logo

Telefone: (11) 3024-9500

Classe econômica dos aviões pode ganhar assentos que viram camas | Qual Viagem Logo

zephyra1

Classe econômica dos aviões pode ganhar assentos que viram camas

9 de julho de 2020

Uma poltrona de avião que permite que os passageiros da classe econômica viajem deitados durante o voo – essa é a proposta inovadora de uma startup americana, a Zephyr Aerospace. Ela pretende  transformar a experiência de voar em algo mais prazeroso para o viajante que não dispõe de dinheiro para investir em passagens mais caras.

“A maioria das poltronas de aviões não passa por mudanças desde a década de 70. Dos assentos de classe econômica, 99% ficam com as costas em posição vertical. Eles forçam posturas pouco naturais por horas, o que pode prejudicar a saúde”, afirma a empresa.

“Um estudo realizado com viajantes informou que 70% deles trocariam estes benefícios pela habilidade de se deitar e dormir”, explica. Nem mesmo refeições a bordo, acesso a salas VIP e espaço extra para despacho de bagagem mudam a intenção da pesquisa. Os clientes querem mesmo é ter um sono mais tranquilo e uma viagem menos desgastante.

Zephyr Aerospace / Divulgação via https://republic.co/zephyr-aerospace

Foto por Zephyr Aerospace / Divulgação via https://republic.co/zephyr-aerospace

Os assentos projetados pela Zephyr permitem aos passageiros escolherem a posição que desejarem: eles podem se deitar, esticar as pernas, se sentar com as pernas cruzadas, ou se sentar com a coluna reta e as pernas no chão.

“As companhias aéreas vão poder escolher upgrades como materiais diferentes para os assentos, cortinas com blecaute, telas de OLED, e outras amenidades opcionais”, completa a empresa.

Nas imagens divulgadas, é possível ver que cada fileira comportaria quatro adultos, mas em lados (direita e esquerda) e andares diferentes — há uma escada que dá acesso às cadeiras superiores.

Mais informações em: republic.co/zephyr-aerospace

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque por: Zephyr Aerospace / Divulgação via https://republic.co/zephyr-aerospace

Comentários