da cidade com a ajuda das pastorelas, os pequenos corais e peças de teatro que falam dos acontecimentos bíblicos do Natal. E a festa natalina continua depois de 25 de dezembro. No México, os presentes são tradicionalmente entregues no dia 6 de janeiro, quando se recordam os Reis Magos, que visitaram Jesus e levaram-lhe alguns mimos.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

É possível esbarrar com essas tradições em qualquer canto do México, mas há quem diga que as festas são ainda mais coloridas na Cidade do México e na montanhosa San Miguel de Allende, no centro do país.

Durante todos esses dias, a comida é farta e deliciosa. Na mesa de Natal dos mexicanos é comum encontrar receitas com bacalhau e peru, além dos típicos tamales (uma espécie de pamonha recheada com carne), dos buñuelos e da rosca de reis – pão doce assado com uma imagem de Jesus-menino em seu interior e repartido em família no dia 6 de janeiro. A maior sorte do ano caberá àquele que tirar a figura em seu pedaço de pão.

Se tudo é motivo de festa no México, não seria diferente na noite de ano novo. Como ocorre no Brasil, os mexicanos também são cheios de superstições, desde as cores com que decoram a casa e se vestem – vermelho para atrair amor, amarelo para sorte e verde para esperança -, até as comidas escolhidas para a data – uvas para realizar desejos e lentilhas para atrair dinheiro. Para aqueles que desejam viajar muito no ano que se inicia, um ritual é fundamental: dar voltas pela rua com uma mala vazia.

Acreditando ou não nas simpatias, a certeza é a de que as festas mais animadas ocorrem no país, sobretudo nas cidades litorâneas. Riviera Maya, Playa del Carmen e Cancun, no Caribe, oferecem festas badaladíssimas em boates descoladas e comemorações mais moderadas nos hotéis e restaurantes. Outras regiões, como a Cidade do México e localidades no Pacífico são opções menos concorridas, mas não menos animadas.

visitmexico.com

Texto por: Agência com edição Eliria Buso

Foto destaque: Divulgação

Comentários